Compra de imóveis: 5 hábitos que podem mudar devido ao Coronavírus

impoexpansao

p>A chegada do Coronavírus veio mudar a nossa vida, e não nos referimos apenas ao facto de termos conhecido um confinamento ou pela situação de andarmos de máscara no nosso dia a dia. A pandemia afectou todos os setores e o do imobiliário não escapou e obrigou-nos a estar mais tempo em casa e por isso permitiu-nos analisar com mais atenção coisas que antes eram pouco importantes na nossa casa.

 

Casas com espaço exteriores maiores ou divisões com certas dimensões, podem ser, segundo estudos, factores chave e determinantes na hora de se decidir comprar uma casa.

As coisas estão mudar e as exigências dos compradores também podem vir a ser diferentes. Neste artigo saiba que possibilidades de novas formas de procurar casas passará o setor imobiliário.

Espaços com acesso ao exterior

Estando obrigados a estar em casa é normal que se passe a valorizar mais uma varanda, um quintal ou um jardim. É provável que a procura de imóveis com estas característica aumente. Demos conta do importante que é poder desfrutar do ar livre sem ter que sair de casa.

Um espaço para teletrabalhar

A actividade económica tem de continuar, e a forma que temos de fazer com que continue é trabalhar em casa. Muitos empregados tiveram de adaptar alguns espaços como a sala ou até o quarto, para “construir” um escritório improvisado. Se a tendência se mantiver, muito possivelmente na hora de comprar casa, este será um fator muito importante: ter um espaço individual para realizar o teletrabalho, e manter assim a produtividade.

Quartos de maiores dimensões

O encerramento dos ginásios obrigou-nos a treinar em casa, mas nem sempre há espaço suficiente. É possível que o comprador comece a procurar casas com divisões maiores para poder seguir planos de treino sem obstáculos. Também se prevê que se opte por cozinhas mais amplas e funcionais a nível de armazenamento e preparação de alimentos.

Visitas virtuais

Os promotores estão a realizar um grande esforço por fazer chegar as suas inovações a todos os interessados através da experiência 360°. Este tipo de tours vão normalizar-se, pelo que será muito mais fácil imaginarmo-nos a viver na casa que vamos comprar e não ter que fazer um grande exercício de abstração partindo de uns simples planos.

Assinatura digital

Ainda que a assinatura de escrituras e hipotecas continuem a exigir, por lei, a nossa presença perante o notário, existem vários documentos quem podemos dar o nosso consentimento sem ser necessário que nos desloquemos. Alguns destes trâmites são, por exemplo, os contratos de promessa ou pré-reserva, que têm podem ter validez legal sem necessário que haja um encontro pessoal.

Estas são algumas das mudanças que podem já estar a ocorrer tendo em conta que é provável que haja outro confinamento, e o conforto para passar esta fase é primordial.

Se pensa adquirir um imóvel do seu agrado e que faça frente a qualquer situação, saiba que pode contar com a Imoexpansão, uma imobiliária que já está no mercado da Figueira da Foz desde 1992, e que dispõe de uma carteira de profissionais competentes e experientes, disponíveis para o ajudar e para aconselhar na sua escolha. Contacte-nos!

Actualizado el