Como proteger sua casa nos períodos de chuva

chuva

Saber como proteger a casa nos períodos de chuva é uma forma de evitar grandes transtornos, ainda mais quando ocorrem tempestades fortes, que podem causar danos estruturais e comprometer o revestimento da sua residência.

 

Além disso, quando a sua casa não está bem protegida contra a chuva, você pode ter problemas mais sérios, como desabamentos.

 

No entanto, com algumas atitudes simples, é possível manter a integridade do seu imóvel, evitando as avarias.

 

Com o objetivo de te ajudar a manter a segurança da sua casa, o artigo de hoje trouxe algumas dicas importantes. Acompanhe a leitura.

Avalie a sua casa antes dos períodos de chuva

No Brasil, o período de chuvas intensas é no verão. É comum que ao final do dia, fortes tempestades torrenciais atingem as principais regiões do país, causando muito estrago.

 

Por esse motivo, é importante fazer uma avaliação completa da sua casa antes dessa estação.

 

Assim, você pode realizar a impermeabilização de paredes externas, do telhado, além de consertar rufos e calhas que podem estar danificados.

 

Uma dica é entrar em contato com um profissional qualificado para realizar a análise do seu imóvel, visualizando todos os pormenores da residência.

 

Inclusive, até mesmo alguns pequenos detalhes podem causar danos ao imóvel, como presença de mofo e bolor.

Faça a manutenção do telhado

O telhado é a região da casa que mais merece atenção nos períodos de chuva. 

 

Por isso, é fundamental dar prioridade para esse revestimento, já que a presença de qualquer umidade ou excesso de água pode comprometer toda a sua casa.

 

Uma dica é fazer a impermeabilização de telhado de zinco, além de avaliar se há limo nas peças. Os telhados de cerâmica também merecem destaque, pois eles acumulam sujidades que podem causar infiltrações.

 

No entanto, no caso do telhado de cerâmica, a boa notícia é que o cloro tira todo o limo, fazendo uma limpeza completa no revestimento.

 

Para os telhados de fibra de cimento e concreto, a dica é lavá-los com jatos de água de alta pressão. Se houver rachaduras, dá para reparar com fitas adesivas betuminosas.

Dê atenção às calhas

A água dos telhados é direcionada para as calhas. Elas direcionam o líquido para o sistema de drenagem das ruas, evitando alagamentos dentro dos imóveis.

 

No entanto, para que tudo isso ocorra como esperado, é importante manter as calhas limpas, sem obstruções com folhas, insetos, entre outras sujeiras.

 

A calha de alumínio é a mais indicada, já que ela é extremamente resistente e durável.

 

Caso note que as calhas não estão conseguindo suportar a água durante o período de chuva, a dica é chamar um profissional especializado para verificar se é necessário substituir o sistema.

 

Os rufos também merecem atenção. Eles fazem parte do sistema de calhas e por esse motivo, devem ser limpos com a mesma frequência.

 

Verifique se o rufo para telhado não possui nenhuma rachadura que possa causar a obstrução e consequentemente gerar infiltrações.

Instale esquadrias nas portas e janelas

A presença dos vãos entre janelas e portas podem fazer com que a água da chuva entre no seu imóvel.

 

Por esse motivo, é importante instalar esquadrias nesses locais, evitando o aparecimento de paredes manchadas, rebocos e outras infiltrações.

 

Importante ressaltar que essas vedações sofrem desgaste com o tempo. Por isso, é necessário fazer uma manutenção periódica ou até mesmo substituir esses revestimentos.

 

Outra dica é colocar tela de proteção nas portas e janelas, pois elas também podem evitar mais problemas relacionados às chuvas.

Desconecte seus equipamentos da tomada

O Brasil é um dos países com maior incidência de raios, principalmente nos períodos de chuvas fortes, como no verão. 

 

Por esse motivo, é importante tomar cuidado com os seus equipamentos eletrônicos, pois eles podem queimar ou causar curtos-circuitos.

 

Portanto, a dica é desconectar os seus aparelhos da tomada, em especial durante os momentos de chuva forte.

 

Se a tempestade estiver muito forte, não toque nas tomadas, pois você pode levar um choque. Portanto, o ideal é desconectar os aparelhos antes que a chuva tome força.

Tome cuidado com a área externa

Muita gente esquece que a área externa também merece atenção nos períodos de chuva. 

 

Afinal de contas, o grande volume de água pode entrar no seu imóvel, causando danos às estruturas, danificando pisos, paredes, móveis e eletrodomésticos.

