6 tipos de banheiras para se tem em casa

banheiras

O momento de construção ou reforma de uma casa constitui uma etapa importante para a melhoria da qualidade de vida de seus moradores, preocupados em realizar concertos e implementar itens que tornem a experiência mais agradável, como instalar banheiras.

O banheiro é considerado um dos mais fundamentais espaços de uma casa, anteriormente designado à higiene básica e atualmente equipado para ser um ambiente aconchegante e gracioso, contendo opções de limpeza e tratamento do corpo. 

Um banho demorado após um dia estressante é capaz de renovar as energias de qualquer indivíduo. 

Em tempos quentes e frios, as duchas com jatos de alta pressão são as alternativas mais empregadas em função da ocupação de pequenos espaços. 

No entanto, incluir uma banheira em seu toalete pessoal ainda é um sonho de muitos. 

A baixa frequência de instalação deste objeto deve-se às angústias quanto ao espaço disponível, a manutenção necessária e o volume de água gasto em cada banho. 

Em tempos modernos, o morador de casas ou apartamentos investe cada vez mais no conforto de sua residência.

Visto que trata-se do local onde passará a maior parte do seu tempo, a casa ganhou sentido de refúgio, uma válvula de escape diante das aflições. 

Um hábito que está ficando no passado é o investimento em áreas de convivência como salas de estar, varandas e quartos combinado à negligência com banheiros e cozinhas. 

A popularização da suíte exerce um grande papel nesta mudança. 

A suíte costumava ser uma comodidade para os mais abastados, ganhando aos poucos o gosto e o espaço no bolso de todas as classes sociais. 

Configura-se como um banheiro privativo, localizado dentro do maior quarto da casa, com acesso direto ao closet. 

O fator de reclusão das suítes aproximou o banheiro da área de convivência, provocando no morador uma necessidade maior de transformá-lo em um espaço acolhedor. 

As novas tecnologias de vazão hídrica e projetos de design para o banheiro viabilizaram a tendência.

Aos poucos, as banheiras retornaram aos holofotes como uma opção possível e até imperativa especialmente para locais frios. 

Sendo assim, o sonho do banho relaxante dos filmes aproxima-se da realidade. 

Fazendo a seleção da banheira certa

O mercado da arquitetura para ambientes residenciais encontrou recentemente mais um desafio: adaptar-se a pequenos espaços. 

A moradia em pequenos lotes de apartamentos se tornou uma prática comum dentro das metrópoles, com cada metro quadrado disputado. 

No contexto das grandes capitais, as regiões de centro são imensamente valorizadas e concentram a maior parte das minúsculas unidades habitacionais. 

Essas residências são cobiçadas não apenas por locadores, mas por arquitetos que desejam exibir seu trabalho. 

Isto pois a arquitetura surge como uma solução que unifica beleza e funcionalidade. 

O valor de um arquiteto é percebido por sua capacidade de adaptar-se aos diversos tipos de espaços e construir um ambiente agradável e prático a partir deles. 

Tendo essas questões em vista, as opções de banheiras se multiplicam seguindo a demanda por praticidade e economia. 

Atualmente, são divididas entre 6 principais tipos, cada um contendo suas variações em termos de materiais e estampas. São elas: 

  • Banheira freestanding;
  • Banheira vitoriana;
  • Banheira embutida;
  • Banheira de canto;
  • Banheira de hidromassagem;
  • Ofurô. 

Cada modelo é composto por técnicas de instalação diferentes, uso de diversos materiais para construção e acabamento, formatos e dimensões. 

Podendo ser incluídas em projetos extensos ou adaptações de box de banheiro de vidro

  1. Banheira freestanding

Alguns termos são melhor definidos quando se traduz suas nomenclaturas para o idioma matriz do interlocutor. 

O termo “freestanding” é uma justaposição de duas palavras: “free” que significa livre e “standing” que em tradução literal é o ato de estar de pé. 

A categoria freestanding, portanto, engloba todos os estilos de banheiras que podem ser mantidas de pé sem o auxílio de paredes ou estruturas de apoio. 

Representando um dos tipos mais conhecidos, é farta em variações de formatos e materiais usados. 

O tipo mais produzido de banheira freestanding são as banheiras retangulares ou circulares fabricadas em porcelana no estilo mais clássico e clean

Outras banheiras da categoria são feitas com madeira tratada, mármore e outras pedras, podendo assumir um estilo rústico.

  1. Banheira vitoriana

Podendo ser configurada como uma subcategoria da banheira freestanding, a característica mais singular da banheira vitoriana é sua estética vintage por meio de seus quatro pés esculpidos na base da bacia. Por isso, é também chamada de banheira com pés. 

A banheira vitoriana é uma pioneira na abordagem decorativa dos banheiros.

Objeto de decoração e deleite em residências de nobres e membros da realeza no século XIX, durante o período monárquico referido como era vitoriana, de onde se deriva o nome. 

A banheira vitoriana compõe um ambiente clássico e elegante, especialmente se mesclada a elementos contemporâneos como um espelho decorativo grande em formatos geométricos. Está presente em projetos assinados por grandes designers mundialmente.

