¡Únete!

¡Inscríbete gratis y recibe las mejores ofertas a través de "Territorio Ahorro"!

¡Suscríbete!

Iluminação: Qual a luz perfeita para cada ambiente?

iluminacao

A iluminação faz parte dos principais momentos de nosso dia, sendo responsável pela forma como interagimos com as pessoas, em meio a um trabalho ou estudo, e inclusive dita nossas rotinas, separando-as por dia, tarde e noite, moldando diversas atividades.

Porém, ao falarmos do sentido da iluminação dentro de casa, com projeto de ar condicionado , é possível trabalharmos com uma importância tão similar ao do dia a dia.

Isso porque a escolha da iluminação correta para cada espaço dentro de casa pode surtir um efeito positivo ou negativo em nossa vivência, contribuindo para uma melhor produtividade, uma noite de sono sossegada, e até uma sensação de conforto em:

  • Quartos;
  • Salas;
  • Cozinhas;
  • Closets.

Por isso, se você está em meio a uma construção de residência com projeto energia solar residencial é importante reconhecer os tipos de luzes existentes, principalmente, em relação a cada cômodo, procurando ainda algumas dicas que possam lhe servir.

No texto abaixo vamos entender mais sobre esses pontos, que poderão ajudar você na construção de uma casa ou até mesmo na projeção de um escritório dos sonhos.

As variadas formas de iluminação

Para quem não é da área, ou nunca precisou montar e cuidar da administração de uma residência ou centro comercial, reconhecer a existência e saber diferenciar os tipos de iluminação existentes no mercado pode parecer difícil, e algo facilmente confundível.

Ao contrário do que muitos pensam, as luzes que servem para dar maior funcionamento aos espaços podem ser das mais variadas, tendo funções completamente diferentes.

Sendo assim, a luz que está iluminando a sala do seu escritório pode não ser a mesma que está apontando para um quadro em um museu. 

Isso mostra mais sobre a intensidade, cor, formato e sobretudo posição em que cada uma está, apontando para seu dever.

Abaixo vamos mostrar algumas das principais formas, algo que pode ajudar você na hora de montar uma casa com teto de gesso para sala

  1. Luz direta

A luz direta, como o próprio nome sugere, é aquela que está focando diretamente em algum lugar, seja um móvel, um objeto, uma parede ou até mesmo um espaço, como o caso de uma escrivaninha, auxiliando alguém que esteja trabalhando à tarde ou à noite.

Para saber se a luz é ou não direta, basta entender de que forma ela está sendo apontada. Se o abajur ou objeto que retém a lâmpada estiver direcionada, certamente é uma direta.

  1. Luz indireta

Ao contrário do que vimos acima, sobre o foco direto em algo, temos a luz indireta. 

Essa é uma forma de iluminar um espaço sem que haja uma incidência explícita no espaço, como se houvesse a possibilidade de que a iluminação bastasse em outro lugar antes.

Por exemplo, em um deck de madeira modular localizado em piscinas é possível observar luzes indiretas, que iluminam o caminho mas sem serem altamente invasivas.

  1. Luz difusa

A luz difusa é uma forma de iluminação que é feita a partir de lugares altos e centrais, evitando deixar algum espaço do ambiente de fora, e muito menos produzir algo tipo de sombra ou contraste. Um bom exemplo são as lâmpadas únicas dentro de cômodos.

Ao entendermos sua funcionalidade, fica fácil associar à palavra difusão, que significa justamente dar um foco generalizado, evitando deixar algo de fora.

  1. Luz natural

A luz natural talvez seja a mais popular de todas, e certamente a mais fácil de entender e decifrar. 

Dentro de uma residência ela pode vir de espaços abertos, com direta relação com o céu, como janelas, tetos solares e até mesmo grande portas que acessam a rua.

Em um ambiente, preferencialmente de dia, a luz natural pode ter uma excelente funcionalidade, sempre que bem posicionada e pensada para cada necessidade.

  1. Luz quente

Uma luz quente pode ser simbolizada pela cor amarelada, algo que neste sentido está relacionada com a cor da lâmpada, e não com a forma ou o espaço de onde o foco de luz vem, seguindo um caminho contrário dos tópicos anteriores.

Neste sentido, podemos entender que os ambientes, como um local com toldo para área externa  que exibe uma luz de coloração mais amarelada ou laranja, é uma luz quente.

