Saiba como organizar a despensa da sua casa

despensa

Seja morando sozinho, em família ou dividindo a casa com amigos. Em qualquer lugar a organização de uma despensa pode afetar positiva ou negativamente o clima da casa, afinal, é um local que corre riscos de acumular insetos e bichos que trazem doenças.

Além do mais, ter um bom ambiente de alimentos organizado é também uma força a mais para a preparação de comidas.

Primeiro porque, sabendo com clareza o que tem na despensa, você pode preparar várias opções de comidas diferentes, ou as que você gosta sempre de fazer. Segundo que, assim é que você trabalha para evitar o desperdício.

Esse desperdício acontece porque, em alguns casos, nossas despensas acabam ficando tão desorganizadas que não acompanhamos as datas de validade dos produtos. Ou seja, muitas vezes dinheiro é gasto à toa, pois jogamos esses alimentos fora.

Vantagens de uma despensa arrumada

Na correria do dia a dia, sabemos que é pode ser difícil parar para concentrar as forças na arrumação de uma gaveta, um mezanino de ferro, um quarto ou qualquer que seja o tipo da sua despensa, embora seja algo necessário.

Porém, as vantagens em ter locais arrumados, arejados e principalmente bem cuidados e geridos pelos moradores de uma casa são inúmeras:

  • Saúde alimentar bem cuidada;
  • Menor chance de intoxicação;
  • Implementar pratos novos;
  • Mais prazer ao cozinhar;
  • Menos dinheiro gasto;
  • Menos estresse procurando por comidas;

Essas são qualidades suficientes para te dar aquela força a mais e começar a mudar a forma de arrumação e disposição dos alimentos na sua despensa, não é mesmo?

Confira abaixo algumas dicas essenciais para você começar a planejar sua organização e colocar as mudanças na sua cozinha em prática:

1 - Limpe o espaço da despensa

O primeiro passo, antes de começar qualquer movimento de organização, é retirar tudo do lugar onde você guarda seus alimentos e limpar.

Essa deve ser a primeira etapa, porque não vai adiantar muito você se preocupar em otimizar o local dos produtos comestíveis se eles estiverem em locais com acúmulo de poeira e bichinhos. Prepare seu material de limpeza e foque na dedetização.

Separe nessa hora o que já passou da validade, o que ainda presta e o que você não vai usar mas que ainda está em bom estado para doação. Faça a separação do que vai ser descartado, utilizando uma sacola ecologica personalizada.

2 - Separe os produtos por categorias

Ainda com todos os seus produtos em um lugar fora da despensa, separe-os por categorias de alimentos. Por exemplo, separe vários tipos de macarrão só para um espaço de massa, tipos de arroz e feijão em um local de perecíveis, temperos e folhas em outro canto.

Uma outra opção é organizar produtos de forma com que a validade deles fique evidente, como por exemplo leites, doces ou enlatados que já estão para vencer e que devem ser utilizados o mais rápido possível.

Se você usar essa mesma despensa não apenas para comidas, mas para materiais de limpeza, você pode ainda separar um local específico para eles.

Ao colocar todos os alimentos devidamente separados em um gaveteiro de madeira ou uma prateleira, por exemplo, procure sempre identificar tamanhos e pesos dos alimentos ou potes, justamente para não quebrar ou fazer com que a estrutura caia.

Tenha em mente os itens que você mais utiliza, como arroz, farinhas, ovos e leites. Esses devem ficar em locais de fácil acesso, e não encostados no fundo da despensa, pois podem causar acidentes, como quebra de vidros e garrafas.

Coloque-os, se possível, em locais que fiquem próximos à vista, algo que facilita não somente a sua visão, mas o encontro dos alimentos por pessoas que podem estar te ajudando na cozinha.

3 - Invista em potes e etiquetas

Algo que além de ter a ver com arrumação, possui mais relação com sustentabilidade, é o uso de vidros, potes ou descartáveis como armazenadores de comida, exatamente como é um kit de temperos.

É bem simples de colocar esses elementos na sua despensa. Apenas lave-os bem, tire possíveis adesivos ou marcas de produtos e, se puder, coloque etiquetas ou marcações com canetas resistentes, escrevendo os nomes, e se possível, a validade.

Por exemplo, se você acabou de ganhar um kit café da manhã e nele estavam alguns potes com frutas ou comidas secas, você pode não jogar fora, e usar para ser uma forma organizadora de seus alimentos, em especial os grãos.

A retirada de alguns alimentos de sacos, ou até mesmo potes e inserção desses materiais de vidro ajuda a conservar os alimentos de forma muito mais prática, além de facilitar a retirada para o cozinho, auxiliando ainda na contagem na proporção desejada.

