Saiba como ampliar os ambientes da sua casa

ambiente da casa

A busca por localizações mais favoráveis, próximas ou em grandes centros, tem feito com que as pessoas precisem viver em imóveis menores, o que também aumenta a procura por ampliar ambientes da casa, sendo mais um desafio na hora de mobiliar.

Dependendo do tamanho dos móveis ou dos acessórios que você usar, o espaço (que já é pouco, de 30 a 60 metros, em alguns casos), pode ficar ainda menor. Então, mais do que dificultar a circulação, a sensação é desagradável.

Além disso, a falta de espaço em ambientes pequenos pode prejudicar a circulação de ar e até mesmo a iluminação dos cômodos. Para resolver esse problema, existem algumas ações simples, mas que fazem toda a diferença.

O segredo está na maneira como você vai decorar, e apesar de parecer um desafio em vista do pouco espaço, com algumas dicas, tudo fica mais fácil de resolver.

Pensando nisso, neste artigo, vamos mostrar como você pode ampliar os espaços pequenos do seu lar e aproveitá-los melhor, tornando-os mais práticos e agradáveis para o dia a dia. Então, leia até o final.

A importância de ter um bom espaço

A maneira como as pessoas vivem mudou muito nos últimos anos, e isso se deve a algumas transformações nos parâmetros familiares.

Antigamente, as pessoas se casavam e constituíam famílias numerosas, o que pedia imóveis maiores para acomodar todo mundo.

Atualmente, apesar de boa parte dos casais desejar filhos, eles vêm em menor número. Também existe uma quantidade cada vez maior de pessoas que se casam e não querem ter filhos.

Ainda, há quem decida ir morar sozinho, estudantes que vão se alojar em pequenas moradias próximas à faculdade, dentre outras possibilidades que não exigem casas e grandes apartamentos.

Pelo contrário, a busca por imóveis pequenos, fáceis de decorar com luminária led grande e em boas localizações está cada vez mais comum.

Só que junto com a funcionalidade e praticidade dessas moradias, vem um desafio: otimizar a ocupação do espaço para que ele seja agradável e confortável ao mesmo tempo.

Tornar os cômodos maiores não é tarefa fácil, mas também não é impossível. Mais do que deixar os ambientes mais bonitos, isso ajuda a melhorar a qualidade de vida de quem vive em uma casa otimizada.

Espaços entulhados ou que foram mobiliados do jeito errado prejudicam a circulação de pessoas, entradas de ventilação e até a iluminação pode ficar ruim. Então, se torna difícil conviver neles, principalmente para quem não mora sozinho.

Em vista disso, no próximo tópico, separamos algumas dicas que você pode colocar em prática e ampliar todos os espaços da sua casa. Acompanhe!

Aumentando os espaços do seu lar

A maneira como você decora o seu lar é fundamental em cada detalhe, desde o local onde vai ser colocado um interruptor de luz até o último quadro que você pendura na parede. Daí o motivo dela trazer benefícios como:

  • Sensação de bem-estar;
  • Personalização dos ambientes;
  • Praticidade;
  • Mais conforto;
  • Espaços mais dinâmicos.

No entanto, quando o imóvel é pequeno, é ainda mais importante pensar na decoração de maneira inteligente. Dentre as estratégias que você pode usar, temos:

1 - Apostar em móveis planejados e integrar ambientes

É muito importante ter atenção ao mobiliário que você vai usar, não apenas no que diz respeito às cores dele, mas também ao seu tamanho.

Os móveis planejados são uma ótima opção, porque eles são feitos pensando na otimização do espaço disponível. Podem ser usados em todos os cômodos, deixando-os mais organizados, espaçosos e bonitos.

Os moveis planejados quarto casal, por exemplo, como no caso de um guarda-roupa, vão evitar que a mobília atrapalhe a circulação ou interfira em seu uso.

Problemas comuns, como falta de espaço entre a cama e o armário ou dificuldades para apagar e acender a luz são eliminados.

Você também pode investir em móveis sob medida, uma vez que eles são feitos exatamente do tamanho do espaço que você tem disponível e são exclusivos.

Quando não existe uma parede que divida alguns cômodos, como sala e cozinha, o bloqueio é quebrado e isso favorece a circulação, causando uma sensação de amplitude.

Também é uma ótima opção para favorecer a luminosidade e a relação entre os moradores, que podem interagir melhor.

