¡Únete!

¡Inscríbete gratis y recibe las mejores ofertas a través de "Territorio Ahorro"!

¡Suscríbete!

Como valorizar os imóveis?

imoveis

A valorização de imóveis é um processo que consiste na mudança do valor dele, diferente do valor inicial, dando assim um lucro para o comprador.

Por isso, quem deseja vender um imóvel deve pensar nesse ponto, e também entender que questões como segurança, localização e conservação da construção são importantes para sua valorização.

Essas questões são essenciais não só para quem vai vender o imóvel, mas também para quem vai comprá-lo, visando um lucro para o futuro, ou seja, a longo prazo.

É importante que essas e outras questões, como a economia e flutuação do mercado, sejam levadas em conta para ser possível fechar o negócio mais lucrativo para ambas as partes.

Neste artigo, explicaremos a importância de valorizar os imóveis para a venda, além de algumas dicas de como fazer isso e uma série de exemplos do que pode desvalorizar um imóvel.

Por que valorizar o imóvel?

Na hora de preparar um imóvel para a venda, é necessário considerar alguns pontos que podem valorizá-lo ainda mais e ajudar a vendê-lo mais rápido, ou seja, mesmo a boa manutenção da persiana painel para sala é importante.

Itens como boa pintura interna, troca de pisos desgastados, manutenção das instalações, reforma da fachada, elementos de segurança, entre outros, são essenciais para aumentar o grau de valorização.

Mas, em alguns casos, deixam de ser considerados relevantes por corretoras com pressa de vender, e acabam desvalorizando o lugar.

É uma aquisição que envolve muito dinheiro, e se o imóvel estiver em um bom estado de conservação, além de conseguir fechar o negócio mais rápido, será possível pedir até um valor mais alto do que o planejado.

 

Dicas de valorização

Muitos pontos podem ajudar na hora da valorização de um imóvel para sua venda, seja ele uma casa ou uma Clínica Veterinária 24 Horas, como boas reformas, manutenções, informações sobre o bairro, entre outros pontos, que ficarão claros adiante.

Portanto, acompanhe algumas dicas que ajudarão a valorizar ainda mais o seu imóvel.

1.  Faça uma limpeza

Um local deve ser limpo em qualquer circunstância, esteja ele disponível para venda, para locação ou qualquer outra intenção.

Se o imóvel ainda estiver em uso, é importante guardar coisas espalhadas por ele, organizar e limpar totalmente. Isso mostrará que o imóvel está bem cuidado e está recebendo a manutenção adequada.

Em imóveis que estão vazios, é necessário observar as paredes e o teto para ver se existe alguma mancha, infiltração, mofo ou teias, causadas pelo tempo que o lugar está vazio.

Tirar móveis velhos e quebrados que estejam em desuso também ajuda a melhorar muito a aparência e a visualização do espaço, além de ser interessante realizar uma limpeza de carpete empresarial, se o imóvel tiver um.

2. Faça uma reforma básica

Fazer a substituição de lâmpadas queimadas, azulejos, pisos danificados e outros itens, é outra dica valiosa a se considerar.

Modernizar o local pode ser fácil com pequenas e específicas reformas que ampliem o ambiente, ajudando a melhorar a iluminação com a luz natural.

Corrigir imperfeições também ajuda a melhorar a visualização do espaço, ou ao adicionar proteções como impermeabilização sofá linho, agregando mais valor aos olhos dos compradores.

3. Organize o local

Se o local estiver mobiliado, organize-as de forma atrativa, aproveitando os espaços e deixando outros livres para mostrar como o lugar é amplo.

Se o imóvel for uma casa, não deixe objetos pessoais nos banheiros, salas e quartos à mostra. Artigos religiosos, de time e outros, também não são recomendados deixar a vista ao mostrar uma casa.

Espaços como garagem com portão automático pivotante, embaixo de escadas ou aquele "quartinho da bagunça" também devem ser arrumados para causar boa impressão, assim como nos outros cômodos.

4. Faça uma manutenção

Contrate um prestador de serviços gerais e garanta que todas as áreas da casa estejam em boas condições, desde a instalação elétrica, encanamento e até a infraestrutura geral da construção.

A área externa da casa também deve estar em boas condições, sem lixos na frente dela, sem muros pichados ou com rachaduras, além de que os jardins devem estar vivos e bem cuidados.

5. Mostre o imóvel vazio

Se for possível, é ainda mais indicado para o corretor mostrar o imóvel vazio, sem a presença dos moradores atuais, caso eles ainda estejam vivendo lá.

Assim, os compradores em potencial poderão ficar mais à vontade para conhecer o lugar e imaginar o espaço como sendo deles, seja para compra ou para alugar endereço fiscal.

