4 dicas para fazer jardinagem em casa

jardinagem em casa

A jardinagem é um assunto que agrada muitas pessoas, afinal, o cultivo de plantas é uma forma de garantir o bem-estar e mais qualidade dentro do lar, além de ser um hobby.

Não importa se você mora em casa ou apartamento, ter pelo menos um vasinho de flor é importante. Isso porque as plantas ajudam em muitos sentidos, até mesmo na manutenção da saúde.

Além de deixarem a sua casa mais bonita, elas são essenciais para purificar o ar, equilibrar os índices de umidade e ainda melhorar a temperatura dos cômodos.

Ou seja, ter plantas em casa é só vantagem, mas desde que você cuide muito bem delas. Um jardim bem cuidado é sinônimo de plantas bonitas, saudáveis e benéficas.

Por outro lado, um cantinho mal cuidado pode acumular sujeira e facilitar a proliferação de insetos, como a dengue, e até mesmo animais peçonhentos, como as cobras, ou potenciais transmissores de doenças, como os ratos.

Sem falar que é triste abandonar uma plantinha apenas por não saber como cuidar dela. 

Pensando nisso, neste artigo, vamos mostrar quais são os cuidados básicos com as plantas, como começar a fazer jardinagem em casa e como organizar seus vasos. Acompanhe!

Cuidados necessários com as plantas

As plantas para cultivo em casa, além de muito bonitas, geralmente são provenientes de regiões tropicais ou subtropicais. Por conta disso, elas têm preferência por luz e precisam de água para sobreviver.

Mesmo que a intenção ao comprar um vaso seja apenas decorar a sua sala de jantar, cuidar da espécie escolhida é fundamental para que ela também melhore a oxigenação do ambiente e equilibre sua umidade.

Se você é do tipo que tem muitas plantas ou um quintal grande, talvez seja interessante contratar uma empresa de paisagismo jardim. Mas, independentemente da quantidade, existem alguns cuidados indispensáveis. São eles:

Ter um local iluminado

A falta de exposição à luz solar é um dos principais erros no cultivo de plantas em casa. Se a sua casa é bem iluminada, mas a luz não chega até as espécies, você pode optar pelo uso de luz artificial.

O ideal, nesse caso, é usar lâmpadas incandescentes que substituem o calor da luz do sol. Além disso, evite mudanças abruptas de temperatura, pois muitos tipos não as toleram muito bem.

Regas e fertilização

No verão, a necessidade de regas é muito maior do que no inverno. Então, para descobrir se a sua planta precisa de água, faça o teste do dedo. Coloque-o dentro da terra, se ela estiver seca, é sinal de que está na hora de regar.

Além disso, se você quer plantas mais bonitas e saudáveis, é recomendável fertilizá-las periodicamente com adubo adequado, inserido na água da rega.

Dessa forma, tanto as plantas que crescem próximas à porta de madeira para área externa quanto as que estão dentro de casa vão crescer harmoniosamente.

Existem muitos substratos disponíveis no mercado, com adubação mineral de libertação controlada até 9 meses.

Esse produto é indicado para plantação e transplante de qualquer tipo de planta de interior. Isso porque possui formulação adequada que promove o verde das folhas.

Além de suas vantagens nutritivas, é constituído de argila expandida micro granulada que favorece o arejamento da espécie, bem como garante a umidade que elas precisam.

Cuidar das folhas

Para garantir a saúde das folhas e deixar o espaço com banco plástico para jardim ainda mais bonito, é necessário limpá-las regularmente. Para isso, use um pano umedecido ou um pulverizador de água, para eliminar a poeira.

Contudo, no caso de algumas espécies, como a begônia, substitua o pano por uma escova macia.

Transplantar para vasos maiores

Para que as plantinhas cresçam saudáveis e bonitas, é essencial transplantá-las para vasos maiores. Isso porque suas raízes crescem ao ponto de tornar o vaso antigo menor do que o necessário.

Se você não fizer isso, as raízes vão crescer ao longo das paredes, o que acaba por prejudicar o crescimento aéreo da planta.

Agora que você já sabe quais são os cuidados básicos com as espécies que cultiva em casa, no próximo tópico, vamos mostrar como começar a praticar jardinagem.

Como começar a fazer jardinagem em casa

Tudo o que diz respeito à nossa casa deve ser pensado com carinho e cuidado, desde a escolha da rede de proteção para piscina até os produtos que você usa na limpeza.