4 - Decore com cestas e organizadores

Nem tudo será colocado em potes, afinal, alguns alimentos não caberiam neles, como no caso de frutas, alguns tipos de sementes ou até mesmo industrializados.

Para isso, uma boa alternativa é organizá-los em alguns potes, cestas ou aqueles organizadores, conhecidos por serem facilmente achados em centros e lojas de casa e decoração. Essas são alternativas para movimentar e alcançar melhor os alimentos.

Digamos que com aquela mesma cesta onde veio seu café da manhã, você possa usar novamente para guardar um vinho malbec argentino de forma apropriada na despensa. Essa é uma boa sugestão se você não tiver uma adega ou, quem sabe, um guarda-vinhos.

Falando sobre organizadores, eles são ótimos para colocar caixinhas pequenas de sucos, separar alguns tipos de alimentos ou guardar produtos que podem estar saindo logo da validade. Se puder, escolha as cores iguais ou então as versões transparentes.

Ao finalizar essa arrumação, você verá que vai sobrar muito mais espaço na sua despensa, além de permitir possibilidades de decorações, com quadros, itens decorativos relacionados à comidas e bebidas ou até mesmo rolhas e garrafas vazias de vinho.

Uma boa alternativa de especialistas em decorações e organizações é implementar ao armário ou ao quarto de despensa alguns penduradores, onde até mesmo podem ficar copos, e pratos. Basta pegar uma furadeira de coluna e colocar os ganchinhos.

5 - Atente-se para a misturas erradas

Como dito anteriormente, é interessante que você não coloque em um mesmo lugar alimentos e produtos de limpeza, comidas de crianças e vinhos.

Procure trabalhar em uma separação correta, não somente categórica, mas que também faça sentido para a facilidade de qualquer um da sua casa ir até o local e pegar algumas coisas. Em um local como uma despensa, é possível se confundir muito.

Sobre a questão das crianças, é interessante não colocar tão perto do chão os materiais de limpeza e bebidas, por exemplo, afinal, elas podem alcançar esses locais. Pense ao contrário com doces e guloseimas, já que são itens que elas amam.

6 - Invista em iluminação

De manhã e em locais claros, tudo bem. Mas imagine querer encontrar sementes de grama à noite, em uma despensa nada iluminada?

Além de ser uma tarefa difícil, pode ser um grande desafio diário para quem cozinha muito, não é mesmo? Por isso, se for possível, coloque iluminadores, lâmpadas ou até mesmo botões iluminados na sua despensa.

Lembre-se que locais com quase nada de iluminação também podem estragar alguns tipos de alimentos mais rápido. Ao comprar uma lâmpada, opte pelas brancas, pois facilitam a visão de tantos alimentos de cores diferentes.

Despensa arrumada. Agora, siga essas dicas!

Se você seguiu esses passos e garantiu a organização da sua despensa, esse é o momento certo para pensar em como melhorar o uso dos seus alimentos e até no preparo do seu almoço ou jantar.

Embora a organização da despensa esteja impecável, esses alimentos e materiais estão dentro de um espaço fora da nossa visualização diária, como no caso de uma cadeira na sala ou uma mesa na varanda.

Mesmo sabendo o que têm nesses lugares, não é difícil que nós percamos na mente essas informações, o que deixa ainda mais certa a importância da anotação.

Aqui vão duas dicas essenciais se você:

Quer saber o que tem na dispensa

Anote em um bloco grande de papel ou em uma lousa tudo o que têm na sua despensa, e aproveite com aquilo que está organizado na sua geladeira.

Ao visualizar melhor suas opções, você vai sempre lembrar o que está para sair da validade, o que já foi aberto e pode não durar muito tempo, aquela comida que você comprou mas ainda não provou e muitas outras possibilidades, incluindo os doces perdidos.

Quer fazer um cardápio com o que você tem

Seguindo com o mesmo uso de um bloco grande de papel ou uma lousa, anote o cardápio da semana baseado no que você tem na despensa e na geladeira.

Faça como aquele menu de restaurante, indique para você mesmo tudo o que você pode ou deve fazer durante a semana.

Essa é uma boa ideia para colocar na sua programação o preparo da sua comida, bem como para começar a experimentar novas comidas e pratos no seu dia a dia. Se for para sua família, é certo que todo mundo vai gostar.

Com isso, fica claro que ter uma despensa organizada pode te auxiliar - e muito, não só na organização da sua cozinha, mas também no preparo de suas refeições.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Actualizado el