  1. Luz fria

No caminho contrário da luz quente vem a luz fria, a mais conhecida e até mesmo utilizada de todas, por conta de sua incidência branca, forte e quase sempre adaptada a todos os ambientes possíveis, sendo inclusive mais fácil de conviver.

Esse formato de iluminação tem sempre uma coloração branca, que é ainda mais forte quando o tipo de lâmpada utilizada é do formato LED, a mais forte de todas.

A luz impecável para cada ambiente

Agora que sabemos mais sobre os tipos de iluminação existentes, fica fácil entender que nem todo ambiente deve ou precisa ter um mesmo estilo de luz. 

Ainda que não existam grandes regras, para que um espaço se torne melhor para seu usuário, aproveitado para cada funcionalidade, é interessante que ele seja concebido com a iluminação correta, deixando então a experiência cada vez mais interessante.

A seguir, vamos mostrar alguns dos principais espaços de uma casas com manutenção ar condicionado split, mostrando de que forma você pode escolher as melhores opções:

Cozinha

A cozinha é um local feito quase sempre para a preparação de alimentos, ainda que o espaço também possa ser utilizado para alimentação, em jantares, lanches e almoços.

Por isso, o indicado para o ambiente é uma luz direta, que possa focar no fogão ou em espaços de preparo de alimentos, e que também venha a iluminar uma mesa ou cadeira, utilizada pelos moradores para o consumo dos alimentos, de forma focada.

É possível, ainda, utilizar uma luz natural, pela manhã, e à noite, uma luz difusa, fazendo com que todo o ambiente seja bem iluminado.

Quarto

Um quarto pode ser utilizado para diferentes tipos de funcionalidade, sendo a principal delas o sono e descanso em determinados horários do dia. 

Por isso, para trazer um ar mais aconchegante, o ideal é focar em uma luz quente, com iluminação indireta.

No entanto, se o local também for utilizado para estudos, ou até mesmo para maquiagem e arrumação, é importante pelo menos uma luz direta e fria, no local desejado.

Escritório

Por ser um espaço dedicado para a atenção, seja um trabalho ou estudo, é importante que a iluminação seja fria, direta ou difusa, mantendo todo o ambiente com uma igualdade de tons, estabelecendo dessa forma uma maior facilidade para uma produtividade.

O ideal é pensar, inclusive, em uma iluminação focada nos espaços de trabalho, como acima de uma mesa e até mesmo sob ela, por meio de um abajur com luz fria.

Sala

Na sala geralmente ficam expostos quadros, fotografias, e estão móveis como mesas, painéis de televisão, dentre outros itens de relaxamento e utilidade.

Por isso, além da luz difusa e fria, é interessante que sejam escolhidos pontos de luz direta, para aumentar ainda mais a noção de tudo o que faz parte do espaço.

Corredor

Em uma casa com aluguel de gerador de energia, o corredor pode ser um excelente espaço para mostrar algumas fotos e peças de arte ou apenas sendo utilizado para direcionar um caminho que deve ser seguido pelo morador ou pelo visitante.

Nos dois casos é interessante que haja um uso de luzes indiretas, misturadas com alguns pontos de luzes diretas, como em um quadro ou em uma foto, focando no modo quente.

Dicas para valorizar ainda mais os espaços

Algumas dicas podem fazer as suas escolhas por iluminação e até mesmo objetos dentro de uma casa mais potentes, trazendo um conforto e uma ótima experiência interna.

O primeiro ponto é atentar para as cores das paredes e dos objetos, observando se eles acabam sendo camuflados ou ressaltados pela luz, tendo então um bom aproveitamento.

Outra dica é estabelecer a presença da luz que melhor se adequa às suas vivências, tendo em vista que nem sempre se trabalha em um escritório e se dorme em um quarto.

Por exemplo, você pode focar em um canto de leitura, tendo uma luz direta apenas em um grande abajur, que também serve como uma ótima decoração na sala.

Por fim, o ideal é saber mesclar bem os variados tipos de luz, entendendo como a luz natural funciona, para depois inserir outras formas e opções dentro de uma casa com toldo policarbonato.

Considerações finais 

Pode parecer complicado, mas com a ajuda de algumas boas dicas fica fácil saber diferenciar os vários tipos de iluminação que uma residência pode ter, entendendo qual a melhor para o ambiente desejado, e aquela que fortalece sua vivência dentro de casa.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Actualizado el