¡Únete!

¡Inscríbete gratis y recibe las mejores ofertas a través de "Territorio Ahorro"!

¡Suscríbete!

Como funciona a permuta de imóveis?

permuta

Colocar um imóvel à venda nem sempre é uma coisa tão fácil, não é mesmo? Ainda mais diante do aumento e a economia não estando em uma fase tão boa assim. Esse processo também pode ser um pouco burocrático e exigir muito cuidado, então para não ter dores de cabeças futuras, toda precaução é indispensável. 

 

Além de segurança e cuidado ao colocar um imóvel à venda, é preciso ter paciência já que o processo pode ser a longo prazo e a venda não ser imediata. É preciso identificar a finalidade dessa venda, se será para fins residenciais ou empresas que fabricam itens como multiplicador de torque, pois cada necessidade possui uma especificação. Já ouviu falar em permuta de imóveis? Abaixo explicaremos mais sobre ela e como funciona. 

 

Permuta de imóveis: o que é e como funciona 

 

Geralmente quando pensamos em vender um imóvel, sempre nos vem à cabeça o processo mais tradicional que é anunciar através de uma empresa de corretora, vendê-lo e passar o local para o novo comprador. Mas existem outras formas de firmar negócio também. 

 

Este tipo de contrato é basicamente composto por direitos em que ambas as partes têm a obrigação de dar coisas, trocando-as por outras que possuem o mesmo valor equivalente. Mas claro, assim como uma venda tradicional, exige cuidado e algumas maneiras de negociação corretas para não existir dores de cabeça futuras. 

 

No contrato de compra e venda é exigido que o valor seja feito em dinheiro, mas na permuta isso é diferente, pois o valor em espécie é substituído por bens que sejam equivalentes ao valor do local que está à venda. 

 

Em alguns casos na permuta de imóveis, é possíveis pagar a diferença em dinheiro também, por exemplo, se uma empresa que faz projeto de climatização precisa adquirir um espaço para atendimento aos seus clientes, ele pode comprar esse imóvel e trocá-lo por um outro bem dele e pagar a diferença que fica em dinheiro. 

 

Este tipo de permuta se aplica a vários tipos de imóveis, como casa, apartamento e terrenos não ocupados que ficam disponíveis para construção. 

 

Mas quais cuidados eu devo ter ao pensar na permuta de imóveis?

 

Assim como em um contrato de compra e venda, alguns cuidados precisam de atenção em relação à permuta de imóveis. É preciso se atentar ao tipo de contrato, sendo ele feito por escritura pública, constando nele de maneira clara e objetiva, a data de entrega, dos bens que estão sendo trocados, é claro, responsabilidade pelos tributos.

 

Então com isso, entendemos que todo cuidado deve ser considerado como em um contrato de compra e venda padrão. A escritura precisa ser feita e ela equivale a 4% ou 6% do valor do imóvel. Mas claro, existem vantagens neste tipo de negócio, sendo ele sobre a tributação, já que ficará isento de tributos caso não exista torna de permuta, ficando assim isento do imposto de renda. Como ponto negativo pode acontecer do imóvel ter desvalorização. 

 

Entender a finalidade da aquisição do imóvel é o primeiro passo, mas é mais comum que eles sejam feitos quando uma pessoa já possua um imóvel e queira vendê-lo para adquirir um novo. Como em casos de empresas que confeccionam peças para transformador de solda, mas precisa trocar de lugar, pois a quantidade de vendas aumentou. 

 

A permuta de imóveis pode ser vantajosa, de acordo com a necessidade de quem deseja obter um novo espaço para moradia ou local comercial. 

 

Este artigo foi produzido pela equipe do Soluções Industriais.

 

Actualizado el