¡Únete!

¡Inscríbete gratis y recibe las mejores ofertas a través de "Territorio Ahorro"!

¡Suscríbete!

Vale a pena investir em um exaustor?

exaustor

O exaustor de cozinha é um item importante para se ter em casa, afinal, é útil em espaços como a cozinha por ser muito fechado e estar em contato constante com itens quentes e com odor.

Ou seja, o exaustor de cozinha é um eletrodoméstico muito utilizado para quem preza por manutenção de temperatura e limpeza do ar para a satisfação dos moradores de uma residência, ou colaboradores, no caso de empresas.

Além disso, é importante pesquisar e escolher um bom exaustor como qualquer outro equipamento da cozinha.

O texto a seguir traz uma série de informações importantes para você conhecer mais sobre esse eletrodoméstico, além de descobrir qual o tipo mais indicado para você. Acompanhe!

O que é e como funciona um exaustor de cozinha?

O exaustor de cozinha é um eletrodoméstico que tem a função de remover o mau cheiro da cozinha, causado por óleos, gorduras ou coisas queimadas.

Ele troca o ar quente do recinto fechado, jogando-o para fora e trazendo um ar "reciclado" através de um duto ligado ao lado de fora da casa, amenizando o mau cheiro e a temperatura da mesma.

Os exaustores são como enormes ventiladores, geralmente instalados no teto, mas também é comum vê-los nas paredes próximas ao fogão, que é a maior fonte de calor da cozinha.

Além disso, esse equipamento ajuda a deixar o ambiente em uma temperatura confortável para todos os que estão no espaço.

Principalmente para funcionários que precisam usar roupas quentes como uniforme de cozinha industrial próprio para a segurança, em caso de incêndio ou algum outro acidente.

É importante ressaltar, no entanto, que o tempo máximo indicado de uso de um exaustor de cozinha por dia é de 5 horas.

Diferença de exaustores e qual o melhor? 

Muita gente acha que exaustor de cozinha, depurador e coifa tem a mesma função. Apesar de terem uma finalidade parecida, eles têm suas diferenças, e a principal delas são suas instalações.

Como deu para entender até aqui, os exaustores são normalmente instalados no teto, perto dos fogões para ventilar o ambiente.

Já os depuradores são ideais para cozinhas onde não exista uma saída de ar, e as coifas, assim como os exaustores, são instalados no teto ou parede e requerem uma saída de ar.

A seguir, veja de maneira detalhada como esses aparelhos funcionam e quais as vantagens e desvantagens de cada um.

Exaustor 

Além de ser um item bem mais em conta que os seus concorrentes, o exaustor de cozinha é silencioso e discreto, podendo até dar um toque a mais na decoração desse espaço da casa.

Existem de vários tamanhos e tipos, e é comum serem comprados para combinar com persiana rolo para cozinha, tapetes e o restante dos eletrodomésticos.

Outra grande vantagem é a “reciclagem” do ar, que traz um conforto térmico muito maior e evitando a umidade do ambiente, já que faz com que as gotículas do ar se dissipem. Dentre as vantagens principais, podemos mencionar:

  • Baixo custo para adquirir;
  • Instalação econômica;
  • Ocupa pouco espaço;
  • Limpeza simples, apenas externa;
  • Renovação de ar.

Já nos pontos de desvantagens, podemos mencionar o preço de manutenção, bem como a potência média em relação aos outros tipos de exaustores.

Além disso, o aparelho demanda uma limpeza mais frequente e a instalação é complexa, uma vez que requer tubulação e uso de uniformes profissionais restaurante.

Depurador 

O depurador não precisa de uma saída de ar, uma vez que o seu próprio sistema de filtragem se encarrega de remover os odores, ainda que de forma menos eficiente das demais. Ele suga o ar em seu filtro interno, então é necessário trocá-lo periodicamente.

É um modelo útil para quem não pode fazer reformas muito grandes na estrutura do ambiente ou gostaria de uma instalação mais rápida. Também existem depuradores de vários tamanhos e tipos, sendo que suas principais vantagens são:

  • Fácil instalação; 
  • Bom para cozinhas pequenas;
  • Variedade de modelos;
  • É compacto.

No entanto, dentre os pontos a melhorar estão o maior acúmulo de gordura e limpeza complexa, principalmente da grade. Além disso, possui um alto custo de manutenção, mas sua potência é baixa em relação aos demais eletrodomésticos.

Por fim, o depurador só pode ser instalado na parede, excluindo maiores possibilidades de instalação.

Coifa

A coifa é o modelo mais completo entre os três, mas diferente do depurador, ela necessita de uma saída de ar para ser utilizada, pois joga o ar para fora e não tem um filtro próprio para reciclar o ar.

