¡Únete!

¡Inscríbete gratis y recibe las mejores ofertas a través de "Territorio Ahorro"!

¡Suscríbete!

Como integrar a varanda com a sala?

varanda

Uma casa com varanda proporciona uma ótima experiência para o morador, como mais iluminação na residência.

Além de ser um cômodo à parte para ter um jardim, um local exclusivo para tomar ar fresco, receber os amigos ou realizar um churrasco. 

Entretanto, nem sempre ter uma varanda é benéfico, muitas vezes, os moradores decidem eliminar esse espaço e ampliar um outro cômodo. 

Neste caso, a sala acaba se tornando mais espaçosa quando integrada com a varanda, proporcionando uma grande mudança estrutural, a integração desses dois espaços é repleta de pontos positivos. 

Porém, também requer um extenso planejamento para que tudo ocorra bem. 

Como integrar a sala e a varanda?

Quando bate aquele desejo de reformar a casa ou apartamento, muitas ideias surgem durante o dia. 

Algumas ganham ainda mais força quando são pesquisadas na internet, que com suas imagens e vídeos parecem deixar o sonho ainda mais próximo.

Contudo, mais do que realizar pesquisa em sites, blogs, revistas ou conversar com uma conhecida, também é importante buscar um profissional adequado para analisar essa futura mudança, e assim, definir quais serão os próximos. 

Para quem deseja unir a sala e a varanda, o profissional ideal a ser procurado é um arquiteto, que com a planta da residência criará o melhor projeto para que essa transformação ocorra sem colocar em risco a estrutura do local. 

Responsável por desenvolver a criação de espaços, internos ou externos, o arquiteto também ajudará o proprietário do imóvel a realizar as melhores escolhas, tanto no projeto quanto na compra dos materiais. 

Piso de concreto polido para residências, azulejos, treliça decorativa e outros elementos podem ser indicados pelo profissional, que terá um melhor controle sobre a obra.

Neste caso, quando se fala sobre a incorporação desses dois ambientes que geralmente ficam próximos, o arquiteto definirá como esse processo irá ocorrer, de forma que o resultado final seja um ambiente único e totalmente inovador. 

Há vários benefícios em unir a sala e a varanda, e o principal deles é a criação de um cômodo maior, que também é o que leva os moradores optarem por essa reforma. 

Com mais espaço disponível, essa obra também proporciona uma maior convivência dos residentes, que não ficarão separados por uma parede, grandes, vidros ou porta de pallet de plástico grande, podendo conversar com mais facilidade. 

Outros pontos positivos são:

  • Melhor iluminação;
  • Melhor ventilação;
  • Praticidade;
  • Rápida circulação.

Sendo assim, para que isso ocorra, o primeiro passo de um arquiteto será analisar como transformar os espaços em um só. 

Muitas vezes, para que a integração seja realizada, é preciso remover as portas ou vidros que separam a varanda da sala e também nivelar o piso.

Porém, nem todos os condomínios permitem que alterações sejam realizadas na varanda da residência, já que existe um direito autoral sobre a obra que foi assinada pelo engenheiro da construção.

Portanto, para que problemas sejam evitados, o mais recomendado é que o morador converse com a construtora, caso a residência seja sua ou com o proprietário. 

Além disso, também é super importante ter uma conversa com os outros condôminos e com o síndico. 

A partir dessas conversas, será possível colocar o projeto para frente ou encerrá-lo, pois muitas vezes o condomínio tem como regra a harmonização, ou seja, a padronização da sua fachada.

Após coletar essa informação e caso seja possível, chegou a hora de analisar qual o melhor caminho para essa integração. É preciso ter muito cuidado para que mesmo sem as portas ou janelas, o ambiente continue com aquela cara de quem foi separado.

Para dar essa sensação de continuidade, o básico é derrubar as paredes ou qualquer outro elemento que separe esses cômodos. Caso isso não seja possível, uma opção para disfarçar esse problema é trocar os móveis de lugar.

Quem sabe apostar em um novo lugar para a mesa com cadeiras, puffs ou até mesmo o sofá. Aqui, a imaginação será a melhor amiga. 

Depois, os arquitetos indicam que o piso seja nivelado e que possuam o mesmo revestimento.

Por exemplo, se o piso da sala é de porcelana e o da varanda é um simples piso branco, será preciso realizar uma escolha entre um desses pisos, descartando o outro. 

