2 dicas de limpeza no pós obra

2 dicas de limpeza no pós obra

2 dicas de limpeza no pós obra

A limpeza no pós obra é uma necessidade, afinal, é normal que os espaços fiquem sujos com restos de materiais de construção.

Durante uma construção ou reforma, esperamos ansiosamente para que tudo termine logo. 

No entanto, a alegria de ver tudo terminado se mistura à tristeza de ver a sujeira que ficou para trás.

Depois que os trabalhos são encerrados, é chegado o momento de retirar o entulho e deixar tudo organizado. 

Também precisamos saber quais produtos devem ser usados, para que o resultado seja ainda melhor.

Só que muita gente não sabe nem mesmo por onde começar, e se a sujeira não for devidamente removida, pode prejudicar os moradores e as outras pessoas que vão utilizar o imóvel.

Além de deixar tudo com aspecto ruim e desorganizado, a sujeira pós-obra também pode ser extremamente prejudicial para nossa saúde.

Para resolver o problema e não correr riscos, podemos usar produtos de limpeza específicos e ainda optar por algumas soluções caseiras simples. 

De qualquer forma, neste tópico, vamos dar algumas dicas de limpeza pós-obra e mostrar algumas estratégias para amenizar a poeira. 

Dicas para uma boa limpeza pós-obra

Conseguimos ver muito melhor os resultados de uma obra quando o espaço está devidamente limpo e organizado. 

Portanto, para deixar tudo em ordem, você pode seguir as seguintes dicas:

1.    Fazer uma lista dos produtos de limpeza

É necessário analisar quais produtos você vai precisar para a higiene e organização do espaço. 

Sendo assim, para não se esquecer de nada, vale conferir quais revestimentos precisam de mais atenção.

Limpar a obra é diferente de uma limpeza para evento porque o espaço está mais sujo. Veja se o espaço possui elementos, como:

  • Madeira;
  • Cimento;
  • Porcelanato;
  • Tinta;
  • Rejunte;
  • Cerâmica.

Feito isso, você pode correlacionar quais produtos deve usar. Depois de identificá-los, faça uma lista dos itens para não se esquecer de nada.

Além dos produtos de limpeza, precisamos incluir alguns equipamentos de proteção, como luvas e máscaras descartáveis.

Antes de usar qualquer item, leia as instruções em suas embalagens, pois elas garantem mais segurança no momento do uso. 

Em outras palavras, essa simples ação evita que você corra riscos desnecessários.

Assim sendo, leia atentamente as instruções do fabricante para saber como lidar com as soluções que serão usadas.

2.    Organizar os produtos de limpeza

Antes de fazer a sua lista, confira algumas sugestões que vamos passar aqui, para que você saiba usar os produtos nos lugares certos. 

Algumas opções são essenciais, e dentre elas temos o limpador pós-obra geral, com esse produto, você consegue eliminar resíduos, visto que ele atua como um desincrustante.

Com a ajuda de um carrinho de limpeza simples, ele pode ser usado tanto em ambientes internos quanto externos.

Para usá-lo, basta diluir a quantidade indicada pelo fabricante e aplicá-lo usando uma escova ou vassoura. 

Espere um tempo de 5 a 10 minutos e enxágue para remover a solução completamente.

O produto pode ser usado em cerâmica e porcelanatos, bem como em granitos e mármores, pastilhas e blocos de vidro. 

As superfícies naturais também podem recebê-lo, tais como a Miracema, mineira e ardósia.

Outro é o limpador de rejuntes, esta solução é ótima para retirar sujeiras de gordura e bolor que se acumulam nos rejuntes, e pode ser usada em todos os tipos, como cimentício, epóxi e acrílico, em qualquer ambiente da casa.

Existe também o limpador de rejunte pós-obra, esse limpador pós-obra cimentício pode ser usado em rejuntes cimentícios e para remover resíduos de argamassa.

É muito indicado para reformas, visto que também atua como desincrustante. Com ele, você terá toda a praticidade e garantia para limpar resíduos de qualquer tipo de obra, inclusive de demolição de paredes.

Por fim, temos o limpador acrílico e epóxi,  esse desincrustante de rejuntes acrílico e epóxi, que já vem pronto para ser usado e oferece aplicação simples e prática.

Sendo assim, você já sabe como colocar a mão na massa e limpar a sua casa no pós-obra, no próximo tópico, vamos dar algumas dicas para que você saiba como amenizar a poeira. Continue a leitura.

Dicas para amenizar a poeira gerada pelas obras

Depois que uma obra acaba, o que mais vemos é aquela poeira fina e extremamente perigosa que é deixada para trás. 

