Posso remover um pilar na reforma?

reforma

Decidir reformar um imóvel é uma ótima alternativa, principalmente quando serão feitas melhorias para o bem-estar dos usuários. No entanto, ela também pode representar em muitos casos um grande desafio técnico para engenheiros e arquitetos, até mesmo maior quando comparado com a execução de uma nova obra. Isso porque, as obras novas são acompanhadas na íntegra pelo corpo técnico, além de receber um projeto estrutural totalmente planejado. Por outro lado, quando esses profissionais decidem tocar a obra de reforma, encontram diversas surpresas ao longo do caminho que podem até mesmo afetar a execução do projeto idealizado inicialmente.

Os pilares estão entre os elementos estruturais que mudam com frequência o curso dos projetos arquitetônicos. Em muitos casos, os profissionais até conseguem esconder essas estruturas ou inseri-las de forma harmônica e funcional no projeto. No entanto, em alguns casos os clientes querem removê-los a todo custo. Mas, você sabe se pode retirar um pilar em sua reforma? Continue acompanhando o post de hoje e descubra.

O profissional ideal

Bom, antes de falarmos se é possível retirar um pilar do imóvel em uma reforma, é importante ressaltar a importância de contratar um profissional especializado no assunto. Isso porque, ainda que mestre de obras e pedreiros tenham grande experiência, somente profissionais formados na área são capazes de dar o veredito final.

Os pilares são elementos estruturais de um imóvel e muitas vezes são os responsáveis por sustentar grande parte de seu peso. Sendo assim, sua remoção pode causar desabamentos durante o processo ou ainda não acontecer nada naquele momento, mas sim após a conclusão da obra. Com isso, além do risco de vida aos trabalhadores e futuros usuários, você também pode ter um grande prejuízo.

Portanto, não economize em sua segurança. Contratar o engenheiro especializado é essencial, pois ele irá realizar todos os cálculos necessários e informar se realmente é possível retirar o pilar. Caso contrário, ainda irá sugerir alternativas para incluir o pilar de forma harmônica em sua reforma.

É possível retirar um pilar na reforma?

Como falamos, os pilares podem mudar todo o curso de um projeto e os arquitetos conseguem inseri-los de maneira harmônica e funcional. No entanto, existem casos em que retirar o pilar é a melhor opção. Mas, antes de tomar essa decisão, é preciso realizar uma análise cuidadosa para não haver nenhuma interferência na estrutura da construção. Justamente por isso, os arquitetos contam com a ajuda de um engenheiro, que de preferência deve ser o mesmo responsável técnico pelo projeto estrutural da edificação.

Depois de fazer a análise, a hora de retirar o pilar exige ainda mais atenção. É essencial realizar um escoramento e só depois pode-se fazer a nova estrutura. Depois de concluída e de respeitar os prazos de cura dos materiais, o pilar (que não tem mais função estrutural) pode ser removido com segurança.

Geralmente, a retirada do pilar é feita quando ele está em um local que inviabiliza a disposição do mobiliário. Mas ainda que seja possível removê-lo, essa decisão deve ser feita apenas em último caso.

Então, como você viu, é possível retirar o pilar de uma obra, desde que você contrate um profissional, como o engenheiro para realizar os cálculos necessários. Caso contrário você compromete não apenas a sua segurança, como também a de outros moradores, usuários e trabalhadores da obra. Além disso, o custo para contratar esse profissional ainda irá te ajudar a economizar, pois ele pode sugerir alternativas econômicas para o processo, assim como evitar o desperdício de materiais e mão-de-obra. Por fim, com a ajuda de um engenheiro especializado você ainda evita maiores prejuízos ao precisar reconstruir determinada parte do imóvel.

Actualizado el