6. Explore os cinco sentidos

Aguçar os cinco sentidos dos potenciais compradores pode ser de grande ajuda na hora da venda do imóvel tornando a visita uma ótima experiência. São eles:

  • Tato;
  • Olfato;
  • Visão;
  • Audição:
  • Paladar.

Para explorá-los, mostre o ambiente aberto, com a luz do dia entrando e iluminando naturalmente o local, dando espaço para destacar os bons pontos do imóvel.

Uma boa dica é colocar uma música baixa e melodiosa, velas com perfumes suave e, se possível, móveis de exposição com tecidos bonitos e confortáveis. Todos esses itens podem ajudar e muito no processo de venda de uma casa.

7. Deixe as contas pagas

Verificar se os débitos imobiliários existentes estão todos em dia, como IPTU (Imposto predial e Territorial Urbano) e outras contas é mais um passo essencial.

Para poder dizer aos compradores em potencial que tudo está quitado, evitando assim dores de cabeça no futuro na hora de oficializar a venda do lugar.

8. Esteja informado sobre a região

Uma boa região sempre será mais procurada por quem está querendo comprar um novo imóvel.

Conhecer o bairro e lugares próximos como um mercado, shoppings, parques, fono domiciliar e outros comércios, é de grande relevância no momento de oferta do imóvel.

9. Faça uma boa divulgação

Nos dias atuais, a internet é o melhor e mais barato meio de comunicação entre as pessoas e de divulgação e venda de serviços e produtos, assim como imóveis.

Divulgar o imóvel em um site imobiliário com fotos de qualidade do local, que mostrem o ambiente limpo, organizado e iluminado é o ideal.

Uma outra boa dica é destacar as vantagens do local, como o espaço amplo, datas de reformas e a localização na descrição do imóvel.

Pontos que podem desvalorizar o imóvel

Assim como existem pontos que valorizam os imóveis, existem os que fazem o contrário. Portanto, é de grande importância se atentar nas seguintes questões:

Falta de infraestrutura urbana

A falta de serviços públicos que são básicos, mas que também são essenciais, faz o valor dos imóveis despencar consideravelmente.

Um meio fio mal conservado, iluminação pública instável, falta de segurança e transporte público de difícil acesso, são alguns dos motivos para essa desvalorização.

Falta de acessibilidade

Embora encontrar apartamentos e casas longe do movimento urbano tenha se tornado uma realidade, existe um limite que não pode ser ultrapassado para não causar a depreciação do negócio.

Mesmo esses lugares devem ser acessíveis, especialmente durante emergências médicas

Deste modo, casas e apartamentos acessíveis apenas com escadas ou ladeiras muito íngremes têm sido descartadas na busca de famílias com idosos ou pessoas com necessidades especiais.

Administração desorganizada

No caso de um condomínio, outro ponto que desvaloriza os imóveis é a gestão desorganizada dos apartamentos ou das casas.

Isso leva a rumores e comentários ruins no meio imobiliário, o que pode dar uma reputação ruim para o imóvel, dificultando muito sua venda.

Falta de segurança

Outro item que pode desvalorizar um imóvel é a falta de segurança para as pessoas, que esperam ter pelo menos um sistema de cftv industrial para se sentirem mais seguras, com câmeras pelo bairro ou condomínio.

Isso é parte essencial hoje em dia em qualquer lugar que esteja à venda, ter um lugar seguro para morar é o que as pessoas mais prezam.

Para garantir a segurança das pessoas que amam e delas mesmas, morando em um lugar que não tenha muitos casos de crimes acontecendo em volta.

Inexistência de garagem

A existência de uma garagem no imóvel é muito importante, sem ela, sua valorização vai e as chances das pessoas perderem o interesse no lugar aumentam.

Hoje em dia, o carro é um dos meios mais utilizados pela maioria das pessoas, e com isso, elas buscam lugares onde possam guardar seus automóveis em segurança.

Mesmo que o comprador em potencial ainda não tenha um veículo, ter um pode estar nos seus planos de longo prazo, e para isso precisará ter uma garagem disponível em sua casa para guardá-lo.

Considerações finais

Tanto para vender quanto para comprar um novo imóvel, é importante se atentar a detalhes essenciais que podem valorizar muito o lugar, assim como podem desvalorizar.

Mantendo o imóvel bem conservado a com manutenção em dia, organização, documentos imobiliários quitados e reformas constantes, será possível aumentar consideravelmente seu valor.

Além de fazer uma boa apresentação da casa quando potenciais compradores forem visitá-la, ressaltando bem todos os aspectos positivos da construção.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Actualizado el