Como construir uma área de lazer perfeita para sua família

area de lazer

Ao pensar em construir uma área de lazer, o foco vai para o lindo espaço com churrasqueira, piscina ou um belo jardim com redes, para disfrutar de momentos agradáveis com a família e os amigos, ou mesmo para relaxar sozinho.

 

Mas, antes, algumas etapas são necessárias, como saber exatamente o que quer fazer, identificar o que o espaço disponível possibilita integrar, fazer diversos orçamentos e ter em mente a exata disposição das coisas, a fim de evitar arrependimentos futuros.

 

Às vezes, você quer uma churrasqueira, uma piscina e um jardim juntos. Em outros casos, você quer apenas jardim, ou apenas churrasqueira e piscina. Enfim, são muitas ideias a se levar em conta, desde o material para pintura até o contato com empresas de paisagismo.

 

A notícia boa é que essa área é possível de ser construída e, com um bom planejamento, sem gastar muito. Quer saber como? Então, acompanhe a leitura!

6 dicas para desenvolver sua área de lazer

Uma área de lazer na própria casa facilita muito o divertimento, não é mesmo?

 

Para quê viajar para um sítio no final de semana se você já tem uma piscina e um ótimo espaço de churrasqueira no fundo da sua residência?

 

Esse espaço, inclusive, é almejado e sonhado por muitas pessoas. No entanto, pode ser difícil saber por onde começar, se deve ou não aplicar película de proteção solar nos vidros ou quais passos seguir para que o processo resulte em algo impecável e incrível.

 

Tudo isso do jeito que você e sua família sempre quiseram.

 

Pensando nisso, confira agora os 6 passos principais, que foram feitos para ajudá-lo a tornar o sonho da área de lazer no seu lar uma realidade:

1. Procure um profissional

Diversas vezes, você pode achar que a contratação de um arquiteto, por exemplo, pode sair muito caro. Entretanto, a verdade é que esse profissional é responsável não só pelo acabamento do projeto, mas também por sua segurança e conforto.

 

De que adianta gastar menos, mas começar a ter problemas após um mês da obra ter sido finalizada?

 

Converse abertamente com um arquiteto sobre suas ideias para construção dessa área e sobre o quanto você pode investir financeiramente nisso. Ele certamente vai oferecer a melhor solução dentro das condições estabelecidas por você.

2. Considere o espaço que você tem

É de extrema importância levar em conta o espaço que você tem para a área de lazer e pensar em possibilidades a partir disso.

 

Talvez, você não tenha espaço suficiente para construção de uma piscina, mas para um ofurô, sim.

 

Ou pensando por um lado mais positivo, talvez você estivesse pensando que teria espaço apenas para uma pequena piscina, mas, quando foi conferir na íntegra, constatou a possibilidade de construir uma piscina para mergulho, que é bem maior.

 

Que maravilha! Os decks de madeira para piscinas também são uma ótima opção para quem tem espaço e gosta de tomar sol nas horas livres.

 

Para a churrasqueira, por exemplo, opte por instalar uma pia e uma bancada próximas à ela. Para isso, você pode escolher materiais mais resistentes ao calor e bonitos ao mesmo tempo, como mármore ou aço inox.

 

Além disso, pense em um tipo de telhado que possa amenizar o calor nos dias mais quentes, como o telhado verde, por exemplo.

 

Enfim, nunca comece a comprar nada antes de ter o projeto bem estabelecido, embasado no seu espaço que você tem disponível para construção. Além disso, pense também no espaço para circulação dentro da área.

3. Dê atenção aos revestimentos

Não somente pela estética, mas também pela segurança, os revestimentos são um cuidado essencial.

 

Para a piscina, por exemplo, eles podem ser de azulejo, de vinílico, cerâmica ou pastilha de vidro. Uma empresa de paisagismo piscina pode ser uma grande aliada para a escolha de qual é o melhor revestimento. 

 

Além disso, deixe toalhas e panos sempre à postos. Todas essas medidas compõem a segurança do ambiente também, evitando escorregões, por exemplo, ao se tratar de uma piscina.

 

Outra dica, é apostar em tons mais escuros no chão, porque evidenciam menos a sujeira.

4. Não se esqueça da limpeza

Conforme dito acima, o revestimento é parte da segurança e da estética da obra também, certo? Você até já contratou uma empresa para ajudá-lo na escolha desse revestimento para sua piscina.

 

Contudo, não vá se dedicar demasiadamente apenas à estética e se esquecer de instalar uma ducha e até mesmo construir um banheiro próximo a essa piscina. Isso evita que você mesmo ou as outras pessoas sujem sua casa, então elas podem se trocar lá fora mesmo.

5. Complemente o ambiente

Ao final da construção e acabamento dos revestimentos, não se esqueça da iluminação e decoração do ambiente.

