Conheça as 5 melhores praias do Rio de Janeiro

rio janeiro

O estado do Rio de Janeiro, situado na região Sudeste do país, possui alguns dos mais celebrados cartões postais da América Latina e do Hemisfério Sul, sobretudo por seu caráter litorâneo e sua extensa coleção de praias e destinos turísticos.

Entre elas, destacam-se os endereços paradisíacos de Cabo frio, Paraty, Búzios e Angra dos Reis, além da capital homônima, a segunda maior metrópole do Brasil, depois de São Paulo.

À vista disso, selecionamos as melhores praias do Rio de Janeiro, para cada um dos cinco municípios. Consideramos, para além de suas belas paisagens, opções de passeios e curiosidades históricas.

1. Praia do Forte, Cabo Frio

Praia do Forte é a mais popular do município, divide a faixa de areia com a Praia das Dunas e é considerada uma das melhores do mundo para a prática da vela. O Forte São Mateus, construído no século XVII, é uma de suas principais atrações.

Paralela à Avenida Litorânea, está a poucos minutos de distância do Centro da cidade e conta com diversos pontos de comércio, quiosques, praças e feira de artesanato.

Dessa maneira, visitantes e moradores estão expostos, ao mesmo tempo, a paisagens impressionantes e às facilidades de um meio urbano. Para além da Praia do Forte, o município acomoda também algumas das melhores praias do Rio de Janeiro.

Palco de importantes eventos históricos, como a chamada Guerra de Cabo Frio, que teve como objetivo acabar com o domínio francês na região. A cidade de Cabo Frio já recebeu também a visita imperial de Dom Pedro II e abrigou importantes quilombos.

2. Praia de Antigos, Paraty

As praias de Antigos e Antiguinhos, no município de Paraty, são duas das melhores praias do Brasil, segundo o Guia Quatro Rodas, de 2009.

O acesso a esses pontos paradisíacos, no entanto, é limitado, uma vez que não entram veículos no local. Os barcos, saindo do bairro de Laranjeiras, ou as trilhas, a partir da Praia do Sono, são as principais opções de acesso.

Mas o esforço vale a pena: mantidas em áreas de preservação, as praias são rodeadas por montanhas e porções de mata atlântica, com boas ondas para a prática do surfe, água morna e cristalina e areia fofa. Além de belos riachos de água doce.

Entre os pontos históricos da cidade, destaca-se a Igreja de Santa Rita de Cássia, construída em 1722, no Brasil Colônia, quando as igrejas ainda atendiam critérios de classe e etnia.

3. Praia Azeda, Búzios

As praias de Búzios, Azeda e Azedinha, são conhecidas principalmente por suas águas claras e esverdeadas, como um limão azedinho. Apesar do tamanho reduzido, são bastante populares por sua beleza.

Para chegar até a Azeda é preciso caminhar pela Orla Bardot, nomeada após visita da atriz francesa Brigitte Bardot, em 1964, seguindo pela Praia dos Ossos, nome relacionado à atividade de caça a baleias, no século XVIII. A uma trilha de distância, encontra-se a Praia Azedinha.

Búzios é uma península com 23 praias, com destaque para Geribá, Tucuns, Ferradura, Ferradurinha, João Fernandes e Armação, além da Olho-de-boi, reservada para os naturistas.

Sobre a visita de Brigitte Bardot, acredita-se que tenha alavancado o turismo de toda a cidade, tamanha a cobertura da imprensa mundial. A casa em que passou o Natal, na Rua das Pedras, é hoje pousada e ponto turístico de Búzios.

4 . Praia de Lopes Mendes, Angra dos Reis

Localizada na Ilha Grande, que integra o município de Angra dos Reis, a Praia Lopes Mendes já foi eleita pelo site Trip Advisor, em 2016, a sétima melhor praia do mundo e a melhor do Brasil fora do Nordeste.

O acesso é feito por balsa, por barco ou por trilha, e a caminhada é intensa. Todo o trajeto é recompensado, no entanto, por suas águas cristalinas com diferentes tons de azul, além da areia branquinha e fina.

A praia é usada por banhistas, apesar das agitadas ondas que atraem muitos surfistas. Sua área é delimitada por uma rica vegetação.

Angra dos Reis é reconhecida, também, pelo presídio para onde foi enviado Graciliano Ramos, durante o período ditatorial que se deu entre 1937 e 1945, fato que se tornou público após a publicação de sua obra, “Memórias do Cárcere”, em 1953.

5. Prainha, Rio de Janeiro

A capital do Rio é conhecida por seus pontos turísticos e por suas numerosas praias, como Ipanema, Copacabana e Arpoador, que se tornaram personagens recorrentes das telenovelas da Rede Globo.

Já a Prainha, que recebeu o nome em homenagem aos seus 150 metros de extensão, é menos conhecida. Localiza-se na Zona Oeste do Rio de Janeiro, depois da região do Recreio dos Bandeirantes.

Suas ondas são disputadas por dezenas de surfistas e por ávidos turistas que buscam aproveitar de seu mar azulado. Além disso, é rodeada por enormes morros de mata atlântica, que compõem a paisagem.

O acesso à praia pode ser feito por carro, embora os espaços para estacionar sejam limitados. O popular restaurante Mirante da Prainha oferece mesas ao ar livre e uma bela vista para a praia.

Agora que você já conhece os principais atributos das cinco melhores praias do Rio de Janeiro, só resta escolher uma delas para o seu destino de férias ou, quem sabe, uma mudança mais permanente (nesse caso você vai precisar desse site: Ei Imóvel)

Actualizado el