¡Únete!

¡Inscríbete gratis y recibe las mejores ofertas a través de "Territorio Ahorro"!

¡Suscríbete!

Vai comprar casa? Peça uma inspeção técnica!

casa

A inspeção técnica não é obrigatória e, por isso, para cortar custos, muitos não a solicitam. Mas, sabe que pode, na verdade, poupar no futuro se pedir esta inspeção?

Por vários motivos, inclusive pela falta de imóveis novos no mercado imobiliário português, a aquisição de imóveis usados é a alternativa escolhida pela maioria dos compradores.

Logicamente, tendo em conta que a compra de casa é um passo que envolve um enorme investimento e compromisso, é prudente analisar todos os riscos envolvidos.

Por essa razão, muitos preferem recorrer a um profissional de mediação imobiliária para os auxiliar em todas as questões inerentes ao processo de compra de casa. Essa decisão mostra-se invariavelmente muito acertada, uma vez que estes profissionais são especialistas nesta área, com muito conhecimento do mercado imobiliário e muitos contactos.

Devidamente acompanhado por um especialista, fica mais fácil passar ao passo seguinte que é conhecer o verdadeiro estado do imóvel em análise. Não estamos a referir-nos a questões estéticas, mas sim a eventuais danos estruturais que requeiram processos de renovação ou reabilitação do imóvel. Saber desses pormenores pode poupar-lhe surpresas desagradáveis – e dispendiosas!- no futuro.

É neste ponto que a inspeção ou vistoria técnica, ainda que possa representar um custo extra, é uma mais-valia. Mas, afinal, do que se trata?

Inspeção técnica – o que é? Quando se deve pedir?

Basicamente, a inspeção ou vistoria a um imóvel, é um exame geral ao imóvel, feito por um técnico especializado. Esse exame vai procurar quaisquer sinais de anomalias no imóvel. Caso haja alguma suspeita, ainda que mínima, a inspeção técnica está capacitada para identificar as áreas que necessitam de algum tipo de intervenção.

Além de permitir saber o real estado do imóvel, a vistoria pode dar origem a fortes argumentos na negociação com o vendedor.

A inspeção de um imóvel pode ser solicitada por várias razões. Como já referido, a intenção pode ser fazer o levantamento de todas as eventuais anomalias do imóvel.

Outra razão é quando já existem problemas num imóvel e é necessário perceber a causa deles. A inspeção feita por um técnico ajudará a detetar o que necessita ser intervencionado.

Por vezes, a inspeção pode ser solicitada no contexto da necessidade de obter um relatório para ser utilizado no âmbito da compra, venda ou mesmo arrendamento dum imóvel.

A vistoria também pode ser solicitada para se perceber qual o verdadeiro custo dum imóvel, nos casos em que já se equaciona o investimento na reabilitação do mesmo.

As inspeções técnicas deveriam, idealmente, ser realizadas periodicamente, com o objetivo de ir atendendo às necessidades de manutenção do imóvel e, com isso, fazer um planeamento dos trabalhos necessários e evitar situações de intervenção de emergência – que, normalmente, são muito aborrecidas e, pior ainda, dispendiosas.

Tipos de inspeção técnica

As empresas que prestam este tipo de serviço são capacitadas a indicar o grau que a vistoria deve ter. Em alguns casos, uma inspeção geral pode ser suficiente, no entanto, em situações mais específicas, pode ser melhor uma vistoria especializada.

Alguns tipos de vistoria comuns são aos pavimentos, paredes, estruturas de águas residuais, instalação elétrica e ventilação mecânica controlada. Pode também recorrer a serviços que lhe permitem realizar ensaios topográficos ou, como já vai sendo comum em algumas partes da Europa, verificar a qualidade do ar interior.

Outro tipo de vistoria comum está ligado a dúvidas de foro camarário, por exemplo, para verificar se um anexo pode, ou não, ser legalizado.

Quanto ao custo destas inspeções, logicamente, vai variar de acordo com as dimensões da área a inspecionar, de alguma característica particular e mesmo do grau de especificação da vistoria.

Vistoria – quem deve solicitar?

A vistoria a um imóvel pode ser útil a quem pretende vender um imóvel, uma vez que o relatório emitido pode auxiliar na valorização do mesmo. Além disso, promove a total transparência na negociação e serve como fator de confiança.

Se deseja arrendar uma casa, saiba que a inspeção técnica é sua aliada, já que pode conseguir mais facilmente uma renda vantajosa se der aos seus inquilinos a garantia de que a casa onde vão viver é segura e está em bom estado.

Se no seu caso a intenção é reabilitar um edifício, este tipo de inspeção vai permitir orçamentar o custo real que vai ter e, assim, verificar se o seu investimento é acertado ou não.

Seja qual for o contexto, o serviço de inspeção técnica de um imóvel é sempre algo que serve de ponte segura para a comunicação entre os vários intervenientes, por estabelecer uma base de confiança isenta.

 

Actualizado el