¡Únete!

¡Inscríbete gratis y recibe las mejores ofertas a través de "Territorio Ahorro"!

¡Suscríbete!

Qual o melhor piso para área externa?

piso

O sonho da casa própria continua sendo um dos principais entre os brasileiros, por isso, a busca por soluções como a do melhor piso para a área externa são cada vez mais recorrentes, tanto na internet quanto fora dela.

 

De fato, várias tendências e situações, novas ou antigas, nos trouxeram a um cenário em que o segmento de casa e decoração é um dos que mais crescem. As mais antigas dizem respeito ao referido sonho de sair do aluguel e ter algo próprio.

 

Já as mais novas remetem ao fato de que com a correria do dia a dia, o brasileiro médio já vinha valorizando cada vez mais sua residência, como um modo de encontrar nela descanso e um ambiente para receber bem as visitas.

 

Aí é que o trabalho de uma empresa jardinagem e paisagismo já pode ajudar e não é pouco, pois com a devida expertise, logo vai ficando claro que é possível fazer algo muito bom sem necessariamente gastar demais, tornando tudo acessível.

 

Depois, surgiu ainda uma situação mais impositiva e mais universal, que foi a da crise da pandemia iniciada em 2020, que fez com que boa parte das pessoas começasse a trabalhar em casa, na modalidade home office.

 

Naturalmente, ao começar a passar mais tempo em casa, as pessoas começaram a querer investir em decoração, design, arquitetura e tudo o mais que pudesse valorizar aquele ambiente, para que ele suportasse todas as demandas.

 

O que aqueceu ainda mais o mercado de casa e construção, de modo que já nem se trata de uma mera questão de opinião, pois há pesquisas que comprovam. Como uma recente feita pela ABCasa, que é uma referência na área.

 

Trata-se da Associação Brasileira de Artigos para Casa, Decoração, Presentes e Utilidades Domésticas, cujo boletim verificou que no último período o setor cresceu nada menos que 12%, o que chega a representar uma movimentação de R$ 90 bilhões ao todo.

 

Lembrando que foi uma época de crise financeira generalizada, na qual milhões de empresas tiveram uma curva negativa. Mas os dados incluem setores transversais, como um escritório que faz projetos de casas modernas alto padrão.

 

Ou seja, não se trata apenas da venda de produtos que encontramos em casas de construção, mas também do setor terciário que presta serviços, desde o desenvolvimento de projetos até a parte prática de empreiteiras, pedreiros e afins.

 

Tudo isso explica de modo bastante claro por que hoje a busca por soluções no setor de piso para área externa está aquecida. Bem como os fatores micro e macro que devem ser levados em conta na hora de você fazer suas próprias compras e cotações.

 

Quanto ao cenário econômico, se a questão era saber quando investir, saiba que esses momentos de alta na produção são bons, pois tendem a diminuir o custo do produto lá na ponta, isto é, no valor que o consumidor final vai pagar.

 

É uma lei universal do mercado, pois se há muito piso elevado externo em uma loja, ela tende a fazer promoções para aumentar as vendas e reduzir o estoque, que pode chegar a ter custos para a logística e o próprio caixa da firma.

 

Justamente porque o momento está favorável e pelas demais razões referidas, decidimos escrever este artigo completo sobre qual é o melhor piso para a área externa de sua casa, ou mesmo de uma loja ou edificação comercial semelhante.

 

Para responder a questão de modo realmente satisfatório, trazemos também alguns conceitos e características sem os quais o assunto ficaria incompleto, mostrando também quais são os tipos existentes e quais os critérios de decisão.

 

Ao fim você ainda encontra dicas práticas de como cuidar do piso da área externa, com conselhos que tornam todo esse ciclo de decisão bem mais seguro e fácil de ser traçado, diminuindo o risco de arrependimentos futuros.

 

Na verdade, há empresas especializadas nesse tipo de manutenção, assim como uma firma que faz terceirização de serviços áreas verdes é especializada em jardins, hortas, pomares e demais espaços verdes que podem ser cultivados em casa.

 

Mas, após os conselhos, você pode decidir começar a fazer isso por conta, aplicando os produtos que preferir, com a frequência que desejar, e ainda por cima economizando no gasto que já não vai ser necessário, o que é outra vantagem.

 

Desta maneira, se o seu interesse agora é realmente mergulhar de cabeça nesse universo incrível dos pisos para área externa, dominando tudo que precisa saber para fazer uma escolha racional e produtiva, então basta seguir a leitura.

O que é o piso externo?

