¡Únete!

¡Inscríbete gratis y recibe las mejores ofertas a través de "Territorio Ahorro"!

¡Suscríbete!

Descubra como fazer a iluminação da sua piscina

iluminação da sua piscina

Ter uma piscina em casa é o sonho de muita gente, afinal, estamos falando de uma área valorizada e que proporciona muitos momentos de lazer, diversão e relaxamento.

Quem tem uma piscina em casa pode até mesmo aproveitá-la para fazer exercícios físicos, como no caso da hidroginástica. Só que para aproveitar ao máximo esse ambiente, ele precisa estar bem iluminado.

Lembrando que a piscina vai ser muito mais usada durante o dia, principalmente aos fins de semana, que é quando as pessoas estão em casa e podem descansar. Mas, você também pode usar a piscina durante a noite.

Imagine chegar em casa depois de um longo e quente dia de trabalho e poder aproveitar a piscina antes de jantar ou de ir para a cama?

Só que para aproveitar esse espaço durante a noite, é fundamental que ele esteja bem iluminado. Aliás, a iluminação também é necessária para compor um ambiente mais bonito e agradável para todos os moradores.

Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar a importância de uma boa iluminação de piscina, como fazer essa iluminação e dar algumas dicas para escolher o projeto adequado.

Importância da iluminação de piscina

A iluminação do ambiente está diretamente relacionada à decoração, tanto dos ambientes internos quanto dos ambientes externos.

O tipo de iluminação também interfere diretamente no humor das pessoas, transmitindo uma sensação dentro do espaço.

A iluminação da piscina é importante para a composição de todo o espaço, mas ela também está relacionada a dois fatores muito importantes: segurança e beleza.

Quando se trata de construção civil, a segurança é necessária em vários pontos, por exemplo, quando fazemos um contrato de manutenção de jardim / paisagismos e jardinagem para se certificar de que o espaço não vai ficar muito escuro e prejudicar seu uso.

Mas, quando se trata da piscina, a segurança é fator primordial no projeto, independentemente do tipo de morador. Além disso, se não houver uma boa iluminação, não é possível usufruir do espaço durante a noite.

Nadar durante a noite, além de ser uma opção de lazer, também traz benefícios para a saúde, mas pode ser uma atividade perigosa se o espaço não for devidamente iluminado.

Falta de iluminação pode provocar acidentes, inclusive quando não temos a intenção de usar a piscina. Uma criança, um idoso ou até mesmo uma pessoa descuidada pode simplesmente cair na piscina por não conseguir enxergá-la.

Em relação à beleza, a iluminação traz muito mais estilo, requinte e conforto, colaborando até mesmo para os eventos em família, como uma festa de aniversário, por exemplo.

Contemplar uma bela vista da piscina durante a noite por uma janela grande de vidro chega a ser relaxante.

E várias possibilidades podem ser usadas para criar o ambiente perfeito, como no caso dos refletores com lâmpada de LED.

Eles criam atmosferas diferentes por conta de suas variadas cores e a flexibilidade de combinação. Um bom projeto pode influenciar positivamente o humor dos moradores.

Por exemplo, ao usar tons quentes, como o vermelho e o laranja, o ambiente da piscina pode transmitir sensação de calor, enquanto os tons azuis e verdes causam a impressão de que a água está mais gelada.

Só que para aproveitar todo o potencial de uma boa iluminação de piscina, é fundamental saber colocá-la em prática.

Como fazer uma boa iluminação de piscina?

Agora que você já sabe a importância de iluminar essa área da propriedade, chegou o momento de saber como fazer isso. E as principais dicas são:

Analisar os formatos e a dimensão

A primeira coisa a ser feita é analisar as dimensões da área, para que seja possível definir o tipo de iluminação para a piscina.

O tamanho do local influencia diretamente na quantidade de luminárias que você vai precisar e até mesmo na potência dos modelos que serão comprados.

Por exemplo, quem possui uma sacada de vidro retrátil próxima ao local pode optar por uma potência mais baixa, porém, com uma quantidade maior.

As luminárias de alta potência oferecem um excelente custo-benefício, só que tudo depende do planejamento. Você não precisa de várias luminárias, se o modelo que comprou consegue iluminar 40 m².

Escolher o tipo de iluminação

Você já parou para pensar no tipo de iluminação que deseja? No mercado, existem vários tipos, mas as lâmpadas de LED são as que oferecem a melhor qualidade, além de serem sustentáveis e consumir pouca energia.

Também podem ser instaladas em qualquer tipo de piscina e possuem cores, potências e tamanhos diferentes.

