A importância da energia e iluminação numa clínica odontológica

Sabia que a falta de iluminação pode causar distúrbios oculares, dores de cabeça, falta de energia e até efeitos nocivos ao humor, como estresse ou depressão? Portanto, é necessário que, tanto em nossas casas quanto em nossos locais de trabalho, tenhamos em conta a iluminação correta e, é claro, como a iluminação na clinica odontológica pode ser menos importante?

Descubra connosco quais aspetos levar em consideração e como preparar o ambiente visual de sua clínica para que seus pacientes e sua equipe desfrutem de um ambiente adequado e bem carregado.

Preparação do ambiente visual

Design e decoração, incluindo iluminação, não são mais relegados a outros tipos de instalações, como lojas de moda; em vez disso, eles têm cada vez mais peso nas clínicas odontológicas. Tanto é que, além de tudo, eles podem ajudar os pacientes a decidir em qual clínica ir na primeira visita.

As sensações que podem transmitir espaços visualmente amigáveis são tremendamente poderosas em comparação com outras que, pelo contrário, deixam sua imagem em segundo lugar. As primeiras impressões contam, sim: também em nosso setor.

A clínica odontológica é um local que deve ser silencioso, confortável e aconchegante. Lembremos que, acima de tudo, nossa prioridade é que os pacientes se sintam em casa, esquecendo o conceito clássico de dentista que geralmente causa algum medo.

Além disso, uma decoração eficaz ajuda a esperar com calma e possibilita um tratamento com serenidade e paz interior. Aposte no minimalismo e nos espaços abertos, além de cores claras, serenas e limpas que não estimulam o nervosismo.

Para recriar um ambiente em que o paciente se sinta confortável, uma boa iluminação na clínica odontológica é muito mais importante do que pensamos. Além disso, sabia que a eficiência da luz pode até melhorar a motivação e a eficiência da sua equipe de profissionais? Tudo isso acrescenta-se! Ter tanta luz natural quanto possível e melhorá-la é essencial.

Idealmente, desde o projeto inicial da clínica, devemos levar em consideração a otimização da luz natural e como vamos nos apoiar na luz artificial, melhorando cada canto e garantindo que tudo tenha uma aparência homogênea, sem estridência e relaxação. Uma das coisas básicas a ter em mente é que a luz deve ser moderada e não muito intensa, pois isso pode aumentar o estresse e a fadiga visual do paciente.

Luz nas diferentes áreas da clínica odontológica

Para obter uma boa iluminação na clínica odontológica, é necessário diferenciar cada área:

A recepção

É o primeiro quarto que os pacientes chegam, portanto, recomenda-se o uso de iluminação em tons quentes. Dependendo do tamanho, pode optar por instalar painéis de LED que podem ser instalados nivelados, suspensos ou na superfície. Também pode optar por instalar downlights, se tiver um teto falso ou luzes de teto de superfície caso contrário.

Será necessário complementar a luz geral com iluminação auxiliar para que o pessoal da recepção possa trabalhar com eficiência. Para isso, uma boa opção pode ser a iluminação usando uma lâmpada de estúdio.

A Casa de banho

No WC, recomenda-se a instalação de luminárias em tons frios. A opção mais apropriada é a instalação de downlights, no caso de ter um teto falso ou luzes de teto LED montadas na superfície. Em qualquer caso, recomenda-se a instalação de uma potência de 18 W, o que garante os lúmens necessários para a iluminação do banheiro.

O corredor

Os corredores da clínica odontológica são uma área que deve ser bem iluminada, para evitar possíveis quedas ou acidentes. Nesse caso, recomenda-se a instalação de luminárias em tons neutros, pois essa temperatura de cor é a mais semelhante à luz natural. Portanto, recomenda-se a instalação de anéis fixos ou basculantes com lâmpadas dicróicas GU10 em temperatura de cor neutra.

Os sensores de movimento também podem ser instalados, de modo que as luminárias sejam ligadas apenas quando detetarem presença. A instalação de sensores de movimento pode ser uma grande economia, pois impediria que as luminárias fossem ligadas sem necessidade.

A caixa na clínica odontológica

Embora todo o consultório odontológico seja importante, como por exemplo a área dos implantes dentários, mas a área da consulta, por razões óbvias, é a que deve assumir o papel de líder, pois é a sala em que o dentista realiza seu trabalho e requer iluminação ideal.

Recomenda-se a instalação da luminária em uma temperatura de cor baixa. A montagem de painéis LED ajustáveis é uma boa opção, pois permite regular a intensidade da luminária de acordo com as necessidades de cada momento.

Critérios para escolher a iluminação na clínica odontológica

Para finalizar, damos algumas instruções para ter em mente a iluminação adequada em sua clínica odontológica. Por exemplo, nos casos em que a luz natural é ruim por razões estruturais, a iluminação artificial escolhida deve estar longe de luzes que foram amplamente comprovadas como causadoras de desconforto e até desconforto.

Em outras palavras: deve evitar certas nuances, como luzes brancas demais - como luzes fluorescentes - ou luzes diretas demais que podem deixar os pacientes desconfortáveis, especialmente nas áreas mais sensíveis da clínica, como o espera ou cabines.

Por outro lado, sempre que possível, devemos substituir lâmpadas incandescentes por lâmpadas economizadoras de energia. Seu gasto de energia é menor e, apesar do preço inicial, a duração e a economia da fatura compensarão em breve esse investimento. Tenha isso em mente!

Como viu, é essencial iluminar nossa clínica odontológica ao criar um ambiente confortável para nossos pacientes e contribuir para o desempenho adequado de nosso trabalho como dentistas. Se deseja aconselhamento ou deseja responder a alguma pergunta, entre em contato conosco. Ajudaremos a otimizar seu espaço odontológico com nossas dicas!

Actualizado el