Texturas de parede: conheça mais!

Texturas de parede

As texturas de parede são uma excelente alternativa para transformar completamente um ambiente com um custo mais baixo, sem perder qualidade e estilo. Este modelo tem se tornado, aos poucos, uma das melhores opções para a decoração.

Normalmente, a textura utiliza uma base acrílica que parece muito com massa corrida, o que permite que você consiga alcançar o efeito desejado com facilidade, muitas vezes precisando apenas de uma demão.

Inclusive, as texturas são ideais para paredes com pequenas imperfeições, uma vez que elas podem facilmente cobrir estes materiais.

Além disso, a textura acaba criando uma camada adicional de proteção na parede, o que é fundamental para garantir sua durabilidade. Pode até mesmo ser ideal para dar um novo ar para uma parede de gesso divisória.

A textura começou como uma alternativa para ambientes externos, principalmente nas áreas industriais e comerciais. Entretanto, o produto acabou evoluindo e ganhando naturalmente diversas residências.

Além disso, a textura pode ser facilmente aplicada, sem que você necessite da massa na cor escolhida.

Ao utilizar a textura branca, você pode selecionar uma nova cor com o tempo e até mesmo modificar no futuro, criando ambientes completamente novos e efeitos incríveis.

As texturas realmente chamam a atenção de um cômodo, por isso, é essencial que você tome muito cuidado com sua aplicação para que fique exatamente como você deseja.

O ideal é começar com uma parte pequena da parede para ver o resultado e identificar se está de seu agrado. Dessa forma, você consegue avaliar se a textura é exatamente o que estava procurando, e pode seguir em frente com o trabalho.

Passo a passo para aplicar a textura

Apesar de uma ajuda profissional ser muito bem-vinda, o processo de aplicação da textura pode ser realizado por você mesmo, se tiver o mínimo de conhecimento com pintura de paredes.

Entretanto, você deve tomar alguns cuidados essenciais para fazer o trabalho, afinal, quando feito em ambiente externo, como uma reforma de fachada, são necessários diversos passos para a conclusão.

Segurança é a prioridade

Mesmo que não exista a necessidade de lidar com ferramentas que ofereçam risco, é importante que você sempre opte por utilizar os equipamentos de proteção para fazer a textura.

Isso acaba evitando uma série de problemas no futuro, além de dar muito mais tranquilidade para que você consiga efetuar o trabalho. 

Os equipamentos para uma pintura ou textura são bem similares. Você pode usar:

  • Luvas;
  • Máscara;
  • Óculos;
  • Calçados adequados.

Estes equipamentos garantem o básico de proteção para você, sobretudo no caso dos óculos. Isso evita que o produto corra o risco de cair em seus olhos.

Além disso, os calçados devem ser sempre preparados para evitar derrapagens. Se você está fazendo uma reforma de loja, por exemplo, é fundamental que tome o máximo de cuidado para evitar um possível acidente.

Isso porque, muitas vezes, será necessário o uso de uma escada para completar o processo de aplicação, e você tem que ter a garantia de que não vai cair ou se machucar.

Uma das melhores formas de aumentar sua segurança é não fazer o trabalho sozinho. Se possível, chame uma pessoa para te ajudar, assim irá garantir muito mais segurança para o trabalho, além de tornar o trabalho mais divertido e rápido.

Organize o local

O passo seguinte para conseguir aplicar corretamente a textura é preparar a parede para recebê-la. Esse tipo de ação é fundamental e precisa de muito cuidado para evitar problemas na execução do trabalho.

Inicialmente, você precisa avaliar a situação em que a parede se encontra. Identificar irregularidades, sujeiras, umidade e outros elementos. Em casos mais graves, em que exista uma infiltração, por exemplo, você pode chamar um pedreiro profissional.

Nestes casos, o ideal é deixar para um profissional da área resolver a situação antes de iniciar o processo.

Depois de avaliado e organizado, você pode iniciar lixando toda a parede para eliminar qualquer resquício de imperfeição. Depois, basta fazer uma boa limpeza.

Diferente da tinta, o material da textura pode ser bem complicado de retirar, principalmente se a massa acrílica secar durante a aplicação. Por esse motivo, móveis e outros elementos devem ser levados para fora do ambiente.

Além disso, é essencial pensar em colocar lonas ou plástico nos chãos, sobretudo os mais sensíveis, como madeira e porcelanato. A textura pode fazer um grande estrago se não for cuidada de imediato.

Até mesmo uma porta de madeira para área externa pode ser afetada pelo projeto, por isso, é importante protegê-la.