Por exemplo, lâmpadas de LED RGB são coloridas, mas o projeto também pode contar com iluminação monocromática, que nada mais é do que aquela feita com apenas uma cor, como as tradicionais brancas e azuis.

Os cuidados com o espaço, como limpeza em condomínio residencial, precisam ser feitos, independentemente do tipo de iluminação.

Mas, outra grande tendência que vem sendo cada vez mais utilizada é a combinação entre iluminação monocromática e colorida.

Analisar pontos estratégicos

Sabendo qual é o tamanho e o formato da piscina, verifique outros pontos importantes para fazer um bom jogo de iluminação, como:

  • Localização das quinas;
  • Presença de degraus;
  • Curvas;
  • Itens decorativos.

Todos eles são pontos estratégicos e podem colaborar com uma iluminação, que além de deixar o espaço mais bonito, também ajuda a evitar acidentes.

Os pontos estratégicos enriquecem a decoração do espaço, mas exigem cuidados porque envolvem muitos riscos, principalmente as quinas. Portanto, o ideal é que as luminárias não atrapalhem a visão dos usuários.

Como escolher a iluminação adequada?

Além de saber como fazer uma boa iluminação, é necessário saber escolher o tipo mais adequado para o seu projeto.

É necessário considerar o paisagismo jardim externo para valorizar ainda mais a composição do ambiente. Só que é necessário considerar outros aspectos também, e são eles:

Viabilizar a segurança do projeto

A primeira coisa para escolher o melhor tipo de iluminação é considerar a segurança necessária no projeto, principalmente se o espaço recebe muitas crianças, idosos, pessoas com deficiência, dentre outros.

A iluminação deve garantir que todos possam se movimentar com liberdade, tanto dentro quanto fora da água.

Para não errar na escolha, verifique se o ponto de iluminação mostra a presença de objetos e outros itens que possam provocar um acidente.

Não se esqueça de avaliar a potência dos refletores, enquanto os lugares eles devem ser instalados, dentre outros pormenores que precisam ser considerados, se tiver alguma dúvida, deve conversar com um especialista.

Escolher as cores ideais

Assim como em um projeto de iluminação residencial, as cores usadas no projeto de iluminação da piscina podem contribuir muito para personalizar o ambiente e enriquecer ainda mais a área externa.

Mas, para valorizar ainda mais esses que êxitos, é fundamental ter algumas coisas em mente. Uma delas é o efeito das cores, que vai depender muito do revestimento usado na piscina.

Quanto mais claro o revestimento, mais fácil vai ficar para explorar várias paletas de iluminação. Cores mais quentes, como laranja, vermelho e amarelo, podem ser usadas durante as épocas mais frias do ano, em piscinas aquecidas.

Por outro lado, tons mais claros, como verde e azul, transmitem ideia de frescor, podendo ser usados durante as estações mais quentes do ano, transmitindo uma sensação de frescor e relaxamento.

Não existe certo ou errado, pois assim como contratar os serviços de uma empresa impermeabilização estofados demonstra zelo, cuidado e higiene com os móveis, o tipo de iluminação também pode transmitir sua personalidade.

Quem gosta de cores mais alegres, como o rosa, por exemplo, pode muito bem utilizá-las na iluminação da piscina e falar um pouco mais sobre sua própria personalidade com os visitantes.

Personalizar o ambiente externo

Por falar em transmitir a própria personalidade, outra coisa que não pode faltar é personalizar a área da piscina.

Planejar bem o seu entorno, além de deixar o local mais bonito, também é uma maneira de valorizar ainda mais o imóvel. 

Uma dica nesse sentido é usar a iluminação de várias maneiras para incrementar o design da área.

Além da iluminação para beira de piscina, é possível usar refletores externos em diferentes pontos estratégicos, como nas paredes ao redor.

Essa prática deixa o espaço mais elegante, pessoal e convidativo, principalmente se for composto por um belo jardim e árvores ao redor.

Para completar a decoração, vale a pena investir em uma cascata iluminada, de preferência em acrílico com LED embutido, que causa a impressão de ter uma cachoeira iluminada particular em casa.

Considerações finais

Sendo assim, sua piscina vai ficar muito mais bonita e segura com um bom projeto de iluminação, e seguindo as dicas que demos aqui, o espaço vai ficar com a sua cara e muito agradável para todos os usuários.

Ter uma piscina em casa é um grande privilégio, portanto, cuide bem dela e invista em uma boa iluminação para aproveitá-la a qualquer horário do dia ou da noite.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Actualizado el