4 dicas para escolher os eletrodomésticos da cozinha

cozinha

É importante escolher os eletrodomésticos da cozinha com cuidado, pois estamos falando de um espaço que precisa ser prático e funcional no dia a dia.

Além de pensar nos armários e revestimentos, a escolha dos eletrodomésticos também vai ditar como será a sua rotina daqui pra frente. Para se ter uma ideia da importância, existem profissionais especializados para orientar as pessoas durante esse processo.

Um exemplo disso são os arquitetos que precisam acompanhar as novidades do setor de eletrodomésticos, para que assim possam analisar suas características em comparação às necessidades dos projetos de decoração.

Atualmente, existem muitas opções no mercado e elas não param de surgir, uma vez que a tecnologia está evoluindo continuamente.

Inclusive, você pode contar com a ajuda de um arquiteto ou fazer suas próprias escolhas. Independentemente da sua decisão, é preciso compreender alguns pontos, e neste artigo, você conhecerá os principais.

Vamos explicar a importância da escolha dos eletrodomésticos, o que não pode faltar na sua casa, além de algumas dicas para isso, bem como quais são os impactos da escolha no dia a dia.

Então, se você tem alguma dúvida quanto a esse assunto, acompanhe a leitura para não errar na hora da compra!

Importância de escolher bem um eletrodoméstico

Muita gente acredita que escolher adequadamente os eletrodomésticos é simples, mas é quando visitam as lojas que as dúvidas começam a surgir.

Isso acontece porque existe uma grande variedade de marcas e modelos disponíveis, o que deixa a mente do comprador cheia de perguntas.

A escolha depende de muitos aspectos, tanto em residências quanto para empresas que usam geladeira industrial.

É preciso considerar as suas necessidades, o seu cotidiano e de que maneira pretende usá-los para determinar marcas, modelos, o que comprar e até a eficiência energética.

Também é necessário pensar na utilidade real dos produtos no dia a dia, pois de nada adianta ter uma cozinha completa se você quase não a utiliza.

Equipar o ambiente como se ele fosse ser usado todos os dias é desperdiçar um dinheiro que você poderia investir em outros cômodos ou elevar a qualidade daqueles aparelhos que você realmente vai usar, como o micro-ondas.

Por falar no lado financeiro do processo, a escolha deve ser cuidadosa para respeitar o seu orçamento. O ideal é separar uma quantia para cada cômodo e não ultrapassá-la.

Ou seja, se você comprar eletrodomésticos além do que precisa ou escolher marcas e modelos mais caros, pode acabar prejudicando o orçamento e privando outros cômodos e a compra de produtos necessários.

Já que todo cuidado é pouco, no tópico a seguir, vamos apresentar alguns itens que são fundamentais na sua cozinha. Confira!

Quais itens não podem faltar?

A cada loja de eletrodomésticos que você visitar, tanto física quanto online, vai se deparar com uma enorme quantidade de opções, como lava louça compacta, geladeira com freezer, dentre outras.

Cada aparelho tem uma função diferente para que o cotidiano das pessoas seja muito mais fácil. Mas agir por impulso e comprar tudo o que é novidade pode te levar a adquirir o que não é necessário e prejudicar suas finanças.

Alguns produtos não podem faltar logo no início, mas é possível comprar outros com o passar do tempo e conforme as necessidades forem surgindo. São eles:

  • Fogão;
  • Depurador ou coifa;
  • Geladeira;
  • Micro-ondas;
  • Entre outros.

O fogão é o mais importante, e o modelo mais tradicional é o de piso, mas você também pode escolher aqueles que são embutidos em armários sob medida.Também existe o cooktop, ideal para cozinhas pequenas e para quem não precisa usar forno. 

A coifa ou o depurador também são fundamentais, visto que eles não permitem que a fumaça se espalhe por todo o ambiente.

A geladeira é outro item essencial, afinal, ela vai conservar os alimentos e bebidas por mais tempo. A ausência desse item pode impedir que você adquira alguns tipos de alimentos, como os perecíveis, e até mesmo dificultar a atividade de cozinhar em casa.

O forno micro-ondas ajuda a agilizar o preparo de alimentos, e você pode encontrar modelos que combinem com diferentes tons de tinta para cozinha.Para duas pessoas, um modelo que varia de 28 a 34 litros já é o suficiente.

Mas, além desses itens, outro que não pode faltar é o filtro de água ou purificador.