Assim como os exaustores, a coifa precisa de um ambiente pronto para reforma. São ideais para cozinhas no estilo americano de conceito aberto, então é mais indicada em espaços grandes como de restaurantes ou outros comércios alimentícios.

Como as outras, podem ser compradas para combinar com o fogão cooktop, mesa grande, armários planejados e prateleira de inox para padaria, restaurantes, escolas e residências. Suas vantagens são:

  • Potência superior aos demais;
  • Facilidade de limpeza;
  • Direcionamento melhor de água e gordura;
  • Renovação de ar.

Contudo, a coifa é um equipamento grande que demanda a instalação feita por um profissional, o que pode alterar a estrutura da casa e leva a um alto custo, sem contar o preço para manter.

Dicas para uma boa manutenção do exaustor 

Apesar de não terem filtros como os depuradores, é normal que o exaustor de cozinha acabe acumulando resíduos e gordura com o passar do tempo, o que vai reduzindo a sua eficiência e pode apresentar alguns riscos de saúde às pessoas que os utilizam.

Para cozinhas industriais, é recomendado que uma limpeza bimestral seja feita, lubrificando e tirando toda sujeira residual que possa existir nele.

Mas, tenha atenção, pois existem produtos específicos para a limpeza de exaustores e isso depende também dos materiais que eles foram feitos. Apesar disso, o bicarbonato é indicado por ser relativamente seguro na maioria das vezes.

Falando em segurança na hora da limpeza, é indicado usar luvas e máscaras para se proteger dos eventuais resíduos, que podem ser perigosos.

Vale lembrar que é importante fazer algum tipo de manutenção em qualquer item industrial que você tenha, seja em prateleiras de inox ou um bebedouro escolar.

Isso garante que os seus itens tenham uma durabilidade muito maior e superior a outros que não recebem essa manutenção periódica. 

Melhor exaustor para cada necessidade

Os exaustores são úteis em todos os tipos de cozinha, seja para uma residência, comércios como padarias e restaurantes, e assim por diante. Mas, para avaliar qual o melhor para a sua necessidade, é preciso conhecer as opções existentes. São elas:

1 - Exaustor integrável

São instalados dentro dos armários, geralmente embaixo daqueles onde ficam os fogões do tipo cooktop, com tubulações ligadas à parede.

Facilitam a saída da fumaça para o lado de fora, sendo uma ótima escolha para quem não pretende deixar o exaustor à vista.

2 - Exaustor chaminé

É o mais comum por auxiliar consideravelmente na ventilação e na purificação dos ambientes fechados, ajudando a evitar mofos, calor excessivo e odores ruins.

Por ser um equipamento grande que, para se ter uma ideia, é metade do tamanho de um lavador de gases para cozinha industrial, empresas como grandes restaurantes e padarias costumam utilizá-lo, pois é mais eficiente e mais rápido.

3 - Exaustor de chão 

Como o nome já diz, os exaustores desse tipo expelem a fumaça pelo chão. São os menos utilizados por serem para ambientes menores, como apartamentos, mas são muito úteis por serem práticos de utilizar e de limpar.

4 - Exaustor sem tubulação

É uma opção muito utilizada também por evitar alterar a estrutura da casa para a sua instalação, fazendo transferências de ares e odores como todos os outros tipos.

Seu diferencial é não fazer uso de tubulação, limpa o ar e o distribui sem necessidade de tubos.

Vantagens de investir em um exaustor de cozinha

Além de poder ser instalado em diversos lugares, como em uma ilha, teto, parede e até mesmo no chão, o exaustor de cozinha ajuda a manter o ambiente limpo e arejado.

Os exaustores possuem um design moderno e são ótimos objetos de decoração nas cozinhas e deixam o ambiente com um odor melhor.

Em hospitais, por exemplo, mesmo a coleta de lixo infectante e demais resíduos sendo feita regularmente, alguns odores podem acabar incomodando, e o exaustor elimina esses mau cheiros.

Podem ser feitos sob medida para sua cozinha, além de ter fácil implantação na maioria das vezes, e ajudam a ter mais qualidade de vida por evitar que gorduras e vapores pousem em cima de superfícies, deixando-as engorduradas e sujas.

Vale lembrar também que o exaustor de cozinha ajuda a manter o bom estado dos outros equipamentos dos locais, como, fogões, utensílios, balcões e mesas, e até equipamentos da empresa, como relógio de ponto digital com comprovante.

Considerações finais

Exaustores têm uma alta durabilidade quando são cuidados de maneira correta, mantendo sua manutenção periódica em dia, higienizando e desinfetando com os produtos corretos, para o tipo de material que ele foi feito.

Seu uso irá beneficiar qualquer cozinha, seja ela grande ou pequena, e trará mais qualidade de vida para as pessoas e mais satisfação para os moradores.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Actualizado el