Será que faz sentido fazer um crédito consolidado?

credito

Em breve chega o fim das moratórias e várias famílias vão ter de retomar o pagamento das prestações dos seus créditos. Nesta altura, poderá estar na dúvida se o crédito consolidado pode ser uma solução. Neste artigo explicamos rapidamente o que é o crédito consolidado e se faz ou não sentido seguir esta estratégia.

O que significa consolidar créditos?

Consolidar créditos significa pedir a um banco ou instituição financeira um determinado montante de crédito para liquidar vários créditos que temos noutras instituições financeiras. Na prática, juntamos toda a dívida num único credor.

Se mantem o montante em dívida, qual a vantagem?

  • Ao fazer um crédito consolidado não estamos a baixar o valor em dívida. Aliás, em alguns casos poderemos até pedir uma liquidez adicional. As vantagens do crédito consolidado são algumas:
  • Redução da taxa média de juro, pois jogamos com a queda das taxas de juro de mercado e com uma nova negociação;
  • Redução das comissões associadas, pois deixamos de pagar várias comissões de processamento de prestação, por exemplo;
  • Simplificação da gestão dos pagamentos, uma vez que deixa de ter várias datas de pagamento de prestações e passa a ter apenas uma.

Mas o crédito consolidado não é só para clientes problemáticos?

É fundamental ter em mente que o crédito consolidado não é para clientes problemáticos. O crédito consolidado é uma solução que permite otimizar os seus créditos, pelo que para ter a melhor solução temos de ser bons clientes. Logo, não pode ter crédito consolidado quem está em incumprimento ou quem está com o orçamento familiar demasiado esticado.

Para quem é o crédito consolidado?

O crédito consolidado é uma solução para todas as pessoas que têm mais do que um crédito de curto prazo e que desejam reduzir o valor da sua prestação mensal. A redução da prestação é conseguida através da redução da taxa de juro média e de eventual aumento de prazo. Se tiver disponibilidade financeira, é até recomendável que mantenha a prestação e que opte pela redução do prazo, garantindo que acaba de pagar o montante em dívida o mais rápido possível.

Se tem os créditos em dia e se considera que pode reduzir o valor das suas prestações (pode procurar ter uma noção da sua poupança no simulador de crédito consolidado), o crédito consolidado pode ser para si. Nunca esqueça que devemos atuar de forma preventiva e que devemos procurar soluções quando estamos relativamente confortáveis financeiramente.

O que ter em conta quando pedir um crédito consolidado?

No processo de pedido de crédito consolidado deverá ter em conta um conjunto de variáveis:

  1. Comparar a taxa de juro do seu novo crédito com a taxa de juro dos créditos que vai liquidar;
  2. Comissões de amortização antecipada e eventuais penalizações;
  3. Não pague pela avaliação do seu processo nem por pré-aprovações;
  4. Se tiver incumprimentos ou atrasos de pagamento, o crédito consolidado não é solução;
  5. Analise a sua taxa de esforço para perceber qual a prestação que conseguirá suportar;
  6. Recorra a um intermediário financeiro certificado e registado no Banco de Portugal.

Em conclusão, o crédito consolidado pode ser uma boa solução para otimizar os seus créditos e para conseguir baixar os seus encargos mensais (quem sabe, começar a fazer a poupança que sempre quis?). É uma solução disponível a quem quer poupar dinheiro e para todos os que estão com a situação regularizada no Banco de Portugal.

 

Actualizado el