Se pretende colocar uma cor marcante na parede, não se esqueça de aplicar um fundo branco e um selador para que a textura absorva melhor a tinta escolhida para a pintura.

Não se esqueça ainda de proteger toda a parte elétrica da parede que será modificada, para evitar qualquer tipo de problema.

Além disso, batentes e rodapés também devem ser resguardados, muitas vezes até uma fita crepe que já é o suficiente para resolver.

Aplicando a textura

É muito importante que você siga as instruções corretas para o preparo da massa acrílica. A maioria das massas já vêm prontas, sendo necessário somente misturar. Ainda assim, é fundamental que você confira as instruções do fabricante na própria embalagem do produto.

Depois, você deve definir o tipo de acabamento que você deseja. Um acabamento mais rústico precisa de alguns equipamentos específicos, enquanto o acabamento fino, pode precisar de outros.

Algumas texturas são realizadas com espátulas, dando mais liberdade para criação. Outras, utilizam rolos especiais, já contendo o formato desejado para a textura, o que facilita o trabalho da aplicação.

Existem diversas técnicas para você conseguir criar uma textura em um ambiente como uma sala planejada moderna, mas é importante que saiba aplicar o modelo que deseja. Procure informações e faça testes antes de iniciar a aplicação.

Se não tiver o conhecimento adequado, pode acabar errando a mão e gerando um retrabalho para si próprio. Neste caso, é mais vantajoso contratar alguém para conseguir aplicar corretamente a textura na parede, garantindo o visual que você estava buscando.

Tipos de textura de parede

Se você não sabe qual modelo de textura está procurando, é interessante conhecer alguns dos mais requisitados no mercado. Dessa forma, você saberá procurar uma base e pode procurar como aplicar antes de iniciar o processo.

Antes de seguir para uma loja de material de construção, não se esqueça de identificar todos os elementos necessários para a aplicação.

1 - Grafiato

O grafiato é uma das mais conhecidas e mais utilizadas texturas no mercado. Ele é ideal para o revestimento, e sua aparência lembra ranhuras na parede, como se ela tivesse falhas naturais.

O efeito fica muito bonito quando é bem aplicado, e pode ser modificado com tinta.

Qualquer pintura se adapta bem ao grafiato, mas é importante que você deixe a massa secar por completo antes de iniciar a pintura. Do contrário, pode acabar deformando a textura e perdendo seu efeito.

2 - Chapiscado

Este é um dos melhores modelos para paredes lisas. Ele é aplicado com um simples rolo de pintura texturizado, e sua aplicação é uma das mais fáceis no mercado, o que o torna uma opção ideal para quem ainda não conhece corretamente o funcionamento da textura.

Esse tipo de rolo pode ser comprado em qualquer casa de material para pintura, e o valor costuma ser bem em conta, o que ajudou a recente popularização deste modelo.

3 - Ranhura

Diferente do grafiato, que dá um tom natural para as ranhuras, nesta aplicação você utiliza uma ferramenta dentada para criar ranhuras fixas, que devem acompanhar o movimento que você desejar.

As ranhuras ficam uniformes em todo o espaço, e você pode até mesmo criar moldes diferentes como ondulados. A imaginação é o limite para este tipo de aplicação, que também é bem simples e pode ser realizada por um leigo.

4 - Riscado

Este é um modelo muito fácil de aplicar, e que está sempre na moda. Basta passar a massa na parede e utilizar uma ferramenta como uma escova para conseguir o efeito desejado.

 

 

Você pode fazer movimentos verticais para ganhar o efeito de riscos, ou até mesmo usar uma vassoura para agilizar o processo. No entanto, é interessante fazer tudo com calma.

O processo em si é bem similar ao de pintura de casas, com resultados muito satisfatórios.

Mas, embora você precise aplicar força para conseguir o efeito desejado, se fizer muito rápido, pode deformar a parede.

5 - Espátula

A espátula permite uma movimentação muito maior para sua textura. É possível criar diversos padrões, sendo sua criatividade o limite. Para realizar esse tipo de textura, entretanto, é ideal que você tenha algum conhecimento.

Isso porque, por ser um desenho livre, você deve ter movimentos repetitivos e harmoniosos para alcançar um bom resultado, o que muitas vezes acaba não sendo realizado.

Considerações finais

As texturas de parede são uma tendência que chegou para ficar, e tem transformado diversos ambientes de maneiras incríveis. Por isso, é importante que você saiba o que quer para conseguir aplicar corretamente o material.

Assim, transformará sua casa completamente com um custo muito mais baixo que o de uma reforma completa, garantindo renovação e qualidade com uma produção que pode ser feita por você mesmo.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

 

Actualizado el