5 dicas para a manutenção da instalação elétrica da sua casa

instalação elétrica

Quem tem um ou mais imóveis sabe que é fundamental cuidar de diferentes necessidades que surgem com o passar do tempo. Uma delas, que é de suma importância, é a manutenção da instalação elétrica.

 

É verdade que o sistema de energia doméstico foi desenvolvido para durar por vários anos, e que novos dispositivos são criados constantemente para otimizar ainda mais a instalação. 

 

Porém, com o desgaste natural das peças, é preciso revisar o sistema, verificando pontos que exigem reparos ou troca de partes e realizá-las o quanto antes, para garantir a segurança da casa e dos moradores.

 

Como é sabido, a rede elétrica de uma residência pode apresentar panes no seu funcionamento, seja em decorrência de uma falha no sistema ou da interrupção do envio de energia para o imóvel. 

 

Quando isso ocorre com frequência, é comum haver a sobrecarga de algumas partes, que acabam por prejudicar o sistema como um todo. Nesse caso, é fundamental chamar um eletricista instalador para uma avaliação e para a resolução definitiva do problema. 

 

Periodicamente, mesmo que não existam queixas em relação ao funcionamento da instalação, é sempre importante agendar uma revisão dela, pois esse tipo de cuidado é capaz de prevenir uma série de defeitos no funcionamento da energia em um imóvel. 

 

De fato, manter a manutenção da rede elétrica em dia é um cuidado que merece atenção e dedicação, dada a sua importância dentro de uma residência. 

 

Se você reconhece que cuidar da parte elétrica do seu imóvel deve ser uma das prioridades da casa, este artigo é para você. Por isso, siga na leitura dele e conheça dicas de manutenção para o seu imóvel. 

A importância da instalação elétrica de um imóvel

No período de construção de uma residência, é comum se pensar em várias necessidades da casa, que podem estar ligadas à sua estrutura, como é o caso da parte elétrica, mas também à sua decoração, como na idealização do quarto planejado casal.

 

De fato, são muitos detalhes, e estar atento a eles é fundamental para garantir uma residência bem estruturada e completa. 

 

Além dos sistemas de encanamento e distribuição de água, um dos mais importantes dentro de uma casa é, sem dúvida, a instalação elétrica. Afinal, é por meio dela que se pode utilizar uma série de equipamentos e recursos que dependem da eletricidade. 

 

Assim, a instalação elétrica passa por todos os cômodos do imóvel, e deve ser construída sempre pensando na necessidade individual de cada residência. 

 

Isso porque cada família possui uma demanda própria de energia doméstica, de modo que atendê-la adequadamente é fundamental para não sobrecarregar diferentes pontos da instalação. 

 

Enquanto algumas pessoas utilizam mais equipamentos na cozinha, por exemplo, pode ser que outras prefiram utilizar mais recursos elétricos na sala de estar, que podem ir desde um lustre para apartamento até um aparelho de recursos audiovisuais para o lazer da casa. 

 

Nesse sentido, entender as necessidades da casa é fundamental para reforçar o sistema de energia do imóvel e garantir que ele possa suprir a demanda por eletricidade em cada ambiente. 

 

De qualquer modo, tão importante quanto uma boa construção é justamente a manutenção da rede, pois é por meio dela que se pode verificar se todo o funcionamento da instalação está dentro do previsto ou se adaptações precisam ser feitas. 

 

Esse cuidado evita qualquer sobrecarga ou dano no sistema, o que pode ser bastante prejudicial para a casa. Há casos nos quais um problema não identificado a tempo resultou em incêndio, assim como na perda de equipamentos elétricos de vários tipos. 

 

Portanto, é preciso dar a devida atenção para a instalação elétrica do imóvel, garantindo que ela receba a manutenção necessária e que tenha o seu funcionamento otimizado sempre que possível. 

Como fazer a manutenção da instalação elétrica

Depois de entender mais sobre a importância da instalação elétrica e sobre como a manutenção é um meio indispensável para desfrutar de um sistema de distribuição de energia elétrica de qualidade, conhecer dicas para isso é essencial. 

 

Por isso, saber como essa revisão deve ser realizada é fundamental para ter a tranquilidade de que tudo está em ordem dentro de casa. 

 

Em geral, uma instalação elétrica conta com vários elementos, que precisam ser verificados para se ter a certeza do funcionamento integral deles. Alguns desses itens são:

 

  • Fios;
  • Tomadas;
  • Interruptores;
  • Disjuntores;
  • Caixa de luz.

