6 curiosidades sobre divisórias

divisórias

As divisórias de ambientes são muito importantes para a organização do espaço e para dividi-los, de maneira que se tornem mais práticos e funcionais no dia a dia.

Quem compra um imóvel pronto, por mais que goste dele, pode ser que tenha a necessidade de melhorar sua divisão.

Por exemplo, uma sala muito grande pode ser dividida em dois espaços, para que seja usada como sala de TV e sala de jantar. 

Só que pensar na possibilidade de reforma chega a ser muito desgastante para algumas pessoas.

De fato, construir uma parede leva muito tempo, demanda investimento e faz sujeira, o que faz com que muitas pessoas pensem duas vezes antes de investir.

Além disso, pode ser que, no futuro, você queira mudar a cara do ambiente e uma parede construída pode atrapalhar essa mudança.

Não podemos nos esquecer de que muitos imóveis modernos estão sendo construídos com espaços integrados, e se você for construir paredes, além do orçamento ficar apertado, ainda corre o risco de prejudicar a estética do projeto.

As divisórias são uma solução, por isso, vamos explicar sua utilidade nos ambientes, quais são os principais tipos de divisórias e algumas curiosidades sobre elas.

Como as divisórias podem ser utilizadas?

Existem várias possibilidades de utilizar as divisórias, tendo em vista que podemos encontrar diferentes modelos no mercado. 

Nós vamos mostrar alguns deles mais à frente, por hora, no que diz respeito ao uso desse material, ele pode ser feito de várias formas.

As divisórias em drywall pequenas, por exemplo, podem ser usadas para dividir a cozinha e a sala de estar, ao mesmo tempo em que mantém uma integração entre os dois ambientes.

Outra possibilidade é dividir a sala de estar da sala de TV, e para isso, você pode usar diferentes tipos de divisória.

Para quem tem varanda grande, esse material também pode ser usado para organizar melhor o espaço. 

Por exemplo, você pode dividir o local, para que de um lado fique a churrasqueira gourmet e do outro um cantinho confortável para leitura.

A parede do banheiro também pode ser substituída por uma divisória, o que traz um aspecto mais moderno para o ambiente.

A cozinha também é um espaço que fica muito bem com esse tipo de material. Se ela for integrada à área de serviço, você pode utilizar a divisória para separar esses dois locais.

Além de os ambientes ficarem mais funcionais, você também consegue esconder a bagunça comum da lavanderia. 

Para não prejudicar a iluminação da cozinha, você pode utilizar uma divisória com porta de correr ou vazada.

Todas essas ideias podem ser colocadas em prática com diferentes tipos de divisórias. No próximo tópico, vamos falar sobre alguns que você pode encontrar no mercado. 

Tipos de divisórias que podemos encontrar no mercado

Todos os itens de uma construção farão parte da decoração, por isso, é importante pensar com carinho em cada um deles, o que inclui as divisórias. 

Dentre os principais tipos que podemos encontrar estão:

Divisória de madeira

Esse modelo é um dos mais utilizados, tendo em vista que a madeira é versátil e pode ser trabalhada em diversos formatos e desenhos.

Para as pessoas que gostam de uma decoração mais confortável ou rústica, esse material é mais indicado e traz benefícios como:

  • Valorização do imóvel;
  • Durabilidade;
  • Conforto térmico;
  • Conforto acústico.

A divisória de madeira pode ser aplicada em diferentes ambientes, como na sala e nos quartos, e pode assumir um design mais moderno, rústico ou clássico.

Divisória de vidro

O vidro é um material bastante versátil e pode ser incluído na decoração como divisória. 

Por meio dele, é possível transmitir elegância, valorizar a entrada de luz natural e ao mesmo tempo garantir a privacidade do ambiente.

Uma divisória vidro temperado pode ser transparente, jateada ou fumê. A instalação pode ser feita por meio de placas de vidro, onde formato de porta de vidro deixa o ambiente muito mais bonito e sofisticado.

Biombos

O biombo também é um tipo de divisória e faz parte da cultura japonesa. 

Esse produto foi criado com a intenção de proteger os cômodos das correntes de ar, com o passar do tempo, ele foi modificado e se tornou peça fundamental da decoração.

É uma opção mais simples e barata, mas que pode ser utilizada em diferentes espaços. 

