¡Únete!

¡Inscríbete gratis y recibe las mejores ofertas a través de "Territorio Ahorro"!

¡Suscríbete!

As principais tendências do paisagismo

paisagismo

Paisagismo nada mais é do que projetar, planejar e gerir a preservação de espaços ao ar livre, podendo ser públicos ou privados, urbanos ou não. É uma área diretamente relacionada com a arquitetura, que ajuda a organizar a paisagem.

Algumas pessoas acreditam que se trata apenas da projeção de jardins e praças, mas na verdade, é um trabalho bem específico e que também elabora projetos de criação e substituição de espaços prejudicados por construções mal elaboradas.

É por meio do paisagismo que espaços geográficos são recompostos e paisagens são organizadas para melhorar as condições de uso, fazendo isso por meio de conhecimentos em ecologia e botânica.

Também envolve a arquitetura e costumes da região, para combinar cores e formatos, trazendo um resultado agradável e harmonioso para a convivência e uso público.

De acordo com a ONU (Organização das Nações Unidas), o ideal é que as cidades tenham, pelo menos, 16 m² de área verde por habitante, pois isso ajuda a reduzir o estresse provocado pela urbanização.

Aliás, levar esse trabalho para casa traz muitos benefícios. Por isso, vamos explicar o conceito de paisagismo, os benefícios trazidos por ele e quais são suas tendências. Confira!

Entenda o que é paisagismo

O paisagismo é um trabalho que visa projetar, planejar, executar e administrar a preservação de espaços livres, podendo ser eles urbanos ou não, além dos públicos e privados.

Os profissionais da área têm a missão de repensar um ambiente, preservar o solo e escolher a cobertura vegetal, melhorando a botânica do espaço, além de deixá-lo mais bonito e funcional para os usuários.

Essa técnica pode ser usada em jardins, e considera outros elementos em sua composição, como corrimão ferro galvanizado para escadas, bancos, entre outros.

Quando o cliente contrata um paisagista, procura um profissional que o ajude a criar jardins bonitos, melhorias a um cenário, bem como para promover a convivência para casas e espaços de trabalho.

É importante lembrar que o paisagismo está muito além da estética de um ambiente externo, pois ele considera outras características importantes em um projeto, como:

  • Aspectos humanos;
  • Espaço geográfico;
  • Fatores bióticos;
  • Pontos hidrográficos.

Todos precisam criar uma estética homogênea e equilibrada, levando em conta a vegetação, circulação de pessoas, área construída e outros aspectos importantes.

Todo projeto paisagístico precisa interferir o mínimo possível na natureza, aliás, ele procura extrair a beleza natural, aliando suas características a outros cenários, como as construções ao redor.

Geralmente, o objetivo é criar lindos jardins, mas o arquiteto também tem a responsabilidade de fazer um estudo ambiental e social para trazer valor estético, sem abrir mão de funções práticas para a convivência.

Independentemente do tipo de material usado em algumas partes do projeto, como piso elevado em aço com concreto celular, o paisagismo procura harmonizar os elementos sem agredir a natureza, além de fortalecê-la.

Esse trabalho está diretamente relacionado à sustentabilidade na arquitetura, portanto, é uma tarefa de grande responsabilidade.

Benefícios do paisagismo

Com base no conceito de paisagismo, não é difícil imaginar todos os benefícios que esse recurso traz para os usuários, e dentre os que mais se destacam estão:

Purifica o ar

As plantas cumprem o papel de filtrar o ar do espaço e aumentar o nível de umidade. A Palmeira ráfia, por exemplo, consegue absorver gases tóxicos no ambiente.

Também existem estudos que comprovam que a convivência em ambientes naturais, e com grande presença de elementos da natureza, reduz pensamentos negativos.

Passar muito tempo em espaços fechados causa estresse, reduz o rendimento e leva a quadros de enxaquecas. Por outro lado, trabalhar e viver em um lugar planejado pelo paisagismo aumenta a conexão com a natureza e promove a saúde do corpo e da mente.

Melhora a saúde mental

A arquitetura conta com vários recursos que melhoram a estrutura dos ambientes, como a sanca de isopor, e o paisagismo também apresenta elementos que promovem a saúde mental e o aumento da produtividade.

Afinal, um ambiente verde traz bem-estar e melhora a produtividade dos moradores e usuários do espaço.

Tanto é que uma pesquisa realizada pelo estado de Queensland, na Austrália, mostrou que a presença de plantas aumenta a produtividade em 15%.

O paisagismo dentro das empresas também é capaz de reduzir em 12% os índices de estresse nos profissionais.