Também é preciso ter cuidado com as paredes e pequenos elementos que atrapalhem a continuidade dos espaços. 

Uma placa de ACM com LED, por exemplo, também pode ser utilizada para disfarçar as imperfeições que não foram retiradas, como a marcação do canto da porta, elevações no teto e outros elementos que interferem na integração.

As desvantagens da união dos espaços

Apesar de ser repleta de benefícios, essa obra possui algumas desvantagens e que também precisam ser levadas em conta na hora da construção do projeto e fechamento do negócio. 

A principal delas é o tempo, morando em uma cidade que faz calor ou não, o sol sempre estará presente, e muitas vezes, ele pode invadir lugares os deixando totalmente inabitáveis em alguns horários do dia.

E se tem sol, também tem chuva, e é justamente aí que mora o perigo. Com um intenso volume de água, a chuva também pode invadir a casa, causando alagamentos que levarão a uma série de outros problemas, como a destruição dos móveis, por exemplo.

Esse problema então acabará sobrando para o próprio morador e o condomínio não poderá ser responsabilizado. 

Instalação de para raios prediais, limpeza e outros fatores são de responsabilidade da administração do espaço, não o caso citado acima por conta da reforma.

Dessa forma, para evitar esses possíveis cenários, algumas mudanças deverão ser realizadas no projeto, não descartando totalmente a integração da sala com a varanda.

As soluções que podem ser utilizadas são: envidraçar a sacada, dando o controle para o residente fechar as janelas em época de chuva, ou implementar uma porta de vidro de correr.

Talvez essa segunda opção apavore um pouco quem sonha com a junção dos dois espaços, mas não é uma ideia tão ruim assim. 

Afinal, a porta poderá ser mantida aberta durante todo o dia, e assim o sentimento de integração ficará responsável por outros elementos.

Também é preciso ter cuidado com a insolação da varanda. Isso porque esse espaço tem uma estrutura totalmente diferente do resto da casa, às vezes não permitindo que o ar-condicionado seja instalado, por exemplo. 

Assim, é preciso contratar um eletricista para verificar essa situação ou apostar no uso de outros refrigeradores. 

Um ar condicionado split 110v pode ser instalado na sala de forma estratégica de forma que refrigere o restante do ambiente.

A decoração será uma aliada

Para que a unificação da sala e varanda ganhe um charme a mais, o certo é apostar em uma decoração que também passe essa sensação de integração e que seja a cara do proprietário da residência. 

Para isso, muitos decoradores indicam o uso de extensos tapetes, que além de ligar o espaço, também conferem sofisticação e bem-estar. 

Sendo assim, não é porque agora você tem uma sala enorme que não precisará de cortinas. O acessório, que dá privacidade para o espaço, também serve para proteger o lugar da exposição solar. 

Mas, onde ela será colocada? Lembra das vidraçarias que irão proteger a sala da chuva? Então, é exatamente ali que elas devem ser instaladas.

Assim, garantindo um charme a mais na decoração e segurança para a residência, mesmo que ela possua monitoramento residencial 24 horas.

Apostar em plantas e objetos não muito altos igualmente irá ajudar na construção desse novo ambiente. O deixando fresh e com a sensação que ele é ainda maior. 

Para os amantes do intimismo, uma dica é investir em divisória retrátil, principalmente se há uma churrasqueira presente na antiga varanda. Dessa forma, evitará que a sala receba a sujeira do churrasco de domingo. 

Dica extra

Quando a reforma para integrar a sala e varanda começar, é preciso ter bastante atenção com os móveis que já estão na sala. Isso porque eles podem acabar sujas de tinta, argamassa ou poeira.

Portanto, algumas ferramentas podem ser utilizadas para fazer essa proteção, como blindagem de sofá e lonas impermeáveis.

Considerações finais 

A partir do momento que surge o desejo de reformar a casa e expandir um ambiente, sela a sala com a varanda ou outros cômodos, é preciso ter em mente que esse sonho precisa se tornar um projeto, e de preferência que ele seja acompanhado por profissionais adequados.

Além disso, contar com arquiteto, mestre de obra ou até mesmo engenheiro fará que o projeto seja ainda mais um sucesso, pois você meio que terá um serviço vigilância compartilhada.

Depois que esse profissional for consultado, aí é só buscar uma boa equipe de obras e já pensar naquela decoração fantástica que transformará o seu novo ambiente em um espaço charmoso, sofisticado e com a sua cara.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Actualizado el