A água precisa ser filtrada para consumo e um filtro é um bom investimento, porque você não precisa comprar garrafas no supermercado. Portanto, além de garantir a sua saúde, também te ajuda a economizar.

Outros artigos interessantes para a cozinha e que podem te ajudar no dia a dia logo no início são a cafeteira, o liquidificador e a torradeira.

Para quem tem o dia a dia mais corrido e não pode passar muito tempo organizando a cozinha, uma boa dica é a máquina de lavar louça. Ela poupa o seu tempo com esse serviço e você sempre terá tudo limpo quando precisar.

Como escolher os eletrodomésticos?

Agora que você já sabe quais são os principais eletrodomésticos, vamos explicar como escolher cada um deles.

1. Escolha do fogão

Escolher bem o fogão é essencial, afinal, ele vai garantir o preparo dos alimentos e isso deve ser feito com praticidade. É preciso se atentar quanto ao tamanho e também ao seu tipo de cozinha.

Algumas cozinhas comportam melhor o cooktop e os modelos de embutir, enquanto outras têm estrutura apenas para o modelo de piso.

A quantidade de bocas também deve ser considerada. Um fogão de quatro bocas é suficiente para pessoas que moram sozinhas, casais e famílias de até 4 pessoas.

Por outro lado, aqueles de 5 ou 6 bocas e com queimadores maiores são ideais para suportar o preparo de alimentos em panelas grandes.

O forno, assim como lustre para bancada, também deve ser pensado de acordo com as características da cozinha e as necessidades do seu dia a dia.

Analise seu tamanho e pense na sua frequência de uso. Por exemplo, para quem cozinha bastante em casa, uma boa opção pode ser o forno duplo que permite preparar dois pratos ao mesmo tempo.

Também considere o acabamento, afinal, além de funcionalidade, o fogão deve combinar com a decoração da sua cozinha.

2. Coifa ou depurador

A instalação da coifa é um pouco mais complexa, por isso, é essencial avaliar a estrutura da sua cozinha. Por outro lado, o depurador possui instalação mais simples e, assim como o botijão de gás de cozinha, pode ser usado em ambientes menores.

O tamanho deve ser igual ou maior que o fogão e instalado entre 60 e 75 centímetros de altura, para garantir o seu funcionamento completo.

3. Geladeira é essencial

Uma geladeira de 250 litros é suficiente para um casal, mas se a família aumentar, talvez seja necessário um modelo maior.

De qualquer forma, o melhor tipo é o frost free, que possui um sistema de refrigeração eletrônico e evita a formação de placas de gelo nas paredes.

Assim como você se atenta às medidas da persiana romana branca, é preciso ter atenção às medidas da geladeira por conta do vão de encaixe, assim como para garantir o respiro do equipamento.

4. Priorize um bom micro-ondas

O micro-ondas precisa ter mais de 30 litros se a família for constituída por 4 ou mais pessoas. Verifique também as suas necessidades. Por exemplo, se você possui grill, não precisa de um micro-ondas com essa função.

Considere também o local onde vai colocá-lo, pois se pretende embuti-lo, é melhor optar por um tipo mais apropriado. O modelo de mesa possui um preço mais acessível, necessitando apenas de apoio e tomada.

Impactos da escolha no cotidiano

Saber escolher os eletrodomésticos da sua casa pode impactar de maneira positiva o seu cotidiano. Assim como a automação residencial alexa, o objetivo desses itens é tornar o seu cotidiano muito mais prático.

Por outro lado, não saber escolhê-los pode prejudicar a praticidade do lar. Por exemplo, comprar itens em excesso pode comprometer a decoração da cozinha e até mesmo impedir a circulação nela.

O excesso pode ser prejudicial, assim como a falta. Não deixe de lado os itens essenciais do dia a dia. Mesmo que você não cozinhe em casa, é bom ter um fogão para os dias de folga ou até mesmo para quando você se sentir inspirado.

Tenha em mente que o objetivo ao comprar esses produtos é facilitar a sua vida e combiná-los à estrutura do imóvel, como conseguir conectá-los em tomada 20 amperes, um espaço maior, etc.

Se você levar tudo isso em conta, com certeza terá uma cozinha perfeita, com tudo o que você precisa, sem pecar pelo excesso ou pela falta. Então, é só aproveitar todas as facilidades do seu lar.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Actualizado el