8 dicas para aplicação de papéis de parede

apéis de parede

O papel de parede é um material usado há muito anos em países como os Estados Unidos, mas que tem se destacado cada vez mais no Brasil.

Quem deseja sair do comum ou das pinturas padrões, encontra nessa opção uma maneira muito mais simples, rápida e moderna de mudar as paredes, além de ser muito mais limpa também.

É exatamente por isso que o papel de parede é tão recomendado para quem está apenas querendo mudar um pouco o cômodo, sem que para isso precise passar por todo o transtorno de uma pintura nova.

Se você está construindo, também vale a pena verificar as possibilidades de papel de parede, e ter mais exclusividade dentro de casa.

O mesmo conselho se aplica a você, que está reformando, e gostaria de fazer uma coisa diferente. Além de ser um produto prático, o papel de parede também é muito versátil.

Ele pode ser instalado em qualquer cômodo e podemos encontrá-lo nas mais diferentes cores e estampas.

Em vista de tantas facilidades, neste artigo, vamos mostrar as principais dúvidas ao instalar papel de parede, tipos que podem ser encontrados e como aplicar. 

Dúvidas ao instalar papel de parede

Quando você vai comprar papel de parede, a impressão é de que as dúvidas se limitam a cor, tipo e modelo de estampa, mas não é verdade.

Muitos questionamentos podem surgir, por exemplo, em relação ao local onde o papel pode ser aplicado. Uma dúvida muito comum é se ele pode ser instalado na parede onde fica a cabeceira da cama.

Isso pode ser feito, mas ao contrário do papel que vai na parede de bloco de gesso que divide o quarto, ele terá bastante contato com o móvel ou com o corpo de quem dorme (caso não tenha cabeceira).

Consequentemente, será necessário limpá-lo mais vezes, sendo assim, é indicado o uso de papel vinílico, que pode ser higienizado com um pouco de água e sabão neutro.

Outra dúvida está relacionada aos móveis que ficam pregados na parede, como no caso de prateleiras, estantes e armários. O ideal é que a mobília seja instalada primeiro, para depois instalar o papel.

Muitas pessoas também se questionam se devem combinar o papel de parede com seus móveis. Pense bem, se você escolher um modelo de estampas coloridas, é melhor optar por móveis mais claros.

Se o papel for neutro, então o morador terá mais liberdade quanto à cor da mobília. Independentemente de qual seja a sua escolha, é importante investir em uma boa composição de luz.

É por meio dela que você cria o clima do ambiente e favorece tanto as paredes quanto os móveis. Outra dúvida bastante comum é em relação à cor usada em determinados cômodos, como no caso dos dormitórios.

Assim como na hora de escolher uma luminaria de teto, é necessário ter discernimento na hora de aplicar algumas cores nos quartos. Você não vai, por exemplo, pendurar um lustre de sala no quarto do bebê.

Se o quarto for infantil, o ambiente pode ficar mais alegre com cores vivas, como laranja, verde, azul ou rosa. Também é possível combinar várias estampas, desde que o tom predominante se repita em outras padronagens.

Outra dúvida muito comum é se podemos usar o mesmo papel de parede no imóvel todo. 

Na verdade, essa opção é recomendável, visto que traz mais uniformidade para a residência. 

Dentre os cômodos que podem receber o mesmo papel estão:

  • Sala de estar;
  • Sala de jantar;
  • Hall de entrada;
  • Corredor;
  • Quartos.

Entretanto, caso você queira aplicar o mesmo papel em todos os cômodos, além de precisar combinar com a cortina de quarto sob medida, é importante que ele tenha tons e estampas mais amenos, mas não sobrecarregue o imóvel.

Algumas pessoas também perguntam se esse material pode revestir as áreas externas, como jardins e fachadas.

É importante lembrar que estamos falando de um tipo de papel, sendo assim, por mais resistente que seja, ele não lida bem com umidade. 

Dessa forma, também pode ser danificado em ambientes úmidos como a cozinha e o banheiro.

Quem pretende aplicar apenas em uma parede do cômodo precisa se atentar à escolha. Por exemplo, nos quartos, o ideal é que ele seja aplicado na parede da cama.

Tipos de papel de parede

Hoje em dia, temos muitas opções modernas para construções e reformas, como no caso de colocacao de drywall na parede.