E o pior é que ela não afeta apenas os espaços que foram reformados, mas também os demais.

Todos os cantos estarão empoeirados, por isso, antes de começar e depois que terminamos reformas de casas, precisamos nos atentar aos seguintes pontos para minimizar a poeira:

Organizar tudo antes de limpar

Durante todo o período de obras a casa fica um caos, pois são muitas coisas fora do lugar. Sendo assim, antes de fazer a limpeza, tudo precisa ser reorganizado.

Coloque os objetos em seus devidos cômodos, uma vez que isso ajuda a liberar o espaço que você precisa limpar. 

Com relação aos cômodos novos, ao invés de inserir os móveis e objetos, primeiro, fazemos uma limpeza.

Todos os resíduos da reforma devem ser eliminados e todos os cantos devem ser devidamente higienizados. 

Não se esqueça de limpar muito bem os móveis e outros objetos que vão ficar nesses cômodos.

Usar as ferramentas corretas

Se você quer uma faxina ágil, que deixe a sua casa pronta para a instalação de tela de proteção e outros itens, é necessário contar com os recursos necessários.

O aspirador de pó é uma das ferramentas mais importantes, pois ele é capaz de remover completamente os resíduos sem levantar ainda mais a poeira.

Portanto, se não tiver um aspirador, pode usar uma vassoura de cerdas macias, para não correr o risco de arranhar o piso novo.

Quanto aos produtos de limpeza, nós demos algumas dicas lá em cima, mas o ideal é descobrir qual é o mais adequado para o seu tipo de revestimento e o tipo de superfície que precisa limpar.

Preparar a casa

Talvez essa dica não sirva para quem já reformou, mas se você ainda vai começar, ela pode evitar muita dor de cabeça. A agilidade da limpeza pós-obra vai depender de como foram o antes e o depois.

Sendo assim, o modo como você preparou a sua casa vai influenciar no trabalho que você terá para colocar tudo no lugar outra vez.

Desmonte os móveis e coloque-os em um local seguro, e não se esqueça de encaixotar outros objetos. 

Caso alguma mobília não possa ser demonstrada, cubra-a com plástico ou tecido para que não seja afetada pela poeira.

Durante a obra, faça uma limpeza a cada 3 dias no local, isso vai fazer toda a diferença quando chegar o momento de fazer a limpeza definitiva.

Jogar fora o que não usa mais

Se comprou material de pintura, está investindo em materiais de qualidade e em uma mudança dentro de casa para começar uma nova vida, então, não faz sentido guardar coisas velhas.

Quando estamos fazendo reforma, inclusive, costumamos encontrar diversos objetos que nem mesmo lembramos que existiam. Se não lembrava, provavelmente, eles não eram tão úteis.

Doe utensílios, roupas, sapatos e outros itens que estejam em boas condições e jogue fora tudo aquilo que não puder ser reaproveitado. 

Ao diminuir o volume de coisas, fica muito mais fácil arrumar tudo depois.

Além disso, todo o lixo gerado durante a obra deve ser descartado do jeito certo. 

Os entulhos, que são restos de materiais de construção como tijolos, madeiras e revestimentos, não são recolhidos como lixo comum.

Se sobrou qualquer material, como aquele usado em teste de tinta, ele deve ser depositado em uma caçamba. 

Também é possível acionar uma equipe especial que vai até sua casa recolher o entulho.

Enquanto eles são acumulados, atente-se para evitar a proliferação de animais, e nunca jogue ou permita que alguém descarte o lixo comum na caçamba de entulho.

Seguir uma ordem de limpeza

É necessário estipular e seguir uma ordem de limpeza. Comece pelos cômodos mais afastados da porta de entrada, e após limpá-los, mantenha-os fechados até que todos os outros estejam limpos.

Ambientes como cozinha e banheiro devem ser lavados, porque como falamos anteriormente, mesmo que eles não estejam sendo reformados, vão ser afetados pela sujeira.

Portanto, depois de fazer a limpeza de um piso laminado, coloque panos nas portas de entrada de cada cômodo, para evitar que a poeira dos que ainda estão sujos estrague todo o seu trabalho.

Conclusão

Sendo assim, reformas sempre dão trabalho e fazem sujeira, mas ao usar os produtos de limpeza adequados e sabendo se organizar, tudo dá certo e fica limpo no final.

Portanto, neste artigo, você conheceu algumas dicas para lidar com a poeira do pós-obra, e perceber que todo o transtorno valeu a pena.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Actualizado el