2 - Usar cores claras

Quando se trata de imóveis pequenos, a melhor opção é usar cores claras, e isso diz respeito a pisos e revestimentos, móveis e outros objetos de decoração.

Então, na hora de escolher a tinta para sala, invista no branco ou em tons pastéis, uma vez que eles refletem a luminosidade, o que causa sensação de amplitude.

O branco valoriza a entrada de luz natural, e como vimos, ela é muito importante para a saúde e bem-estar de todos os moradores.

3 - Investir em luz natural

A iluminação natural deixa os ambientes mais leves e visualmente amplos. Por isso, invista em janelas grandes e cortinas ou persianas em tons claros.

Caso a janela seja pequena, muito comum em apartamentos menores, você pode fazer uma iluminação indireta com sancas de gesso ou painéis iluminados na parede.

Nunca coloque móveis na frente das janelas ou que ocupe uma parte delas, como estantes, guarda-roupas ou cômodas muito altas que dificultem o acesso a essas aberturas.

Mais do que ampliar a sensação de espaço, as janelas são fundamentais para ventilar o ar e evitar a circulação de vírus e outras impurezas no ambiente.

4 - Usar espelhos

Este é um dos truques mais antigos para ampliar espaços, mas que sempre funciona. Você pode apostar em um lindo espelho decorativo para sala de jantar, na parede logo acima da mesa.

Entretanto, é preciso tomar cuidado com o que o espelho vai refletir. Por exemplo, não pendure-o em paredes que dão para a porta do banheiro. O ideal é que ele reflita apenas a sua sala de jantar ou a sala de TV.

Também não é uma boa ideia que ele reflita ambientes como a cozinha, a não ser que você possa separar os espaços com uma porta, uma outra parede ou biombo.

Uma boa dica é pendurar um quadro bonito na parede oposta, para que o reflexo seja mais agradável.

5 - Recorrer à decoração minimalista

A decoração minimalista que está em alta e vai muito bem até mesmo em espaços com cobertura de vidro ou cobertura comum. É a melhor alternativa para manter a organização necessária aos ambientes pequenos.

Por meio dela, você evita a poluição visual e garante a sensação de bem-estar dentro de casa. Por isso, siga algumas regras básicas, como evitar móveis escuros, excesso de itens decorativos e muita mobília.

Mantenha os espaços sempre organizados, com cada coisa em seu devido lugar. Os móveis não devem contrastar com os tons do piso e das paredes, evitando que eles delimitem demais o espaço.

Atente-se ao tamanho deles, visto que uma mobília mais baixa causa a impressão de ambiente maior e limpeza visual.

As cortinas devem ser feitas de materiais leves, como a persiana romana branca, para que sua casa esteja sempre iluminada pela luz natural. Quanto mais clean e minimalista for a sua decoração, melhor.

6 - Desfazer-se do que não é necessário

Ser apegado não combina com a ideia de morar em um imóvel pequeno. Por isso, desapegue-se de tudo o que não tem mais serventia.

Roupas, sapatos, utensílios de cozinha, mobiliário, objetos decorativos e outros itens que você não usa podem ser doados para quem precisa.

Lembre-se de que, mesmo que você consiga guardar tudo, em algum momento vai faltar espaço para armazenar aquilo que você realmente precisa.

O mais importante é valorizar a sua casa, optando por uma decoração prática e leve, usando recursos modernos como piso vinílico instalado e dispensando tudo aquilo que saia desse contexto de decoração.

7 - Manter a limpeza e a organização

É muito mais fácil bagunçar um cômodo pequeno do que um cômodo grande. Mantenha a sua casa sempre limpa e organizada, guardando roupas e outros objetos em seus devidos lugares.

Assim, além de ajudar a ampliar o espaço, você garante um clima mais agradável dentro de casa, e um lar mais confortável e saudável para todos.

Conclusão

Os imóveis pequenos são mais práticos e funcionais, mas é preciso tomar cuidado na hora de decorar, para não perder o espaço, que já é reduzido.

Poder circular livremente dentro de casa, sem impedimentos e sem a sensação de estar preso em uma caixa de fósforos é a base para ter mais qualidade de vida.

Sua casa é onde você relaxa, convive com pessoas importantes e tem seus momentos de privacidade e, por esse motivo, é necessário garantir que ela seja prática e funcional.

Com as dicas que demos aqui, você saberá como ampliar seus espaços e o seu lar vai ficar muito mais bonito e aconchegante.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Actualizado el