Você pode separar a cozinha da sala, um quarto muito grande e ele é perfeito para imóveis pequenos.

Divisória de drywall

O drywall é um material feito de gesso que é fixado com aço galvanizado. Geralmente, é mais utilizado em locais com espaço, pois formam uma estrutura mais larga.

Você também pode encontrar peças com nichos abertos para enriquecer ainda mais a decoração. É muito melhor utilizar esse tipo de item do que construir uma parede.

Se você conversar com um especialista em divisórias, saberá que sua instalação não emite resíduos como no caso da construção. Além disso, ela pode ser retirada futuramente sem prejudicar a estrutura do projeto.

Por essa razão, é muito comum vermos divisórias em apartamentos integrados, escritórios, empresas e escolas.

Divisória de MDF

MDF é uma placa de fibra produzida em chapas, porém, ele é menos resistente do que a madeira. 

Por outro lado, possui valor mais acessível e está presente em diversos tipos de decoração.

Mesmo sendo um material mais frágil, é perfeitamente possível utilizar a divisória de MDF de diversas formas. 

Portanto, você pode combiná-la com outros itens do projeto feito por uma empresa de gesso e com as mobílias dos cômodos.

Divisória de cobogó

O cobogó é um tipo de divisória criada em Pernambuco, entre as décadas de 1920 e 1930. 

Seu estilo vazado traz um design diferente para decoração, permitindo a entrada de luz, além de ser encontrado em várias cores e formatos.

Você pode utilizá-lo em diferentes cômodos e ele vai garantir um visual charmoso, ao mesmo tempo em que mantenha a simplicidade e a elegância.

Dos ambientes mais adequados para esse tipo de divisória está a varanda, além de também ser perfeita para separar a cozinha da lavanderia.

Além de ser um material muito versátil, existem algumas curiosidades sobre as divisórias, veja mais sobre elas a seguir.

Curiosidades sobre o item

As divisórias também são itens muito curiosos quando o assunto é construção ou decoração. Dentre suas curiosidades temos:

1.    Resistência

Além de combinar com o teto de gesso para sala, a divisória é um item muito curioso da construção e decoração. Ela é muito comum nos Estados Unidos, principalmente, a opção em drywall.

Nesse caso, cada ponto de apoio da placa consegue suportar 30 kg, mas com um pouco de reforço pode suportar até 50 kg.

2.    Facilita a decoração

As opções vazadas podem ser decoradas com objetos, como livros, esculturas, vasos de planta e até transmitir uma ideia geek com um videogame antigo.

Você não precisa, necessariamente, comprar uma divisória pronta, pois uma das maiores curiosidades desse item é que ele pode ser feito por uma estante ou até mesmo uma cortina.

3.    Leveza e durabilidade

Os diferentes materiais que podem ser usados em sua fabricação são muito mais leves do que o tijolo, o que evita sobrecarregar a estrutura e tornar os espaços mais modernos e confortáveis.

Tanto uma placa de gesso acartonado, quanto um biombo ou um cobogó são muito simples de instalar e não emitem sujeira como uma construção de uma parede, e toda essa facilidade também resulta em preço baixo.

4.    Personalizável

Outra curiosidade é que você pode encontrar divisórias de superfície lisa que podem receber outros tipos de pintura, colagem de pastilhas e até papel de parede.

5.    Conforto acústico

Dependendo do material, a divisória também ajuda a reduzir os ruídos do ambiente, por essa razão, diferentes tipos vêm sendo utilizados por empresas e escritórios.

No caso das residências, esse item também é recomendado para os quartos, principalmente o quarto do bebê, já que é uma forma simples e barata de melhorar a sonorização de ambiente.

6. Necessita mão de obra

Se você optar por uma divisória de drywall, apesar de sua simples instalação, é necessário contar com mão de obra especializada.

Pois, dessa forma, o processo é muito mais rápido e ainda te ajuda a economizar no metro quadrado.

Conclusão

Portanto, as divisórias são soluções inteligentes para o seu projeto porque você pode encontrar o tipo ideal, que vai valorizar o imóvel e sua decoração.

Diversos tipos e modelos estão disponíveis no mercado, fabricados de materiais diferentes, de modo que você atenda às suas expectativas.

Neste artigo, você conheceu alguns dos principais exemplos e algumas curiosidades deste item tão simples, mas tão importante para a sua casa.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Actualizado el