 

Se você tiver uma área com grama, faça a manutenção de jardim, evitando que o mato fique muito alto e que a terra não tenha condições para drenar a água.

 

Algumas dicas são:

 

  • Corte a grama a cada 15 dias;
  • Retire as ervas daninhas e plantas parasitas;
  • Não deixe lixo acumulado na grama;
  • Tenha pisos de fácil drenagem ao lado do jardim.

 

Além do mais, escolha bem quais móveis você vai colocar na sua área externa. Um banco para jardim de plástico pode ser uma ótima alternativa, já que ele não sofre com a ação da chuva, como ocorre com os objetos metálicos, que podem oxidar.

 

Caso a sua área seja pavimentada, cuide para que o caimento do solo vá em direção aos ralos, evitando alagamentos.

Use pisos drenantes

Os pisos drenantes podem ser grandes aliados para proteger sua casa nos períodos de chuva. Eles são capazes de absorver o volume de água, reduzindo a velocidade de vazão pluvial da rede pública.

 

Hoje em dia, é possível encontrar inúmeros tipos de revestimento, até mesmo piso laminado escuro com boa capacidade de drenagem.

 

Além de proteger a sua casa contra a água da chuva, a redução de vazão contribui com toda a cidade, diminuindo a ocorrência de enchentes.

 

Na hora de instalar o seu piso, verifique se o revestimento está devidamente assentado em uma camada grossa de brita e um banco de areia. Somente dessa forma a água pode ser absorvida por completo.

Desentupa os ralos

Pode parecer besteira, mas os ralos entupidos podem comprometer muito a segurança da sua casa nos períodos de chuva. 

 

Além dos tradicionais problemas de infiltração, eles podem alagar a sua casa, fazendo o esgoto voltar.

 

O ideal é desentupi-los com produtos específicos a cada 15 dias, além de evitar o acúmulo de folhas, cabelos, sujeiras e outras coisas que podem ficar presas.

 

Atualmente, existem produtos fortes que ajudam no desentupimento de ralos. Mas, se ainda assim não for suficiente, busque auxílio com uma empresa especializada.

Feche as janelas e portas durante a chuva

Essa dica parece meio óbvia, mas muitas pessoas acabam deixando as janelas e portas abertas durante a chuva, para aproveitar o frescor do tempo.

 

No entanto, a gente nunca sabe quando uma leve chuva pode virar uma tempestade e causar muitos estragos.

 

Sendo assim, nada de deixar a sua casa aberta quando a água começar a cair. Fora que a ação dos ventos pode fazer com que a chuva entre na sua casa, causando danos imensos nos seus móveis, objetos de decoração, pisos e paredes.

 

Também não é nada seguro deixar as portas e janelas abertas. O vento pode trazer sujeiras e até mesmo objetos perigosos para dentro da sua casa.

Instale sistemas de reaproveitamento da água

Proteger sua casa nos períodos de chuva é algo que vai além de uma questão individual, mas também contribui com o meio ambiente. 

 

Você pode ajudar a sua cidade a evitar enchentes e assim, contribuir com o desenvolvimento sustentável.

 

Uma boa dica é investir em um sistema de reaproveitamento da água da chuva. Por meio dele, você capta a água pluvial e pode reaproveitá-la em casa, seja para descargas, projetos de irrigação, entre outros.

 

Dá para encontrar sistemas domésticos já prontos, ou você pode fazer o seu, no bom e velho estilo DIY (do it yourself ou “faça você mesmo”).

 

Além do mais, o sistema de reaproveitamento de água diminui os custos da sua casa, ou seja, você pode economizar, ao mesmo tempo em que ajuda o planeta Terra.

Conclusão

O período de chuvas é bastante benéfico para o Brasil, pois é o momento de aumentar os níveis dos rios, lagos e reservatórios de água, evitando secas e falta de água. 

 

Contudo, é fundamental proteger a sua casa da ação das chuvas, já que o excesso de água pode prejudicar o seu imóvel, causando infiltrações, bolor, mofo e até mesmo, desabamentos.

 

Por essa razão, o artigo de hoje buscou trazer algumas dicas que podem te ajudar a evitar esses problemas, contribuindo para a manutenção da integridade do seu lar. 

 

Assim, além da segurança, você evita gastos desnecessários e eventuais perdas, já que a chuva não perdoa nossos revestimentos, móveis, eletrodomésticos e eletrônicos.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Actualizado el