Traz alegria para os ambientes

Plantas e cores vivas deixam o ambiente mais alegre e agradável, tendo em vista que a presença de um único vaso de planta é capaz de mudar consideravelmente o aspecto visual e sensorial do espaço.

A criatividade é estimulada pelos vegetais, que alteram o clima e a energia do projeto, fazendo com que ele seja muito mais estimulante e leve.

O paisagismo considera vários outros elementos para a projeção do espaço, como uma rede laminada cortante e materiais de construção.

No entanto, é fundamental saber as espécies mais adequadas para o tipo do local, sempre respeitando a biologia e as características do ambiente.

Para garantir o projeto perfeito, seja para a sua casa ou para um escritório, é necessário conhecer as principais tendências dessa área.

Tendências do paisagismo

As cidades têm crescido muito nos últimos anos, mas a falta de organização na expansão pode trazer problemas com enchentes, poluição, crises hídricas, desmatamento e aquecimento global.

Isso leva governos e pessoas a procurarem soluções sustentáveis para os projetos urbanos, e o paisagismo assume um papel fundamental nessa questão.

Ele é responsável por trazer mais qualidade de vida para as pessoas e consegue  conectá-las com a natureza. Para aprimorar ainda mais o trabalho, é muito importante conhecer as tendências dessa área. São elas:

1 - Telhados verdes

Os telhados verdes trazem muitos benefícios para as pessoas e para o meio ambiente, portanto, assumem um papel crucial na sustentabilidade.

Eles conquistaram pontos nos sistemas de certificação da construção civil, como a Certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) e o Selo Casa Azul da Caixa Econômica Federal.

Esse tipo de telhado ameniza a temperatura no interior da construção e ajuda a reduzir as enchentes, isso porque absorve a água da chuva lentamente.

O paisagismo com telhado verde também protege a estrutura metálica garagem, evitando a corrosão provocada pela umidade, e se apresenta como uma maneira de melhorar o microclima e aproveitar melhor os espaços.

Consequentemente, gera novas áreas de lazer, ajuda a produzir alimentos, reduz o aspecto desagradável de algumas edificações, aumenta a biodiversidade e serve de abrigo para vários animais.

2 - Piscina natural

Muitas pessoas procuram paisagistas para projetos de piscinas naturais, feitas com água que não precisa de produtos químicos e utilizam as raízes das plantas para seu tratamento.

É um sistema que imita a natureza, por essa razão, diferentes tipos de peixes e espécies vegetais podem conviver neste local.

3 - Árvores frutíferas

Cultivar árvores frutíferas é uma forma até mesmo de economizar um pouco e sobrar dinheiro no fim do mês para outros cuidados, como limpeza de tapete.

Antigamente, as frutíferas eram cultivadas em pomares, mas começaram a fazer parte de projetos paisagísticos e são elementos de destaque nos jardins.

Podem ser plantadas em pequenas árvores ou em vasos, o que permite seu uso até mesmo em apartamentos.

4 - Uso de espécies nativas

O uso de espécies nativas é benéfico porque reduz o consumo de água e a necessidade de manutenção constante, tendo em vista que as espécies se adaptam perfeitamente ao clima local.

Podem ser usadas no jardim de um fabricante de piso elevado para data center, residências e outros tipos de construções.

Ao mesmo tempo, elas colaboram com o aumento da biodiversidade, além de servirem como alimento e abrigo para outras espécies da fauna.

5 - Jardins verticais

Os jardins verticais estão em alta e podem ser usados no interior ou exterior dos projetos, algo muito importante, tendo em vista a carência de espaços verdes nas grandes cidades.

É uma forma de trazer a natureza para perto das pessoas, podendo ser instalados em pontos cegos de prédios, como muros.

Eles melhoram o microclima, amenizam os ruídos no interior da construção, reduzem aspectos áridos nas grandes cidades e auxiliam na temperatura. Como resultado, aumentam a biodiversidade, principalmente com o uso de espécies nativas.

6 - Hortas

Não poderíamos finalizar este artigo sem mencionar as hortas, que podem ser cultivadas em casa ou até mesmo em ambientes comerciais, como uma empresa de terceirização de serviços gerais.

As espécies são integradas às plantas ornamentais e formam uma composição perfeita, que traz harmonia ao ambiente.

Considerações finais

Todo mundo gosta de viver e trabalhar em um espaço bonito, rico e com a presença de plantas dos mais variados tipos. Elas trazem sensação de bem-estar e equilibram o clima.

Para criar o ambiente perfeito, nada melhor do que contar com o paisagismo, pois além de projetar ambientes incríveis, também promove a sustentabilidade e respeita o meio ambiente.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Actualizado el