Característica das banheiras vitorianas que foi incorporada aos demais estilos de banheira freestanding, sua bacia é mais alta em comparação a outros modelos, permitindo a máxima experiência no banho de imersão. 

  1. Banheira embutida

Um dos modelos mais aplicados nos projetos mais recentes, a palavra de ordem da banheira embutida é a otimização do uso de espaço. 

Variando em formatos e tamanhos, a banheira embutida está entre as melhores opções para pequenos ambientes. 

Um facilitador na instalação de acessórios como aquecedor para torneira, a banheira embutida pode ser a solução mais barata em especial para aqueles que estão em fase de construção da casa, podendo esta ser incluída no projeto original. 

Como seu nome indica, este modelo de banheira é acoplada ao box, podendo ser instalada logo abaixo do chuveiro ou em uma posição lateral, permitindo a separação entre espaço para ducha e espaço para um banho de imersão. 

  1. Banheira de canto

Assim como a banheira embutida, a banheira de canto é construída sob medida, em unidades exclusivas que se encaixam no ambiente para o qual foi projetada. 

Sua diferença principal da categoria anterior é o seu posicionamento na quina do cômodo. 

Trabalhar com uma banheira de canto pode salvar espaços mal utilizados, desde que cuidados com a segurança e viabilização de área molhada, como impermeabilização de paredes internas, sejam aplicados corretamente.  

Portanto, sua instalação depende de um profissional especializado.

Deste modo, as dimensões mínimas para sua fabricação podem ser calculadas, considerando o uso final do equipamento. 

As banheiras de canto costumam apresentar uma otimização maior de espaço interno, podendo parecer menores por fora, porém, extensas por dentro. 

A razão disso é seu formato, que varia entre cone, triângulo e hexágonos. 

  1. Banheira de hidromassagem

Uma das mais populares e requisitadas, a banheira de hidromassagem se diferencia de todas as demais por seus jatos de água e ar inseridos nas paredes da bacia. 

Associada a benefícios físicos e mentais, é considerada um artigo de luxo. 

A banheira de hidromassagem costuma ser larga e retangular, podendo ser encontrada em outros formatos. 

Seus jatos podem liberar água em efeitos espirais e pulsantes, em jatos diretos ou produzir bolhas de ar com ação terapêutica. 

Presente em muitos anúncios de banheira hidro completa, sendo critério amplamente procurado em hotéis e pousadas, seus jatos são possíveis através de uma bomba movida por energia elétrica. Portanto, um aumento no consumo de eletricidade deve ser observado.

  1. Ofurô

De origem japonesa, o ofurô é uma banheira com camadas que permitem que ela seja mais profunda que uma banheira comum, permitindo a imersão até os ombros mesmo em pessoas de alta estatura. Sua composição mais tradicional é de madeira. 

Um espaço para ofurô pode ser delimitado das demais áreas do espaço de banho por meio de uma divisoria com granilite para banheiro, reservando o ambiente para uma sessão relaxante. 

O acréscimo de ervas e fragrâncias com ação terapêutica é comum no ofurô. 

A água é aquecida por meio de ebulidores elétricos ou aquecedores à gás, sendo suas versões mais modernas fabricadas para exceder o número máximo de pessoas de 2 para até dez, transformando a sessão de ofurô em um evento social. 

Cuidados com a banheira

A introdução de um item extra na composição dos ambientes da casa exige cuidados adicionais.

Apesar de ser uma peça com baixo custo de manutenção, cada material e tipo demanda atenção especial. 

As banheiras podem ser fabricadas de porcelana, acrílico, madeira, mármore e fibra de vidro, contendo sistemas manuais ou automáticos de enchimento e aquecimento da água, compostos por estruturas distintas. 

Apesar da presença de recomendações específicas, os cuidados na manutenção da higiene e segurança das banheiras no dia a dia são comuns a todos os modelos supracitados, fundamentais para a prevenção de problemas futuros: 

  • Evitar uso de produtos abrasivos na limpeza;
  • Intervalo de uso menor que 90 dias; 
  • Instalar acessórios que previnam escorregões no piso; 
  • Uso de fragrâncias e produtos recomendados no banho.

A superfície das banheiras pode ser delicada o bastante para se deteriorar com uso de líquidos de poder corrosivo, como águas sanitárias e ácidos. 

A maior parte das banheiras recomendam o uso de detergente neutro para a limpeza. 

Um adesivo jateado para box, o uso de tapetes pesados, pisos antiderrapantes e ganchos podem prevenir a ocorrência de quedas causadas pelo chão molhado. 

O uso constante da banheira dentro das recomendações pode prevenir o mau funcionamento do motor. 

Conclusão

Sendo assim, a ideia de aproveitar uma longa sessão de banhos de imersão enquanto contempla paisagens estampadas em uma janela de vidro para banheiro é uma experiência desejada por muitas pessoas. 

A popularidade das banheiras é um indício de que sua beleza, elegância e benefícios estão cada vez mais integradas à praticidade da vida urbana. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Actualizado el