5 dicas para manter a sua piscina sempre limpa

piscina

Piscina limpa é sinônimo de saúde e qualidade da água. Portanto, quando falamos em manter a piscina com a água sempre límpida e bem tratada, não falamos apenas por higiene, mas também por questões de saúde.

O Brasil é um país quente, por isso, é comum que em diversas residências haja uma piscina. Existem de diversos tipos de materiais, sendo as de concreto, alvenaria, fibra de vidro, entre outros.

Cada um se encaixa a uma necessidade ou possibilidade diferentes, mas independentemente de qual modelo de piscina você tenha em casa, é necessário cuidar sempre bem dela.

Além de ter essa parte da casa mais limpa e conservada, ela estará pronta a qualquer momento para quando você quiser dar um mergulho, sem correr nenhum tipo de risco.

Apesar de toda essa importância, muitas pessoas ainda não entenderam a necessidade da limpeza das piscinas e podem continuar negligenciando esse cuidado.

Só que as consequências dessa falta de zelo pode levar a consequências ainda mais graves, como um potencial foco de dengue, devido a água permanecer suja e parada por muito tempo.

Para evitar problemas como esse, vamos falar sobre a importância da limpeza de piscina, dar algumas dicas para fazer isso e com que frequência deve ser feito. Acompanhe!

Importância da limpeza de sua piscina

O verão é uma época que sempre pede por uma boa piscina e um mergulho. Aliás, no Brasil, é verão praticamente o ano todo. Por isso, quem tem piscina em casa precisa correr para tratá-la o quanto antes.

Isso porque, além de uma boa iluminação para borda de piscina, fazer a limpeza corretamente pode trazer muitos dias de diversão e benefícios para a saúde. Para você entender melhor, alguns dos benefícios são:

  • Evita o desperdício de água;
  • Auxilia na prevenção de doenças;
  • É fácil de fazer;
  • Economiza gastos.

A limpeza, além de deixar a piscina sempre pronta para uso, também é uma atitude sustentável, o que ajuda a poupar na conta de água no final do mês.

Em uma residência com 4 pessoas, por exemplo, o gasto médio com água é de 22 metros cúbicos por mês. Se uma piscina eleva esse gasto, e caso ela não seja bem cuidada, a despesa é ainda mais elevada.

Para evitar desperdício de água, além de usar deck para cobrir piscina, recomenda-se usar uma capa para cobri-la. Isso porque, quando não estiver em uso, protege contra a sujeira e evaporação, evitando a necessidade de enchê-la.

Também é importante se atentar quanto ao filtro e todo o conjunto de filtragem (caso tenha), pois isso evita a eliminação de água e resíduos na hora da limpeza.

Outro ponto importante de ser ressaltado é que a higienização ajuda na manutenção da saúde, afinal, um espaço com água não cuidada torna-se um ambiente favorável para o surgimento de algas.

Junto com as algas, muitas doenças podem ser ocasionadas, como diarreia e dermatite, além de colaborar para a proliferação de mosquitos.

Por isso, é importante controlar o pH da água, sempre aplicando o cloro. Também é essencial manter um estojo de testes por perto, que permite saber se os reagentes estão nos níveis adequados.

Isso vai garantir a saúde da família, da vizinhança e de qualquer outra pessoa que usar a piscina.

Por meio de um filtro para piscina externo é uma maneira de manter a água sempre tratada. Mas também é fácil garantir isso por meio de pastilhas de cloro.

Quando colocadas na água, elas se dissolvem gradualmente, durando cerca de dois dias. Enquanto a piscina está sendo usada, o ideal é remover essas pastilhas.

Também pode-se optar por outras maneiras de limpar a água, sem envolver o uso do cloro, como o tratamento por ozônio.

Isso é feito por meio de um aparelho que transforma oxigênio em ozônio e elimina cloraminas e outros produtos que surgem na água por conta de sua reação com o cloro, atingindo um estado de pureza original.

Isso preserva ainda mais a saúde, como acontece quando fazemos limpeza assoalho madeira, retirando impurezas e outros resíduos.

Além disso, manter a água sempre em um nível de qualidade adequado evita gastos com tratamentos de choque, algo muito comum quando a sujeira atinge um estado muito crítico.

Q

uando analisamos tudo, notamos que o gasto mensal com uma limpeza é bem inferior do que os tratamentos emergenciais, por meio do uso de cloro e algicidas caros.