Mas quando o assunto é jardinagem, também é importante pensar em estratégias para que o espaço fique bonito e as plantas bem cuidadas, e algumas das dicas para quem está começando a fazer isso agora são:

1. Escolher o que deseja cultivar

Você pode investir em um jardim ou em uma horta, mas antes de comprar as sementes, pense bem nas espécies que vai cultivar.

Se você tem um espaço grande, com muita incidência de luz natural, pode optar por plantas, como:

  • Espada-de-São-Jorge;
  • Hera;
  • Cacto;
  • Árvore do viajante.

Agora, se o seu espaço é interno, você deve investir em outros tipos, como Begônia, Bambu da Sorte, Lírio da Paz, dentre outras.

2. Selecionar um local adequado

A maioria das espécies precisa de sol direto por, pelo menos, 5 horas por dia. Então, é interessante pensar em um espaço adequado, como aqueles próximos ao deck de piscina, que têm uma incidência de sol maior.

Lembre-se de que essa escolha deve ser voltada ao bem-estar das plantas, além de ser de fácil acesso para que você possa cuidar delas.

3. Investir em ferramentas

Usar as ferramentas adequadas tornam o trabalho de jardinagem mais prazeroso. Assim como usamos os utensílios certos na cozinha, precisamos de bons equipamentos para cuidar do jardim.

Dentre os principais estão a enxada de jardinagem e enxada comum, ancinho de terra, ancinho de folha, pá de jardim e ferramentas de mão.

4. Planejar camas de jardim

Camas de jardim nada mais são do que os canteiros, e eles são ótimos porque facilitam o trabalho e deixam o espaço mais bonito. Inclusive, são muito comuns em trabalhos de paisagismo para quintal com piscina.

O ideal é plantar em blocos ou canteiros de plantas ao invés de investir apenas em fileiras únicas. Cada canteiro deve ter de 3 a 4 pés de largura, e ser estreito o suficiente para alcançar o centro dos dois lados.

Coloque as plantas em linha ou em padrão de grade, visto que dessa forma é possível minimizar a passarela e melhorar o tamanho do espaço de crescimento.

É mais comum encontrar camas quadradas ou retangulares, contudo, também é possível plantar em tanques de água ou até mesmo canos sem uso.

Agora que você já sabe como começar um bonito jardim, a seguir, entenda como é possível organizar seus vasos dentro dos cômodos de casa.

Organizando os vasos dentro de casa

Como falamos, ter vasinhos de planta dentro de casa é uma forma de decorar e melhorar o ambiente, tornando-o mais saudável. Entretanto, para que os ambientes fiquem ainda mais bonitos, você pode inovar na hora de organizar os vasos.

Embaixo de um pergolado de madeira com vidro, você pode dispô-los como quiser, mas dentro de casa, uma forma prática é reuni-los em trios ou coleções maiores.

Isso cria uma unidade maior entre aqueles que possuem mesma cor, formato ou tamanho, ou ainda entre espécies que conversam esteticamente.

Um bom exemplo é juntar todos os vasos de terracota no mesmo canto, mesmo que tenham tamanhos e formatos ligeiramente diferentes. Outra dica legal é usar prateleiras com garrafas de vidro velhas com água e folhagens.  

Indo na contramão dos vasos no chão, você também pode pendurá-los, principalmente se o espaço dentro de casa não é o suficiente.

Utilize ganchos no teto ou aqueles suportes em “A”, estantes, suportes, entre outras opções que acomodam bem os seus vasos e garantam um espaço confortável para as plantas.

Você ainda pode ir até uma loja de material de construção e comprar vasos bem maiores para plantas da mesma espécie ficarem juntas.

Se você não quiser replantar tudo, escolha vasos grandes e rasos, ou até mesmo um caixote de madeira, e coloque dentro dele todos os vasinhos pequenos que tiver, incluindo aqueles de garrafa pet.

Só não se esqueça de considerar que algumas precisam de sol e muita água, ou preferem a sombra e não precisam de tantas regas. Assim, você conserva todas elas bonitas e saudáveis.

Conclusão

As plantas são amigas do bem-estar humano, e cultivá-las é fazer o bem para você, sua família e até mesmo para o planeta.

Todo cuidado tende a melhorar o aspecto delas e permitir que cumpram o seu papel de tornar a sua casa mais bonita e melhorar a qualidade de vida.

Neste artigo, você aprendeu um pouco mais sobre jardinagem e cuidado com plantas, e agora está pronto para ter um lindo jardim em casa.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Actualizado el