Os papéis para revestimentos também evoluíram muito ao longo do tempo, e hoje podemos encontrar diferentes tipos. 

Um deles é o tradicional, mais encontrado no mercado e que tem sua composição à base de celulose. É indicado para uso residencial e bastante comum em quartos, salas e lavabos. 

Portanto, estamos falando de um revestimento mais apropriado para decoração de interiores, com durabilidade de até anos.

Também temos o tradicional digital, que possui as mesmas características técnicas do papel de parede tradicional, mas com uma variedade maior de estampas.

É ideal para qualquer tamanho de triagem, evita desperdícios e pode ser personalizado para criar projetos exclusivos.

Outro tipo bastante procurado é o papel adesivo, comumente usado para comunicação visual. Sua composição é à base de PVC - vinil ou poliéster, sendo mais prático por conta de suas características autocolantes.

Um tipo bastante popular atualmente é o vinílico, que ao contrário do papel com digitalizacao 3D, consiste em uma camada de suporte e um revestimento superior feito de plástico.

Dentre suas vantagens está o fato de que ele pode ser lavado ou limpo com escova. 

Também é bastante resistente à luz e durável, sendo assim, pode ser aplicado em ambientes com maior circulação de pessoas, inclusive em locais públicos.

Por conta de seu revestimento de plástico, ele não absorve a água, evitando que ela entre em contato com a parede.

Por fim, temos o papel flocado, o mica e os naturais, que possuem uma camada superior texturizada. 

Apesar de serem duráveis, exigem manutenção mais cuidadosa, visto que são dos tipos mais delicados do mercado.

Como colocar papel de parede

Para aplicar papel de parede 3D ou qualquer outro tipo, é necessário seguir um passo a passo, como o descrito abaixo:

1.    Medir a parede

Meça a parede considerando sua altura e largura. Comece pelo rodapé e vá até o teto ou a altura que deseja instalar. 

Não se esqueça de considerar as medidas de janelas e tomadas.

2.    Limpar a superfície

A limpeza e preparação devem ser feitas uma semana antes. Use massa acrílica para reparar imperfeições e pinte as paredes de maneira uniforme. 

Quando estiver seca, limpe com pano úmido para remover o pó.

3.    Corte o papel

O rolo possui largura fixa, mas deve ser cortado de acordo com o comprimento da superfície. Cada faixa deve ter 10 cm de folga para garantir o encaixe correto.

4.    Aplicar a cola

Antes de aplicar a cola, proteja móveis, tapete para sala e outros elementos com plástico ou lona. 

Espalhe a cola sobre o papel, aguarde de 2 a 5 minutos e passe cola novamente usando um rolo de pintura, para que fique uniforme.

5. Aplicar o papel de parede

Inicie a aplicação pela parte superior, encaixando nos cantos e ajeite com as mãos para posicioná-lo. Use uma escova e faça movimentos de dentro para fora para assentar o produto. 

Depois, pressione as emendas para que não se levantem.  

6.    Cortar as dobras

Para retirar as sobras dos cantos, encoste a espátula e passe o estilete devagar, para que o resultado seja completamente uniforme.

7.    Recortar tomadas e interruptores

Desparafuse os espelhos de tomadas e interruptores e faça um recorte com estilete durante a instalação. 

Assim que o papel encontrar os locais de obstáculo, corte para garantir a melhor fixação. Os espelhos podem ser recolocados após 1 hora.

8.    Alisar a emendas

Por fim, com uma esponja úmida, alise as emendas para retirar excessos de cola, evitando, assim, que eles manchem o papel.

Conclusão

O papel de parede é um tipo de revestimento muito versátil, que podemos encontrar em diferentes cores e estampas. 

Sendo assim, ele combina com todos os itens da mobília, como a cortina modelo wave, deixando sua casa muito mais bonita.

Como vimos, não é difícil instalar o produto, entretanto, se você tiver alguma dúvida, pode contar com a ajuda de um profissional. 

Dessa forma, você evita desperdícios ou que o resultado não fique como o esperado.

Neste artigo, você conheceu um pouco mais sobre os papéis de parede e o quanto eles valorizam o seu lar. 

Com as dicas que demos aqui, o processo de instalação será simples e o resultado surpreendente.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Actualizado el