A experiência mostra que os pisos para área externa, que está sempre sujeita a chuva, frio, calor e demais variações climáticas, não pode ser apenas bonito esteticamente, ou mesmo agradável ao toque, mas precisa ser também resistente.

 

Sem falar no quesito segurança, já que acidentes domésticos em quintais, varandas e áreas de lazer são um risco constante, o que merece nossa atenção. Sobretudo quando a casa conta com crianças e idosos, mas não apenas.

 

Em termos técnicos, portanto, o que melhor define esse tipo de piso é sua predisposição a suportar situações e aplicações que um piso interno dispensaria.

 

Comparativamente, seria como a diferença entre os vários tipos de vidro, algo que uma vidraçaria especializada sabe de cor. Entre o tradicional para janelas e um blindado, as propriedades podem ser radicalmente diferentes.

 

Considerando tudo isso, os pisos para área externa mais comuns são:

 

  • Piso de porcelanato;
  • Piso de pedras naturais;
  • Piso de madeira;
  • Piso de cerâmica.

 

Adiante veremos os detalhes técnicos de cada um, o que já ajuda quem for fazer a aplicação a entender qual será melhor no seu caso específico.

 

Por ora, o que precisa ficar claro é que não é nada recomendável instalar um piso qualquer em uma área externa, pois precisa ser um produto destinado para isso.

 

Além de esteticamente poder ser inviável, ou de um prejuízo financeiro, também haveria o risco de quedas e afins, uma vez que ele pode não ser tão antiderrapante quanto deveria.

1 - O piso de porcelanato

Muita gente acha que esse modelo é exclusivo para áreas internas, o que não é verdade. Inclusive, para áreas externas, ele tem a vantagem de manter sua versatilidade.

 

Por isso, a gama de cores, formatos e até texturas que você pode escolher é bem grande, o que o torna um dos prediletos da atualidade.

 

Contudo, quem vai pagar uma terceirização de serviços gerais para fazer a instalação, precisa considerar que é uma das mais caras, posto que o material é exigente.

 

Além disso, o custo do próprio piso de porcelanato também tende a ser entre 40% e 50% mais caro que outras soluções mais em conta.

2 - Opção de pedras naturais

Se você está em busca de algo rústico, que orne de maneira quase que 100% natural com o seu ambiente externo, então você procura um piso feito de pedras naturais.

 

Ele é mais indicado para quem mora em regiões interioranas, como na aplicação de chácaras, fazendas, açudes e similares. Mas pode ir muito bem em regiões urbanas, como nas casas que contam com piscinas no quintal.

3 - Os pisos de madeira

Essa solução é bem tradicional, a ponto de que se perde na história dos povos, sem que possamos afirmar com certeza qual é sua origem.

 

Hoje em dia, porém, ela conta com altas tecnologias. Um exemplo de madeira em área externa é o dos decks, que costuma ser feito na parede, no lugar da pintura de fachada residencial, por exemplo.

 

Como piso, ao decidir leve em conta que essa opção tem a vantagem de ser altamente estética, e a desvantagem de precisar sempre de manutenção e revitalização, para que a madeira não se danifique nem estrague.

4 - A famosa cerâmica

Essa também é uma das opções mais tradicionais, porém, não tem circulado muito recentemente, por não ter uma variedade muito grande de texturas e tecnologias.

 

Contudo, ela continua sendo ideal para quem quer algo simples, já com opções antiderrapantes e com boa vedação, o que evita infiltrações e transtornos futuros.

 

Ou seja, uma residência que segue uma linha arquitetônica tradicional pode desfrutar consideravelmente bem do piso para área externa de cerâmica.

Como cuidar do piso?

Por fim, encerramos dando algumas dicas práticas sobre como limpar e fazer a manutenção do seu piso. Já mencionamos que há empresas que prestam esse serviço, mas você pode fazer por conta.

 

Nesse caso, o mais importante é ouvir a própria fabricante, seguindo o manual de venda do produto. Caso não haja nenhum, peça dicas logo que a transportadora entrega expressa trouxer o seu lote, ou então ligue na loja ou na fábrica.

 

O importante é considerar que cada produto tem uma peculiaridade, sendo necesário evitar alguns produtos químicos em determinado caso, os quais não podem deixar de ser aplicados em outros, bem como a ferramenta de limpeza, e daí em diante.

Considerações finais

Falar sobre o segmento de casa e decoração é algo cada vez mais comum, haja vista que se trata de um dos mercados que mais crescem no Brasil.

 

Neste artigo, trouxemos informações e dicas práticas sobre como escolher o melhor piso para área externa, conciliando beleza, funcionalidade, segurança e, claro, custo-benefício.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Actualizado el