Saiba como escolher a cortina ideal para a sua casa

cortina

Escolher a cortina ideal não é tarefa fácil, uma vez que elas transformam o ambiente em que estão instaladas, além de trazer uma nova atmosfera para ele.

Mais do que decorar, elas servem para controlar a entrada de luz e garantir mais privacidade aos moradores. Ainda assim, são tão importantes quanto os móveis na hora de compor um ambiente.

Se você entrar em uma loja especializada, vai encontrar muitos modelos, como lisos, estampados e curtos, atendendo aos mais variados gostos, dos mais discretos aos mais ousados.

Diferentes materiais podem compor as cortinas, o que também vai influenciar o visual do cômodo e seu conforto. Tudo isso pode deixar as pessoas que não entendem muito bem do assunto com dúvidas.

É difícil escolher quando estamos frente a tantas opções, principalmente porque alguns modelos vão chamar mais nossa atenção, mas nem sempre vão combinar com os móveis, tapetes e outros componentes de um cômodo.

Por isso, é preciso saber bem o que você procura, suas necessidades e o estilo de cada ambiente da casa. Pensando nisso, neste artigo, vamos te ajudar a escolher a cortina ideal, mostrar sua importância, como influencia na decoração e suas vantagens. Acompanhe!

Importância de escolher bem a cortina

As lojas de decoração e especializadas em cortinas oferecem opções bem variadas e distintas. É possível encontrar modelos para todas as necessidades e gostos.

Na hora de escolher, precisamos levar em conta alguns aspectos de, por exemplo, qual o nosso objetivo ao comprar esse item.

É preciso considerar o cômodo em que vai ficar, pois com isso já temos uma ideia das necessidades do espaço. Uma cortina persiana para sala, por exemplo, vai proteger os móveis, deixar o ambiente mais fresco e garantir a privacidade.

Se há uma grande incidência de luz o dia todo, o ideal é uma cortina blackout, principalmente nos quartos e quando o morador trabalhar em horários diferentes, como à noite.

Caso deseje optar por modelos tradicionais nessas ocasiões, é melhor usar as cortinas claras para não esquentar muito o cômodo.

Quem vai lavar a cortina em casa precisa escolher modelos fabricados com tecido sintético, uma vez que estes podem ser colocados na máquina. Os tecidos naturais exigem cuidados especializados de lavanderias.

Se você precisa de praticidade, é melhor escolher o modelo de varão, pois é mais fácil de colocar e tirar. Também é preciso tomar cuidado com a incidência do sol, pois tons escuros desbotam mais rápido nesse caso.

Nesse caso, se quiser cores mais escuras, é necessário escolher materiais mais resistentes para que, dessa forma, a cortina dure mais tempo.

Todas essas questões devem ser levadas em conta na hora de escolher o modelo, mesmo porque ele também vai ter grande peso na decoração.

Como as cortinas influenciam na decoração

Uma cortina rolo blecaute ou qualquer outra vai influenciar diretamente na decoração do ambiente. Não podemos deixar de dizer que esse item é um dos primeiros itens que notamos quando chegamos em algum lugar.

Se você quer ter mais liberdade na decoração, prefira as cores neutras, pois elas são mais fáceis de harmonizar com outros itens. Exemplos são:

  • Off white;
  • Branco;
  • Bege;
  • Creme.

São tonalidades que não entram em conflito com a decoração dos cômodos e se adaptam perfeitamente a qualquer tipo.

Se você mora em um lugar frio, pode escolher tecidos mais pesados, afinal, estes trazem mais conforto térmico.

Por outro lado, os tecidos leves e fluidos como a cortina de linho conseguem manter a privacidade sem perder a luminosidade natural.

Quanto ao comprimento, as cortinas mais curtas devem ser usadas apenas nos quartos das crianças, pois são modelos mais infantis e que garantem uma atmosfera descontraída.

A altura ideal também pode variar. Por exemplo, se a distância entre a janela e o teto é de até 5 cm, o recomendável é aproveitar do chão até o teto. Lembrando que a barra deve sobrar até 4 cm.

Por falar em medidas, para que o cômodo fique realmente bonito e bem decorado, devemos saber a medida exata da janela antes de mandar fazer a barra da cortina.

Se você for comprar um modelo pronto, precisa somar 40 cm à largura da janela e multiplicar o total por 2 em casos de tecidos encorpados; e por 3, para tecidos leves.

Independentemente do tipo de decoração que você tem no ambiente, bem como do tipo de revestimento, como piso laminado escuro , é essencial fazer esse cálculo para não prejudicar o visual do espaço.