 

Ter a certeza de que todos eles estão aptos para uso é parte do processo de manutenção, e por isso, eles devem ser sempre analisados por um profissional com capacitação na área. Em paralelo, outros cuidados devem ser tomados. Confira-os a seguir.

1. Esteja atento a irregularidades no dia a dia

É muito comum que alguns problemas sejam percebidos antes mesmo de ocasionarem falhas graves na instalação elétrica. Muitos deles podem ser identificados no dia a dia, sem que se tenha preparo técnico para esse tipo de diagnóstico. 

 

Alguns exemplos são: conta de energia elétrica elevada sem motivo aparente, picos de energia, fios desencapados, temperatura elevada nas tomadas e em aparelhos eletrônicos, e cheiro de queimado. 

 

Ao perceber esse tipo de situação, é fundamental procurar por um eletricista, para que ele possa fazer um diagnóstico preciso desses possíveis problemas.

2. Agende uma manutenção periodicamente

A instalação elétrica de uma casa pode ser realizada de maneiras diferentes, seguindo estilos decorativos diferenciados e que estão na moda. 

 

Um deles é a instalação elétrica aparente, vista em grande parte nos ambientes que seguem uma decoração mais voltada para o industrial. Mas, independentemente do tipo de sistema de energia presente no imóvel, é necessário fazer a manutenção periódica dele.

 

A depender da idade da casa, o tempo indicado entre uma revisão e outra pode ser diferente. Para instalações mais novas, esse prazo pode ser maior, uma vez que tanto a fiação quanto os componentes são novos e possuem pouco tempo de uso. 

 

No entanto, para imóveis mais antigos, esse período diminui, tendo como média dois anos entre uma manutenção e outra. 

 

Além disso, pode ser importante ir trocando algumas peças conforme se faz o agendamento do serviço de manutenção. Assim, é possível colocar um interruptor de luz novo, de modo a investir na troca de elementos por opções mais modernas. 

 

Tudo isso contribui para a revitalização da instalação elétrica, o que vai garantir a segurança do imóvel como um todo. 

3. Evite improvisos no sistema de eletricidade

Quando o sistema elétrico de uma residência apresenta algum problema, ou mesmo quando se quer fazer o uso de um equipamento que não se adapta perfeitamente à instalação, é comum verificar que alguns proprietários fazem improvisos. 

 

Porém, esse é um erro grave, justamente porque sobrecarrega o sistema, fazendo com que ele tenha picos de energia que prejudicam a sua estrutura. 

 

Dessa forma, é fundamental evitar as chamadas “gambiarras” na instalação, sempre buscando resolver um problema do modo adequado. 

 

Assim, a implementação de um sistema de automação residencial iluminação, por exemplo, ocorre da maneira certa, o que faz com que ele funcione perfeitamente e não cause danos na instalação de nenhuma maneira. 

4. Invista em proteção

Um sistema completo de energia elétrica deve conter elementos de proteção, que podem ser responsáveis por evitar problemas de grandes proporções. 

 

Um exemplo desse tipo de recurso é o DR (Diferencial Residual), que é capaz de garantir a segurança de pessoas e até de animais de estimação sempre que detecta fugas de energia elétrica, pois ele desliga o circuito caso essa falha seja identificada. 

 

Outro ponto que pode ser realizado para garantir a segurança da instalação é o aterramento, que depende de uma boa execução para ser eficaz. 

5. Contrate um profissional qualificado

A contratação de um eletricista para a realização da manutenção da instalação do imóvel é indispensável para que tudo seja feito da maneira correta e que cada reparo seja executado com precisão e cautela. 

 

Isso porque alguns erros cometidos na execução de uma revisão podem ser bem sérios, e resultar em outros problemas na instalação. 

 

Sendo assim, é essencial procurar por um eletricista que faça desde serviços mais práticos, como a instalação de um pendente de luz, até os de maior complexidade, como trocar toda a fiação de um cômodo da casa. 

 

Esse cuidado vai garantir que o proprietário do imóvel desfrute de uma manutenção de qualidade pelos próximos anos, sem precisar se preocupar com novos reparos dentro de um período coerente. 

 

Se você é dono de imóvel e já percebeu a importância de cuidar da parte elétrica dele, não deixe de seguir as dicas abordadas neste conteúdo, e tenha a certeza de garantir a segurança da sua casa e da sua família sem prejuízos. 

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Actualizado el