O que fazer para ter uma casa mais sustentável?

sustentabilidade

 Apesar de se um dos temas mais atuais, nunca é de mais falar na importância de poupar os recursos naturais. E embora possa parecer algo complicado e que leva tempo, saiba que não é bem assim. Podemos fazê-lo até nos pequenos gestos do dia a dia, tanto em casa como no trabalho. Veja como pode transformar a sua casa mais sustentável.

Pensar em ter uma casa mais sustentável é pensar de forma responsável e necessária, porque o Planeta Terra grita bem alto que precisa de ajuda e o quão precisamos de alterar os nossos comportamentos. Os problemas são cada vez maiores e mais problemas graves e é urgente que haja uma mudança de mentalidades e, por conseguinte, no nosso estilo de vida.

Comecemos, então, pelo que nos pertence: a nossa casa e aquilo que podemos mudar para fazer a nossa parte. Naturalmente, que ninguém tem a possibilidade de construir uma casa de raiz que seja totalmente ecológica e não há problema nenhum nisso. O importante é aproveitar o que temos e mudar o que for possível para materiais e formas de atuar que sejam mais amigas do ambiente.

10 dicas para ter uma casa mais sustentável

Não é necessário fazer tudo de uma só vez. O importante é que se adquiram hábitos e consistência. Uma ação de cada vez, um dia de cada vez, um comportamento de cada vez: esta é talvez a forma mais simples lidar com o tema. Veja como pode mudar aos poucos a sua vida e, consequentemente, ajudar o Planeta.

1. Recorrer a materiais de construção mais ecológicos

Se tiver oportunidade de construir uma casa ou fazer renovações, então, opte por materiais que são mais sustentáveis, mais duradouros e mais ecológicos.

2. Comprar lâmpadas de baixo consumo

As lâmpadas de LED podem ser um pouco mais caras, no entanto ajudam a poupar na fatura da energia, visto que são mais económicas e duram muito mais tempo.

Aproveite ainda ao máximo a luz natural de casa para efetuar as tarefas durante o dia e acenda as luzes apenas quando é mesmo necessário.

3. Usar eletrodomésticos de baixo consumo

Ao comprar um eletrodoméstico prefira os da classe energética A, que é a mais eficiente. Não se esqueça ainda de que a nova etiqueta energética entrou em vigor a 01 de março, passando a classificar os equipamentos de A a G.

E não tem de comprar todos de uma só vez, nem fazer uma mudança repentina nos eletrodomésticos de casa. À medida que precisa de os substituir tenha esta questão em atenção. Não só ajudará o planeta, como a sua carteira agradece!

4. Ter um bom isolamento

Um bom isolamento em casa é uma excelente forma de ter uma casa mais sustentável. Deve optar por caixilharias com corte térmico, fabricadas de forma a promover uma redução da transmissão térmica entre 40% a 60%, e vidros duplos. Estes não só contribuem para para uma melhor conservação de energia, como também ajudam a isolar o barulho.

Isto vai fazer que com que se reduza o uso de aparelhos de aquecimento que tenha em casa, e consequentemente menos energia vai gastar.

5. Otimizar o uso das máquinas

Ao invés de lavar apenas uma peça de roupa na máquina, use até perto da sua capacidade máxima, o mesmo acontecendo com a máquina de lavar louça. Isto permite poupar de três maneiras: água, eletricidade e detergentes.

6. Desligar o stand by

Uma velha dica, que é sempre importante lembrar. O stand by é o grande vilão do consumo de energia fantasma e passa, assim, despercebido. Além disso, encurta o tempo de vida útil dos eletrodomésticos.

 7. Recorrer a ventilação natural

Durante o dia, opte por deixar a casa arejar naturalmente, mantendo as janelas abertas. E mesmo nas alturas de inverno, também. Isto vai evitar o aparecimento de bolor e humidade.

8. Ter plantas em casa

Além de elementos decorativos, algumas plantas, de acordo com o Feng Shui, têm a capacidade de filtrar e melhorar a qualidade do ar de sua casa.

9. Poupe água

Tem uma varanda ou terraço? Coloque um balde e aproveite a água da chuva. A água do chuveiro demora a aquecer? Coloque o excesso também num balde. Esta água pode ser usada para regar plantas, para lavar o chão ou até para despejar na sanita.

Além disso, não deixe as torneiras abertas enquanto está a tomar banho, a lavar os dentes ou os mãos – abra as torneiras quando foi mesmo necessário.  

10. Reciclar

Atualmente não há desculpas para não o fazer até porque há cada vez mais ecopontos espalhados pelas ruas2. Deve reciclar todos os materiais que são possíveis e, caso tenha uma horta, pode até optar por fazer compostagem.

Actualizado el