Em resumo, manter a piscina sempre limpa é importante para economizar dinheiro e preservar a natureza. Isso porque acaba envolvendo o uso menor de substâncias para tratamento, redução de resíduos químicos e o uso consciente da água.

Dicas para manter a piscina sempre limpa

Para que você consiga aproveitar todos os benefícios que as piscinas têm a oferecer, é importante saber como mantê-las limpas. E algumas dicas para isso são:

1. Usar os produtos certos e em quantidades ideais

Para saber que produtos usar, é necessário analisar os níveis de pH de alcalinidade. Isso deve ser feito com o estojo de testes, corrigindo os níveis com elevador (carbonato de sódio) ou redutor (ácido muriático ou bissulfato de sódio em pó).

Depois disso, deve ser aplicado o algicida, que evita a proliferação de algas. Além de deixar a piscina mais saudável, também colabora com o paisagismo para quintal com piscina.

2. Faça uso de aparelhos para limpeza

Existem alguns aparelhos que precisam ser usados para fazer a limpeza da piscina. Exemplos disso são a peneira e a escova, que ajudam a manter a piscina limpa por mais tempo.

Para garantir sua eficiência, recomenda-se fazer a escovação de paredes e bordas quando elas começarem a escurecer.

A peneira deve ser usada para deixar a superfície sempre limpa, evitando que esses resíduos entupam o filtro.

Além da peneira, outros equipamentos e aparelhos precisam ser usados. Isso porque, por mais que ela seja usada, ainda sobram alguns resíduos na água.

Dessa forma, uma vez por semana, é importante fazer a limpeza com o decantador, pois ele sedimenta a sujeira e a leva para o fundo.

Depois, basta aspirar com cuidado para não agitar a água e misturar a sujeira novamente.

3. Cuidar bem da área externa

Cuidar da área externa é tão importante quanto chuveiros elétricos mais econômicos, não apenas por conta do aspecto, mas também sua funcionalidade.

Isso não significa lavar todos os dias, mas manter o espaço bem varrido para retirar folhas, galhos, poeira e insetos mortos que possam contaminar a água.

Observe, por exemplo, se as plantas ao redor soltam muitas folhas. Essa medida é importante e pode fazer a diferença, assim como o chuveiro ou ducha, que evita que as pessoas levem sujeiras para a água com mais facilidade.

4. Cobrir a piscina

É importante usar uma lona para cobrir a piscina, pois isso reduz a evaporação da água em até 90%, economizando até 370 litros de água por mês.

A lona plástica é a mais adequada e eficiente para isso, sem contar que possui um ótimo custo-benefício.

5. Periodicidade das limpezas

A limpeza da piscina depende do tipo, pois se houver, por exemplo, irrigação automatizada residencial
, a frequência pode ser menor.

Também existem as tarefas que precisam ser feitas duas vezes por semana, como verificar o pH da água, que deve estar entre 7.2 e 7.6. O nível do cloro, por sua vez, precisa estar entre 5 gramas para cada mil litros.

Com relação à limpeza semanal, aqui se encaixa o esvaziamento do cesto da bomba e verificação da pressão do filtro da piscina.

Essas precauções efetivam a limpeza e a boa circulação da água, mantendo-a sempre apropriada para que possa ser usada com frequência.

Com relação aos procedimentos mensais de limpeza de piscinas, é necessário verificar o nível de alcalinidade, que deve estar entre 80 e 120 ppm.

Também é preciso analisar uma vez por mês a dureza cálcica, que tem os níveis normais entre 200 e 400 ppm.

Caso tenha alguma dúvida na verificação dessas informações, é recomendável entrar em contato com um profissional capacitado ou um técnico de sua confiança.

Durante o inverno ou períodos de pouco uso, esses procedimentos devem ser feitos com a mesma frequência.

Conclusão

Ter uma piscina em casa é um investimento que vale a pena, assim como automação residencial pelo celular. Isso porque ela traz mais qualidade de vida a todos os moradores.

Só que não basta construir ou montar uma piscina e acreditar que isso é suficiente, porque não é. É importante cuidar bem dela para tê-la sempre limpa, agradável e saudável.

A melhor maneira para fazer isso é seguindo as recomendações deste artigo, sempre tendo em mãos os melhores produtos e equipamentos.

Com isso, é possível garantir uma piscina sempre limpa, fresca e bem cuidada, favorecendo o uso pelas pessoas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Actualizado el