 

Você está construindo uma área de lazer com piscina e com jardim, por exemplo. Pensando no jardim, é claro que a análise de solo completa é essencial. Você não vai querer fazer um jardim e não conseguir plantar nada nele, não é?

 

Mas, neste caso, algumas cercas, vasos e até estátuas, podem compor uma decoração muito bonita e contribuir na geração de um ar agradável ao seu jardim.

 

Para a piscina, que tal pensar na iluminação noturna dela? As lâmpadas podem estar dispostas tanto na parte externa, quanto na parte interna.

6. Atenção às escolhas dos móveis

Atente-se ao fato de os móveis dispostos na área externa da casa estarão expostos ao sol, à chuva e ventos fortes. Ou seja, a fim de evitar prejuízos, opte por móveis de materiais adequados a essas exposições.

 

Alguns exemplos são estofados impermeáveis, estruturas de madeira impermeável também, fibra sintética ou natural.

O que levar em consideração na construção da área de lazer

Para uma boa área de lazer, seja uma piscina, um jardim, uma churrasqueira com forno de pizza, ou uma pequena quadra, e para evitar surpresas financeiras também, é imprescindível que se leve em consideração alguns fatores. 

 

Como o tipo da área de lazer e a metragem necessária para o tipo escolhido, porque isso interfere diretamente no orçamento.

 

O design e a decoração também são importantíssimos no cálculo dessa obra, uma vez que fazem total diferença no final. 

 

Por exemplo, se você escolher fazer uma área de jardim, certamente não abrirá mão de contratar uma empresa de paisagismo jardim. Na dúvida, volte na dica sobre complementos ao ambiente.

 

Depois disso, ainda se deve pensar nos materiais de construção e na mão de obra. Quer dizer, não tem obra sem material e muito menos sem pessoas para realizá-la.

 

Uma informação importante é a de que, geralmente, os valores cobrados pelos profissionais de obra são baseados na metragem do espaço.

Como fazer um bom orçamento para a área de lazer?

Após adquirir ótimas recomendações e ter obtido a noção sobre os princípios a serem levados em consideração para a obra citados acima, você pensa: “tem como isso tudo caber no meu bolso?” ou “nossa, parecem aspectos que levarão a um valor final exorbitante”.

 

Então chegou o momento chave. Para evitar uma possível desistência do sonho da área de lazer, você precisa ter em mente alguns pontos:

 

  • Levantamento de custo;
  • Planejamento financeiro;
  • Atenção às burocracias do processo;
  • Uso de planilhas.

 

Supondo que queira fazer uma área com piscina e jardim, comece colocando em um papel todas as suas ideias para essa nova área. Depois, chegou a hora de levantar os custos, desde a contratação da empresa de paisagismo, até a lâmpada de led para piscina

 

Procure pesquisar pelos profissionais e já faça, com o escolhido, o projeto. O cálculo dos custos com base no projeto costuma evitar gastos desnecessários. Para isso, baseado no projeto, coloque todos os elementos da obra em uma planilha.

 

É aconselhável colocar valores unitários, a quantidade, gastos administrativos e com frete, nessa planilha.

 

Depois de ter o projeto e levantar os gastos com cada item e etapa do processo, comece a monitorar todas as suas fontes de renda e todos os gastos diários com ela, como conta de água, mercado, escola, plano de saúde, entre outros.

 

Isso dá apoio à família sobre o quanto vocês têm, o quanto podem gastar e se devem economizar. A palavra de ordem aqui é planejamento.

 

Além disso, não se esqueça de verificar quais são as regras para obras em seu município e condomínio, caso more em um. Ou seja, separe todos os documentos de sua casa e do projeto também, para não correr o risco de ter que pagar multas.

 

Uma dica é tentar pensar sempre em técnicas inovadoras, que poderão diminuir o orçamento de sua obra. Como, por exemplo, às vezes você tem um sofá “a mais” na sala e poderá usá-lo na parte de fora.

 

Além disso, o investimento na implementação de um sistema de captação da água da chuva, além de evitar desperdício, evita gastos futuros. 

 

Você estará usando essa água para regar as plantas, direcionar ao vaso sanitário e até mesmo para lavar o quintal. A utilização de calha para telhado pode ser bastante útil e prática para esse sistema.

Considerações finais

Agora que chegou aqui, você conseguiu saber o que levar em conta antes de iniciar a obra da área de lazer de sua casa, além de algumas dicas para que ela saia da forma mais incrível, assim como fazer um orçamento interessante para isso.

 

Então, o que está esperando para iniciar seu projeto? Sua família certamente irá se beneficiar muito de um banho de piscina aos finais de semana, entre outras formas de entretenimento.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Actualizado el