Tipos de cortinas e suas vantagens

Muitos são os estilos de cortinas que podemos encontrar no mercado, isso é uma grande vantagem, uma vez que todos os gostos e bolsos podem ser atendidos.

Dentre os principais tipos, estão:

1 - Cortina de shantung

Trata-se de um tecido de origem chinesa e fabricado a partir da seda. Podemos encontrá-lo puro ou no tafetá, no entanto, é mais comum que as cortinas sejam fabricadas com fibras naturais e artificiais.

Geralmente, uma cortina para sala moderna feita desse tecido tem tons claros e neutros. Mesmo assim, podemos encontrá-la em tons mais quentes, como o vermelho e o azul.

É necessário levá-la a uma lavanderia especializada na hora de higienizar, mas de qualquer maneira, ela é muito vantajosa por conta de sua exclusividade e capacidade única de decoração.

2 - Cortina de veludo

Trata-se de uma cortina mais sofisticada e macia, perto de outros tecidos que podemos encontrar. É bastante chamativa, portanto, é ideal para a sala e até para dividir ambientes.

Podemos usá-la no quarto, e uma maneira interessante de fazer isso é aplicá-la para separar o quarto de um closet ou de um banheiro.

Essa opção é muito vantajosa, uma vez que evita que você precise gastar muito para dividir um espaço, além de ser muito resistente e glamurosa.

3 - Cortina de cetim

Esse tecido brilha de apenas um lado e é feito de seda e lã. Bastante luxuoso e leve, precisa receber o reforço de um forro.

Se você for aplicá-lo a um ambiente menor, escolha cores claras, pois trata-se de uma opção que ajuda a dar amplitude aos cômodos, sendo esta uma de suas maiores vantagens.

4 - Cortina de linho

O linho é um tecido bastante versátil, que combina com qualquer espaço e qualquer decoração. Se for instalar esse tipo de cortina em um quarto planejado casal, é recomendável usar um forro.

Na hora de lavar, também é importante procurar uma boa lavanderia, pois apesar de ser prático e versátil, o linho é um tecido bastante delicado, que pode desfiar.

5 - Cortina de seda

A seda é um material nobre, logo, as cortinas nesse tecido são o destaque de qualquer cômodo. Inclusive, essa é a sua maior vantagem, portanto, se você deseja compor um ambiente com muito requinte, sem dúvida a seda é a melhor opção.

É possível encontrar cortina lisa nesse tecido, com estampas florais e outras opções. Pode ser usada para cobrir janelas, além de dividir cômodos, como no caso da cortina de veludo.

Por se tratar de um material muito delicado, não podemos simplesmente colocá-lo na máquina. Portanto, procure uma boa lavanderia.

6 - Cortina de sarja

Este tecido é mais pesado e grosso e, por esse motivo, é indicado para quem tem rede de proteção janela e também deseja abafar ruídos externos.

Uma das vantagens dessa opção é que ela é excelente para quem gosta de estampas, afinal, tornam o ambiente bastante descontraído.

7 - Cortina richelieu

De origem européia, sua principal característica são os bordados e rendas nas laterais e no centro. Geralmente é feita de linho, e sua função é meramente decorativa.

Por conta disso, ela é mais recomendada para espaços como a cozinha. É uma maneira de tornar esse ambiente muito mais agradável e bem decorado.

8 - Cortina blackout

Também conhecida como “blecaute”, é ideal para quem deseja um local mais escuro, bloqueando totalmente a entrada de luz solar.

Por conta dessas características, esse tipo de cortina tem sido muito usado nos quartos, pois mesmo que o dia amanheça, você pode continuar dormindo tranquilamente sem nem perceber a entrada de luz.

Conclusão

Existem cortinas para todos os gostos, que você pode combinar com tudo o que faz parte da sua decoração, como o sofá, tapetes, cama, quadros, mesas, lustre para bancada, tipo de pintura, entre muitos outros.

Ou seja, é perfeitamente possível escolher a melhor cortina para a sua casa ou escritório, mesmo que você não conheça nada sobre o assunto ou tenha muitas dúvidas.

Mais do que decorar o seu lar, a cortina vai deixá-lo muito mais confortável, aconchegante e apropriado para o lazer e o descanso com toda a família.

Basta apenas conhecer um pouco mais sobre elas e fazer a escolha certa, mas, depois de ler este artigo, temos certeza de que ficou muito mais fácil decidir qual cortina escolher.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Actualizado el